Homem-Aranha é parado em blitz no Paraná

Ninguém está acima da lei. Nem mesmo o Homem-Aranha, que foi parado na blitz da lei seca em Foz do Iguaçu, no Paraná.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a abordagem na noite de sexta-feira, 4, na BR-277, enquanto havia um rodeio no município. Dois homens fantasiados chamaram atenção dos agentes rodoviários.

Foto: Twitter/PRF191PR

Um deles, vestido como Homem-Aranha, foi submetido ao teste do etilômetro, que não acusou a presença de álcool no organismo.

O companheiro dele estava vestido como Deadpool. Os dois vinham de uma apresentação em uma cidade próxima.

Após a fiscalização, os dois ‘super-heróis’ foram liberados pelos agentes da Polícia Rodoviária Federal do Paraná.

Via: Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo é reaberto de forma controlada em Morretes, com autorização da prefeitura e do MP

A reabertura de forma controlada do turismo em Morretes, no litoral do Paraná, foi autorizada pela prefeitura e pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR).

Até quinta-feira (6), só era a permitida a entrada de moradores ou então de quem fosse até a cidade a trabalho.

Agora, a partir desta sexta-feira (7), restaurantes e pousadas voltam a atender turistas, mas com restrições. Para entrar no município, é preciso se cadastrar pela internet.

O cadastro é uma maneira de diminuir o número de pessoas e evitar aglomerações. Ele deve ser apresentado pelo turista na barreira sanitária.

3.770 pessoas podem visitar a cidade por dia, sendo que o acesso é limitado a sextas, sábados e domingos.

Leia mais no G1

Teste da vacina contra a Covid-19 começa a ser aplicado no HC de Curitiba

O teste da vacina contra a Covid-19 começou a ser aplicado no Hospital de Clínicas (HC) de Curitiba nesta sexta-feira (7).

Profissionais da saúde e que atuam na linha de frente contra o novo coronavírus são as primeiras a pessoas a receber a vacina, que é chinesa. O HC é um dos 12 centros de saúde do Brasil escolhidos para fazer o teste.

Dez voluntário vão receber as primeiras doses no HC da capital paranaense. Profissionais da saíde foram escolhidos para recebê-las porque eles têm mais contato com a Covid-19 e, por isso, garantem ao estudo uma resposta da eficácia da vacina mais rápida.

Ao todo, 850 voluntários vão receber as doses da vacina produzida por uma farmacêutica da China em parceria com o Instituto Butantan. Esses voluntários receber duas doses, com intervalo de 14 dias entre cada uma.

Leia mais no G1