Guaratuba vai ter carnaval em 2022: ‘Por que não fazer?’, questiona prefeito

Vai ter carnaval em Guaratuba, no litoral do Paraná, em 2022. A informação foi confirmada pelo prefeito do município, Roberto Justus (DEM), na manhã desta quinta-feira (25), para a reportagem da Banda B. No ano que vem, a terça-feira de carnaval será no dia 1º de março.

“Por que não fazer o carnaval, se as condições já são favoráveis agora e tendem a serem ainda mais positivas no final de fevereiro e começo de março?” indagou Justus.

O prefeito toma como base os registros da pandemia no município. Segundo Justus, “os números são muito positivos”. Em Guaratuba, conforme declarou, a média de casos é cada vez menor. Ele citou ainda o relaxamento das regras de restrição por parte do governo do Paraná nas últimas semanas.

“Menos de um caso por dia. Nós temos uma vacinação que está beirando os 90% da população e o próprio governo do estado está diminuindo cada vez mais as restrições de prevenção à pandemia. Praticamente a única legislação em vigor no Paraná é a do uso de máscara e álcool em gel, mais nada”, disse.

Justus informou que a prefeitura de Guaratuba iniciou os processos de licitação, para as contratações e organização de toda a programação do carnaval de 2022. Segundo ele, caso os números da pandemia mudem, por conta de uma eventual nova onda de infecções por Covid-19, um comitê de crise da pandemia da prefeitura vai rever este posicionamento.

Para o prefeito, Guaratuba depende da economia gerada pelo turismo do carnaval na cidade e não descartou seguir exemplos de cidades nas quais o turismo depende da festa, como Recife, Salvador e Rio de Janeiro, caso decidam cancelar o evento do ano que vem, como foi neste ano de 2020.

“Aí vamos ver o que está acontecendo e o motivo dessas cidades, que têm um movimento muito forte na sua economia por conta do carnaval, estão abrindo mão dele nesse momento. E aí a gente delibera no comitê de crise de pandemia, que é o foro correto por parte do executivo”, avaia Justus.

Justus lembrou na entrevista que a banda de Guaratuba agita os foliões que vão ao carnaval da cidade há 30 anos, ininterruptamente, apenas com exceção do carnaval de 2020, por conta da pandemia.

O prefeito destacou que a medida adotada em todo país no ano passado, junto às restrições impostas no início da pandemia, interferiram muito na economia do município, que tem tradição de receber turistas no carnaval. Por outro lado, ele acredita ter agido bem ao fechar a cidade.

“Não tivemos nenhum tipo de ressalva em tomar decisões amargas e que impactaram muito a nossa economia no começo da pandemia, e também não teremos nenhum tipo de pudor agora.”

Guaratuba realiza eventos testes antes do Carnaval

Recentemente, Guaratuba promoveu dois eventos com grande público de pessoas que representaram 30 municípios paranaenses, como os Jogos de Integração do Idoso e os Jogos de Aventura e Natureza. Justus garante que os testes tiveram resultados animadores e demonstraram que não é preciso temer uma festa de carnaval, caso não haja uma nova onda de Covid-19.

Segundo ele, os participantes ficaram alojados e tiveram as refeições feitas em ambientes compartilhados, todos estariam vacinados e testados. “Passados 15 dias, não vimos rigorosamente nenhuma alteração nos números, apenas a redução constante dos casos confirmados, números de mortes e tudo o mais.”

A Banda B também está em contato com outras prefeitura do Paraná, como Antonina, Matinhos e Pontal do Paraná, para confirmar sobre a programação de carnaval para 2022.

Informações Banda B

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baleia rara de quase 20 metros é encontrada morta no Litoral do Paraná

Uma baleia-fin (Balaenoptera physalus) foi encontrada morta e em estado avançado de decomposição, na última terça-feira (21), na praia grande da Ilha do Mel, em Paranaguá, no Litoral do Paraná.

A baleia encontrada é um macho adulto e mede quase 20 metros. A equipe do Laboratório de Ecologia e Conservação (LEC), via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), encaminhou duas equipes até a ilha para o registro do encalhe e coleta de materiais biológicos e avaliação da condição da carcaça. Segundo os biólogos, é a primeira vez que o encalhe de baleia-fin é registrado no Paraná.

Informações Banda B

Reunião alinha operação do ferry boat de Guaratuba durante o verão

Representantes do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) participaram nesta terça-feira (21) da primeira reunião para discutir medidas a serem tomadas na travessia da Baía de Guaratuba durante a operação verão deste ano.

O principal objetivo é reforçar a segurança dos usuários durante esse período de maior movimento na travessia, em que, devido ao grande número de turistas e viajantes no Litoral, o tempo de espera para cruzar a baía não pode ultrapassar os 22 minutos.

Pelo mesmo motivo, ficam proibidos veículos com mais de três eixos e/ou superiores a 14 metros de comprimento nas embarcações. Essa integração geral vai ajudar a embasar as operações de fiscalização e controle a partir de dezembro.

Participaram da reunião a equipe de fiscalização do DER/PR, representantes da Prefeitura de Guaratuba, do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) da Polícia Militar do Paraná e da concessionária que opera a travessia.

Outras reuniões serão agendadas futuramente, para continuar a discussão sobre melhorias no serviço ao longo desses meses de maior procura.