Greca anuncia investimentos e projetos para a retomada econômica de Curitiba

Na reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (2), o prefeito Rafael Greca anunciou projetos voltados ao fortalecimento econômico de Curitiba, com investimentos em capacitação profissional e a geração de empregos por intervenções de estruturação urbana, para consolidar a recuperação da cidade no pós-pandemia. A sessão foi realizada de forma híbrida, com parte dos vereadores presentes ao plenário e outra por videoconferência.

“Temos um grande programa de obras em curso que deverá gerar 113 mil empregos na cidade. Vamos criar também uma escola curitibana de Turismo para equipar o mercado de trabalho do setor, usando os espaços da Prefeitura e a antiga Casa Culpi”, disse Greca. 

Na reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (2/8), o prefeito Rafael Greca anunciou projetos voltados ao fortalecimento econômico de Curitiba. Curitiba, 02/08/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

Outro destaque citado pelo prefeito foi o avanço da Prefeitura no planejamento e em colocar em andamento um grande programa de projetos e obras estruturantes, que deverá ancorar a retomada econômica da cidade nos próximos anos.

“Em um ano marcado pela resistência à pandemia, conseguimos fazer nossa carteira de obras chegar a R$ 2,6 bilhões em projetos em andamento e futuros. As obras do Bairro Novo do Caximba e da Pirâmide Solar e também de evolução do transporte nos eixos Leste-Sul, Leste-Oeste e o Inter 2 vão dinamizar ainda mais a economia da cidade”, reforçou o prefeito.

Na sessão que marcou o retorno ao trabalho do Legislativo estiveram também o vice-prefeito Eduardo Pimentel, o presidente da Câmara Municipal, Tico Kuzma, a primeira-secretária, vereadora Flávia Francischini, e a segunda-secretária, vereadora Professora Josete, o primeiro vice-presidente da Câmara, vereador Alexandre Leprevost, e o terceiro-secretário, vereador Professor Euler.

Greca desejou êxito aos parlamentares nesse novo período legislativo e destacou a manutenção dos cuidados com a pandemia. “2021 é um ano de desafios em que ainda a pandemia nos aflige, embora estejamos em tempos de remissão. Devemos seguir os cuidados com a ciência da epidemiologia e com a Saúde Pública e pautarmos a nossa ação pelo respeito à vida”, frisou.

O prefeito lembrou que Câmara Municipal foi a origem na sua trajetória na vida pública e destacou a relevância da atuação parlamentar e do Executivo para o benefício da cidade e dos seus habitantes. “Minha alegria nesta manhã também diz respeito ao fato de eu estar no meu berço político. Aqui fui feito vereador pela primeira vez que tive um mandato eletivo. Aqui me sinto entre meus pares. Aqui vejo como fundamental a função do vereador na construção da cidade.”

Para o presidente da Câmara, Tico Kuzma, a pandemia trouxe um grande desafio que precisa ser contornado e superado. O vereador citou a aprovação do Plano de Recuperação Econômica e disse que outros importantes projetos de lei foram aprovados para amenizar o impacto da pandemia na saúde da população curitibana. “Alguns projetos foram apreciados e votados em tempo recorde, como para a renovação de contratos de PSS para a enfermeiros. Também para a prevenção e controle da pandemia, aprovamos a cobrança de multas para quem furar a fila da vacinação e a proprietários de imóveis que promoverem festas clandestinas.”

De acordo com Kuzma, a Câmara está preocupada com o momento econômico e tem desde 2017 contribuído com racionalização de recursos e a parceria com o município. “Em 2019, a Câmara Municipal de Curitiba economizou R$ 22 milhões e, ao final de 2020, devolvemos R$ 30 milhões à prefeitura”, disse o presidente da Câmara.

Na opinião do líder do governo na Câmara, vereador Pier Petruzziello, o bom andamento da gestão pública durante a pandemia se deve, em grande parte, à iniciativa do prefeito Rafael Greca. “O prefeito teve a coragem de tomar decisões. Não se omitiu em nenhum momento e fez o necessário para preservar a vida e apoiar a economia de Curitiba. Não posso deixar de registrar os esforços da equipe da Saúde Municipal na organização do plano de vacinação que é exemplo para o país”, ressaltou o vereador.

