Infectologista da Prefeitura afirma que uso obrigatório da máscara vai continuar em Curitiba

A infectologista da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMS), Marion Burger, afirmou nesta quarta-feira (06) que a capital irá manter o uso obrigatório de máscara mesmo com a melhora contínua dos indicadores da pandemia de covid-19. A flexibilização do uso do item tem sido discutida em outras cidades do país.

“Em Curitiba vamos manter a máscara. É importante lembrar que ela é um grande aliado, tanto para evitar que a pessoa transmita o vírus, tanto para evitar que ela se infecte pelo vírus. Eu não vou tirar a máscara tão cedo e tenho evidências científicas em vários artigos que comprovama importância dela para evitar a transmissão”, explicou a infectologista.

Burger disse ainda que tanto as máscaras de tecido, como as cirúrgicas, ajudam na diminuição da circulação da Covid-19.

“Junto com a vacinação, junto com os cuidados de higienização, distanciamento, a máscara continua sendo a melhor prevenção para evitar a infecção e a transmissão do novo coronavírus”, concluiu ela.

Boletim

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba registrou, nesta quarta-feira, 183 novos casos de covid-19 e oito óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Cinco destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas.

As vítimas são sete homens e uma mulher, com idades entre 24 e 83 anos. Duas pessoas tinham menos de 60 anos.

Até o momento foram contabilizadas 7.608 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Com os novos casos confirmados, 293.728 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 282.818 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.