Fiscalização dispersa mais de mil pessoas e fecha 11 pontos comerciais em Curitiba

As equipes da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU) abordaram 18 pontos comerciais de Curitiba entre a noite de sexta-feira (30) a madrugada de domingo (01) – 11 foram fechados devido a irregularidades. Foram aplicadas 55 autuações administrativas.

Durante as fiscalizações, os policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes municipais flagraram 1.025 pessoas em aglomerações, que foram orientadas e dispersadas dos locais. Três foram encaminhadas: uma por desacato, outra por infringir medida sanitária e promover propagação de doença contagiosa e a terceira por envolvimento com jogos de azar.

As abordagens ocorreram nos bairros Alto Boqueirão, Alto da XV, Batel, Barreirinha, Boqueirão, Bairro Alto, Cajuru, Centro, Centro Cívico, Cidade Industrial, Hugo Lange, Hauer, Jardim das Américas, Juvevê, Jardim Social, Lamenha Pequena, Lindóia, Parolin, Portão, Rebouças, São Francisco e Uberaba.

Segundo a coordenadora das equipes da Aifu, tenente Caroline Félix, em um estabelecimento no Batel as equipes encontraram 300 pessoas na madrugada de domingo. Um homem desacatou os policiais militares e foi conduzido para lavratura de Termo Circunstanciado.

“O estabelecimento foi fechado pelos agentes da Secretaria Municipal do Urbanismo e multado em R$ 100 mil por estar em funcionamento irregular, com aglomeração”, disse.

Na noite de sábado, no bairro Bacacheri, em um ponto comercial que funcionava como casa noturna, foram encontradas duas máquinas caça-níqueis. Os objetos foram apreendidos e o responsável encaminhado para assinatura do Termo Circunstanciado.  

Duas casas noturnas, nos bairros Centro e Jardim Social, foram fechadas durante a operação. A primeira foi atuada em R$ 30 mil e a segunda em R$ 20 mil. No bairro Cajuru, havia aglomeração de pessoas em um bar e foi aplicada multa de R$ 30 mil.

A fiscalização também chegou a uma tabacaria na Cidade Industrial, onde havia 108 pessoas sem usar máscara facial, ingerindo bebidas alcoólicas e utilizando narguilé. O local já tinha sido autuado outras vezes por desrespeitar as medidas sanitárias. O responsável também foi encaminhado para assinatura de Termo Circunstanciado e recebeu uma multa de R$ 50 mil da prefeitura.

Durante a ações também foi recuperado um carro que tinha alerta de furto desde novembro de 2020. A abordagem ocorreu no bairro São Braz na madrugada de sábado. O carro foi levado à Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba tem menor número de casos ativos de covid-19 em 538 dias

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba registrou, nesta terça-feira (7/12), 996 casos ativos de covid-19, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus. A última vez que a cidade registrou índice menor foi em 18 de junho de 2020, há 538 dias atrás. 

A SMS também confirmou 44 novos casos da doença e o óbito de um homem de 65 anos, que aconteceu nas últimas 48 horas.

Até o momento foram contabilizadas 7.803 mortes na cidade provocadas pela doença neste período de pandemia.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 298.774 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 desde o início da pandemia, dos quais 289.975 estão liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Leitos do SUS

Nesta terça-feira (7/12), a taxa de ocupação dos 120 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 está em 28%. Restam 87 leitos livres.

A taxa de ocupação dos 114 leitos de enfermarias SUS covid-19 está em 25%. Há 86 leitos vagos. 

A SMS esclarece que os dados da ocupação de leitos em Curitiba são dinâmicos, com alterações ao longo do dia.

Números da covid-19 em 7 de dezembro

44 novos casos confirmados
1 novo óbito nas últimas 48h

Números totais

Confirmados – 298.774
Casos ativos – 996
Recuperados – 289.975
Óbitos – 7.803

Sete casos suspeitos da variante Ômicron são descartados no Paraná

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) informa que nesta segunda-feira (6) os sete casos suspeitos da variante Ômicron no Paraná, divulgados na última semana, foram descartados por não apresentarem a detecção do vírus Sars-Cov-2.

Os casos haviam sido isolados e foram acompanhados pela Vigilância Epidemiológica da Sesa e dos municípios de Curitiba e Foz do Iguaçu, após contato com um caso confirmado em São Paulo, no aeroporto de Guarulhos.

Considerando que não houve confirmação para a Covid-19, as amostras não foram encaminhadas para sequenciamento genômico na Fiocruz. Neste momento, não há mais suspeitas da circulação da variante no Paraná.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com