Entregas

Rafael Greca também enumerou importantes obras entregues pela Prefeitura, entre elas as duas novas estações-tubo da Fagundes Varella, na Linha Verde, que permitiram a entrada em funcionamento do novo Ligeirão Fagundes Varela-Terminal Pinheirinho e terminal do Pinheirinho-Jardim Social.

“Estamos fazendo com que a Linha Verde sirva, efetivamente, para seu mais importante fim, que é o de interligar e melhorar o ir-e-vir das pessoas, permitindo novas linhas de ônibus e dando mais fluidez aos deslocamentos dos veículos de passeio e de carga”, disse Greca.

Entre outras entregas feitas pelo município, Greca citou o novo Terminal Tatuquara, construído do zero, ao lado da Rua da Cidadania e da UPA; a Trincheira da Mário Tourinho, no cruzamento com a Avenida Nossa Senhora da Luz; o programa de pavimentação asfáltica completou neste primeiro semestre 1.034 ruas, incluindo ruas de saibro, o Memorial Paranista, no Parque São Lourenço, a pista de skate na Wenceslau Braz e a da BMX no Parque Peladeiros.

Acolhimento e vacina

No que diz respeito aos serviços de atenção a quem mais precisa, Greca citou o trabalho da Fundação de Ação Social (FAS), principalmente no rigor deste inverno.

“Até agora não perdemos ninguém para o frio. É com orgulho que destaco o trabalho da FAS. Recomendo aos vereadores, sobretudo os de oposição, que leiam a Revista Piauí, que transformou em crônica uma noite de trabalho da FAS no cuidado para que as pessoas não morram de hipotermia”, observou.

Com o frio intenso a Prefeitura reforçou as estruturas de acolhimento da população mais vulnerável, bem como as abordagens às pessoal em situação de rua. Desde o começo do ano, as equipes da FAS fizeram 111.782 abordagens e 20.204 acolhimentos de população de rua.

Greca ressaltou o empenho da cidade na rotina de vacinação. Curitiba já vacinou 1.022.860 habitantes com primeira dose ou dose única. Outras 388.443 pessoas já receberam a segunda dose. “Uma vez que tenhamos imunizantes, podemos vacinar 30 mil pessoas todos os dias. Se o governo federal, em conjunto com o governo estadual, tiver agilidade na entrega dos imunizantes poderemos vacinar 30 mil pessoas por dia. Não temos medo de trabalhar”, disse o prefeito.

O prefeito finalizou a sua fala agradecendo a parceria com o Legislativo para o benefício da cidade e dos cidadãos.  Acompanharam o prefeito na Câmara Municipal o secretário do Governo e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; a secretária da Comunicação, Cinthia Genguini; a procuradora-geral do Município, Vanessa Volpi; o secretário de Finanças, Vitor Puppi; o comandante da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Junior; o chefe de gabinete da Prefeitura Cristiano Hotz e o diretor técnico Legislativo da Prefeitura, Rodrigo Ajuz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MON promove programação especial na 15ª Primavera de Museus

Museu Oscar Niemeyer (MON) oferece ao público uma programação especial neste mês. As ações fazem parte da 15ª Primavera dos Museus, evento coordenado anualmente pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e que acontecerá até o dia 26 de setembro. São 680 instituições inscritas e mais de 1.700 atividades em todo o Brasil.

Nesta quarta-feira (22), às 16 horas, ocorrerá a edição especial do programa MON ao Vivo: a oficina virtual “Um Mapa na Palma da Mão”. Esta ação é gratuita e destinada a toda pessoa interessada, de 7 anos ou mais – crianças menores de 7 anos devem estar acompanhadas de um adulto.

