Fiscais fecham 16 estabelecimentos por desrespeito às medidas anticovid em Curitiba

Desde a última segunda-feira (3) até a noite desta quinta-feira (6), as equipes de fiscalização da Prefeitura, em parceria com o Governo do Estado, fiscalizaram 73 estabelecimentos em Ações Integradas de Fiscalização Urbana (Aifus). Percorrendo diferentes bairros, as equipes interditaram 16 estabelecimentos que descumpriam as medidas restritivas do Decreto 730/2021 e lavraram 28 autos de infração que somam R$ 335 mil em multas.

Foram encontradas irregularidades em bares, casas noturnas, tabacarias, restaurantes, distribuidoras de bebidas e boates, que haviam sido denunciados pela população.

Todos foram autuados e terão o direito de recorrer no processo administrativo.

Participam das Aifus equipes da Guarda Municipal, fiscais das secretarias municipais do Urbanismo e do Meio Ambiente, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Setran.

Dia das mães

Curitiba continua na bandeira laranja (nível médio de alerta para o novo coronavírus) e segue com as medidas restritivas para comércio e serviços na cidade. No entanto, neste domingo (9) em que será comemorado o Dia das Mães, há uma flexibilização de algumas atividades, como o comércio e restaurantes que poderão funcionar desde que seguindo rigorosamente os protocolos sanitários necessários para evitar a contaminação pelo novo coronavírus.

Jussara Policeno de Oliveira Carvalho, diretora de Fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo, afirma que os fiscais estarão nos bairros para coibir excessos, evitar situações de aglomeração e garantir o distanciamento social e o uso obrigatório e correto de máscara (cobrindo boca e nariz) e do álcool em gel.

“O Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde abriu uma exceção para o Dia das Mães e algumas atividades poderão acontecer, mas dependem da responsabilidade de todos. As equipes estarão nas ruas para garantir que as atividades aconteçam sem colocar em risco a saúde pública”, diz Jussara.

Desde 5 de janeiro, quando entrou em vigor a Lei 15.799/2021, que responsabiliza e pune quem descumpre as medidas restritivas de enfrentamento à pandemia de covid-19, até esta sexta-feira (30/4), a força-tarefa da Prefeitura lavrou  994 autos de infração, em 2.448 fiscalizações realizadas com a participação dos fiscais da Secretaria Municipal do Urbanismo (nas Aifus e ações com a Guarda Municipal). Somados os autos ultrapassam R$ 10 milhões em multas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Foragido da Justiça é preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Barigui

Nesta quinta-feira (22/07), um homem foragido da Justiça foi preso na fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui.

Guardas municipais viram o rapaz tumultuando a fila e foram até ele, que se mostrou bastante nervoso e dizia querer se vacinar o mais rápido possível.

O homem estava sem documentos, mas depois de os guardas municipais levantarem seus dados, foi constatado que tratava-se de um foragido da Justiça com um mandado de prisão em aberto. O suspeito de 45 anos já tinha passagens por dano qualificado, roubo e injúria racial.

Foragido da Justiça é preso fila de vacinação do Pavilhão da Cura do Parque Barigui. Foto: Divulgação

Como não tinha documentos, o suspeito não recebeu a vacina e foi conduzido para a Divisão de Vigilância e Capturas, no Centro.

Starbucks anuncia novas unidades nos shoppings Palladium e Jockey Plaza

A Starbucks, em parceria com o Grupo Tleca, anunciou mais duas novas unidades em Curitiba, nos shoppings Palladium e Jockey Plaza.

“Estamos entusiasmados com a chegada da Starbucks ao Paraná e para uma cidade tão moderna e charmosa como Curitiba.  Estamos confiantes de que nossas lojas serão um ambiente acolhedor, onde nossos clientes curitibanos poderão se conectar com amigos e familiares, enquanto tomam uma xícara de café”, celebra Claudia Malaguerra, diretora geral da Starbucks no Brasil.

As obras no Shopping Palladium já foram iniciadas. Já no Jockey Plaza, o projeto arquitetônico ainda está em desenvolvimento.