Fim da invencibilidade! Athletico-PR é derrotado pelo Santos na Vila Belmiro

O Athletico-PR viajou até o litoral paulista para encarar o Santos pela terceira rodada do campeonato brasileiro 2020.

Rubro negro não contou com o treinador Dorival Junior, diagnosticado com Covid-19. Lucas Silvestre, filho de Dorival e auxiliar foi quem comandou a equipe.

RESUMO

Mesmo com início amarrado, o furacão foi quem comandou controlando o jogo chegando a ficar com 65% de posse de bola.

Após descuido na saída de bola em passe errado de Thiago Heleno, Soteldo não perdoou! Santos 1 x 0.

Após o gol sofrido, Athletico sentiu e em um lindo chute de Felipe Jonathan, Santos ampliou aos 39′ da primeira etapa. Confira o golaço do lateral no ângulo esquerdo de Santos:

O Furacão esboçou uma reação aos 48′ do segundo tempo em finalização de Nikão, que explodiu na trave.

No segundo tempo, as equipes pareciam se estudar mais. Mesmo com a forte marcação dos paranaenses, foi os paulistas que marcaram novamente. Desta vez, com Marinho aos 36′ minutos.

O furacão ainda descontou após boa jogada de Geuvânio e gol de Abner Vinícius.

Com o resultado, o rubro negro fica na 5º colocação, com seis pontos ganhos. O próximo compromisso da equipe é quarta-feira (19) contra o Palmeiras, na Arena da Baixada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atletas curitibanas vão disputar a Paralimpíada de Tóquio

O nome de Curitiba estará nas disputas por medalhas dos Jogos Paralímpicos de Tóquio, em agosto. Neste fim de semana, a professora curitibana Mari Santilli, da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj), e Adriana Drica Azevedo, que mora há dois anos em Curitiba, conquistaram a sonhada vaga para os Jogos Paralímpicos na canoagem.

As duas paratletas são beneficiárias do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte da Prefeitura de Curitiba.

Mari Santilli conquistou a vaga olímpica na manhã de sábado (15), com uma 7ª colocação na classe KL3 Feminino – 200m nas finais da Copa do Mundo de Paracanoagem. A prova foi realizada na raia náutica do lago Maty-ér Regatta Course, na cidade de Szeged, na Hungria.

Esta será a segunda participação da professora Mari em Jogos Paralímpicos. Ela já esteve no Rio 2016.

A canoísta Adriana Drica Azevedo também garantiu no sábado (15) a vaga para sua estreia em paralimpíadas, com uma 7ª colocação na classe KL1 (Feminino – 200 metros) da mesma competição.

Atletas de Curitiba se classificam para as Paralimpíadas de Tóquio. – Na imagem, Adriana Azevedo. Foto: Divulgação Confederação Brasileira de Canoagem/CBCa

Do Boqueirão para Tóquio

As atletas treinam na raia náutica do Parque Iguaçu, no Boqueirão, pelo Clube de Regatas Curitiba (CRC) e, agora, focando os treinamentos para os Jogos Paralímpicos de Tóquio.

Confronto entre torcedores do Coritiba e Athletico no Alto da Glória mobiliza a PM horas antes do clássico

Um confronto entre torcedores do Coritiba e do Athletico, no Alto da Glória, na manhã desta quinta-feira(6), mobilizou a Polícia Militar (PM) poucas horas antes do clássico, válido pelo Campeonato Paranaense. A confusão aconteceu perto do meio-dia e o jogo está marcado para às 17h40. Segundo a PM, três pessoas – dois torcedores do alviverde e um do rubro-negro – foram presas.

As primeiras informações dão conta que torcedores do Athletico teriam ido à sede da torcida Império, no Alto da Glória, para devolver supostas provocações de torcedores do Coritiba. A polícia teria conseguido evitar o confronto.

Tivemos um disparo de arma de fogo no final da briga, mas ninguém ficou ferido. Não sabemos ainda a motivação desta briga e nem entramos neste mérito. Nós verificamos o flagrante e encaminhamos os envolvidos a delegacia”, disse o tenente Risoni, do 20.º Batalhão da PM, à Banda B.

Ao todo, ainda de acordo com a PM, cerca de 20 pessoas se envolveram na confusão. A maioria deles eram torcedores do Coritiba. Os detidos foram encaminhados ao Cartório do Ahú e assinaram um termo circunstanciado.

Provocações

Na madrugada desta quinta, torcedores alviverdes teriam deixado bandeiras com frases provocativas em frente à sede da torcida ‘Os Fanáticos’ e em viadutos próximos ao estádio da Arena da Baixada. Daí, hoje no final da manhã, torcedores do Athletico foram na manhã desta quinta (6) no Alto da Glória para supostamente devolver as bandeiras.

Umas das bandeiras com provocações contra torcedores do Atletico – Reprodução
Um boneco com roupa do Atletico pendurado numa passarela – reprodução

Cobertura

A confusão acontece no mesmo dia do primeiro Atletiba do ano. O jogo será na Arena da Baixada, às 17h40, nesta quarta-feira. A Banda B transmite o clássico a partir das 15 horas, com narração de Marcelo Ortiz e toda a equipe de esportes.

Informações Banda B