A inspiração para a oficina é o tema proposto pela Primavera de Museus em 2021, “Museus: Perdas e Recomeços”, além das obras da série “Tente Ver o Oceano” (Maya Weishof), presentes no acervo do Museu. Para fazer a inscrição, é preciso acessareste link.

Depois de preencher o formulário, é só aguardar o recebimento do link de participação. Esta ação, realizada na plataforma Zoom, contará com intérprete de Libras. Para mais informações, é só entrar em contato pelo e-mail educativo@mon.org.br ou 3350-4448.

Já no dia 24 (sexta-feira), às 19 horas, o MON oferecerá o encontro virtual com Vanessa Lima – educadora, historiadora e coordenadora do Núcleo Educativo do Arquivo Histórico Municipal de São Paulo. É coautora do livro “Caminhando a Paulista: Pequeno Manual do(a) Historiador(a) da Cidade” e desenvolve projetos na área de mediação cultural em diferentes museus e instituições.

A videoconferência terá como tema “Sobre Patrimônios e Afetos: Os Museus e a Dimensão da(s) Memória(s)” e pretende traçar relações com territórios, artistas visuais, educadores e dinâmicas do patrimônio cultural que trabalham a partir de poéticas da memória e do esquecimento. Para participar, basta se inscrever em bit.ly/VideoconferênciaVanessaLima.

Serviço

Programação especial – 15ª Primavera dos Museus
ACESSÍVEL EM LIBRAS

Oficina virtual “Um Mapa na Palma da Mão”
Data: quarta-feira (22/9)
Horário: 16h – Plataforma Zoom
Inscrições pelo formulário bit.ly/MONaoVivoSetembro

Videoconferência com Vanessa Lima
Data: sexta-feira (24/9)
Horário: 19h – Plataforma Zoom
Inscrições pelo formulário bit.ly/VideoconferênciaVanessaLima

www.museuoscarniemeyer.org.br

Mães relatam tentativas de roubo de crianças em mercado no Sítio Cercado

Tentativas de roubo de crianças em um mercado do bairro Sítio Cercado, em Curitiba, estão assustando moradores da região. A reportagem da Banda B recebeu alguns relatos de mães, nesta segunda-feira (20), que passaram pela situação no mesmo estabelecimento.

Ariadne Henriques, mãe da Isabela, de apenas quatro anos, contou à Banda B que uma mulher teria tentado levar sua filha na saída do mercado, por volta das 20h30 da última sexta-feira (17).

“Eu estava com a Isabela no mercado, fiz as compras e quando a gente estava saindo uma moça veio encontrar a gente, na porta do mercado. Ela estendeu a mão para a minha filha e começou a chamar ela de Laura. Eu falei que não era Laura e até achei que ela estava confundindo com outra criança. Mas ela insistiu, disse que era a filha dela e que ia levar ela embora. Eu coloquei a Isabela para trás de mim e comecei a discutir”, afirmou Ariadne.

Com a discussão, algumas pessoas começaram a se aproximar e a mulher foi embora.

Outros relatos

Após narrar o episódio em um grupo no Facebook, Ariadne teria recebido o contato de várias outras mães que passaram pela mesma situação.

“Não é a primeira vez que isso acontece no mercado. Já tiveram várias outras situações de pessoas que entraram em contato comigo e me contaram. Essa mulher que nos abordou tinha idade entre 30 e 35 anos, bem arrumada, e chegou com tanta intimidade que quem viu achou que ela conhecia a gente. Não sei se haviam mais pessoas com ela, porque depois ela sumiu muito rápido”, relatou a mãe de Isabela.

Na publicação com o relato de Ariadne, outra mãe aparece dizendo que neste ano, no mesmo mercado, um rapaz e uma senhora teriam tentado roubar o filho dela, de cinco anos de idade, enquanto ela fazia compras na panificadora do estabelecimento.

Ariadne teria ido até uma delegacia para registrar um boletim de ocorrência, no entanto, ninguém teria dado muita importância ao caso. O episódio não teria caracterizado crime, já que não houve o sequestro, segundo relatou a mãe sobre a resposta da polícia.

Informações Banda B