Hamburgueria curitibana venderá hambúrgueres a 1 real amanhã

Que tal saborear preparos exclusivos de uma das hamburguerias mais tradicionais de Curitiba por um preço incomparável? E o melhor, no conforto de casa com entrega grátis. Nesta sexta-feira, dia 01 de novembro, o iFood vai disponibilizar hambúrgueres do O Barba pelo preço fixo de R$ 1, sem taxa de entrega.

Para participar da promoção é bem fácil. Basta ter o iFood instalado no celular, fazer o pedido durante a partir das 12h de sexta-feira e aproveitar o preço de R$ 1. A hamburgueria vai disponibilizar três opções do preparo: Pirate, preparado com pão, hambúrguer artesanal, maionese e queijo gorgonzola; Cheeseburguer, que leva pão, hambúrguer artesanal, maionese e queijo mussarela; e o Francis Drake, feito com pão, hambúrguer artesanal, cebola no molho inglês e queijo cheddar.

Além disso, todos os novos usuários que se cadastrarem no iFood durante o mês de novembro poderão aproveitar a promoção especial de hamburgueres do O Barba por apenas R$ 1. Para os novos usuários serão disponibilizados os hamburgueres Mary Red Vegetariano, desenvolvido com pão, hambúrguer artesanal, maionese, barbecue e queijo provolone; e Steve the Pirate, que leva pão, hambúrguer artesanal, maionese, curry verde com creamcheese e queijo mussarela.

O Barba fica na Avenida Vicente Machado (nº 578), uma das principais vias de acesso da capital paranaense, e funciona diariamente, a partir das 12h. A ação do iFood é válida para pedidos via delivery. Mais informações na página oficial do empreendimento no Facebook (www.facebook.com/barba.hamburgueria) ou no perfil no Instagram (@o_barba).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Porks lança projeto de expansão em Curitiba com previsão de abertura de 10 novas unidades

Sucesso em todo Brasil, com bons resultados nas doze unidades espalhadas pelas cidades de Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF) e Águas Claras (DF), a rede curitibana Porks – Porco & Chope, grande fenômeno e referência do segmento, acaba de anunciar seu novo projeto de franchising, que terá início por uma expansão audaciosa na capital paranaense. Até o fim de 2020, a rede de pubs espera vender pelo menos mais 10 unidades na cidade, onde já tem quatro lojas em funcionamento. 

A projeção do empreendimento, considerado a maior rede especializada em carne suína do país, é alcançar a marca de 25 unidades no Brasil ainda em 2020, atingindo um faturamento de R$ 20 milhões até o final do ano. No ano de 2019, a rede curitibana registrou a expressiva marca de 10 toneladas de carne de porco e 25 mil litros de chope artesanal comercializadas ao mês. A expansão audaciosa da rede Porks – Porco & Chope se baseia nos números positivos que o mercado de franchising oferece ao setor de fast food, além dos aspectos financeiros extremamente favoráveis para quem quer investir em franquias após a constante diminuição da taxa Selic no Brasil.

Para abrir uma unidade do Porks, o investimento inicial parte de R$ 125 mil. As lojas devem ser instaladas em espaços com área de, pelo menos, 60 metros quadrados. O faturamento médio mensal é de 100 mil reais, com lucratividade em torno de 15%. O prazo de retorno do capital investido é estimado entre 8 e 12 meses. “Devemos inaugurar de uma a duas lojas por mês na capital paranaense até o final de 2020, trabalhando sempre com produtos artesanais locais”, conta José Araújo Netto, fundador da rede Porks – Porco & Chope. “A revalorização da carne de porco é uma tendência em todo o mundo, e o Brasil tem um mercado gigante a ser explorado nesse sentido”, complementa ele.

No cardápio da rede estão dezenas de preparos com carne suína, desenvolvidos com excelência para democratizar o consumo no Brasil, e muito chope artesanal, tudo isso comercializado com preços acessíveis (entre R$ 8 e R$ 15), que cabem em todos os bolsos. Entre os destaques do menu se destacam o Porks Bacon Burger (R$ 12), preparado com burger de costelinha de porco, creme de cheddar e tiras de bacon crocante; o Pernil Municipal (R$ 12), um sanduíche de pernil de porco marinado por 12h, coberto por queijo mozzarella e cheiro verde; o Pork Burrito (R$ 16), novidade da casa, feito com burrito mexicano recheado com pernil desfiado, cheddar, sour cream, cebola caramelizada e chips de batata; e a Porkspóca (R$ 10), pururuca de porco crocante temperada com sal de lemon pepper. 

De acordo com Araújo Neto, além dos sabores irresistíveis e do preço acessível, o sucesso das franquias da rede se deve ao modelo de negócio internacional utilizado pelo empreendimento, que aposta em uma operação enxuta e descolada, sem garçons, e com preparos que podem ser consumidos nas mesas ou, até mesmo, na rua. “Nosso modelo de negócio prioriza a experiência única, com muita agilidade no atendimento”, explica. “Para isso, a casa trabalha com preparos deliciosos, que exploram toda versatilidade da carne de porco, e de fácil consumo”, completa o empresário.

Para mais informações sobre o processo de franquias do Porks – Porco & Chope, acesse o perfil oficial da rede no Instagram (@porks_brasil) ou entre em contato pelo e-mail franquias@porksbrasil.com.br.

Assembleia Legislativa vota R$ 100 milhões para compra de vacinas contra Covid19

O presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano (PSDB), disse hoje (21), em entrevista coletiva, que vai acelerar a votação da proposta de emenda que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2021 de modo a garantir ao governo do Estado recursos para a compra de vacinas e assegurar a imunização da população paranaense contra a Covid-19. A emenda destina R$ 100 milhões para a aquisição de vacinas.

“É uma emenda de iniciativa do governador, que tem de ser submetida a Comissão de Orçamento, que uma vez aprovada e elaborado o parecer, será encaminhada ao presidente que vai pautar a matéria”, disse Traiano.

“Eu espero que a Comissão de Orçamento possa apreciar rapidamente essa emenda ao projeto inicial e, em seguida eu vou pautar. Eu espero votar essa matéria já no mês de agosto”, completou.

Para Traiano, as perspectivas de que uma vacina seja anunciada em breve explicam a prevenção adotada pelo governo Paraná. “A proposta do governo do Estado antecipa a perspectiva de um anúncio de uma vacina eficaz contra o coronavírus. Por isso o remanejamento do Orçamento prevendo recursos para que a compra do medicamento possa ser feita com agilidade pelo Paraná”.

Traiano destacou que a vacina, além da saúde pública, terá grande importância para a retomada econômica. “Ela devolverá a segurança aos empreendedores, empresários e seus funcionários, para que reativem a atividade econômica o mais cedo possível, tornando possível iniciar, com a maior brevidade, a recuperação dessa catástrofe humanitária e econômica, imposta pela pandemia. A decisão do governo do Paraná é prudente, oportuna e contará com o apoio da Assembleia”, destacou.