Feiras de Artesanato retomam as atividades com medidas de prevenção

Nesta quinta-feira (4/6), as Feiras de Artesanato dos Bairros retomam o funcionamento presencial. As atividades haviam sido suspensas no dia 21 de março por causa da pandemia do novo coronavírus. Depois de muito estudo e planejamento retornam com novas medidas de segurança. A primeira feira a retomar as atividades é a do Portão. 

“Estamos tomando todas as precauções para que o retorno aconteça de forma segura e para isso pedimos a colaboração dos artesãos e da população para que sigam todas as normas estabelecidas”, diz Tangrian Cunico Santos, Coordenadora das Feiras de Artesanato.

Ainda segundo a coordenadora, a participação dos artesãos ocorre de forma facultativa e neste primeiro momento nem todas as feiras voltam a funcionar. É o exemplo da tradicional Feirinha do Largo da Ordem, que permanece fechada, mas com vendas on-line pelo https://feiradolargo.curitiba.pr.gov.br

É importante também apoiar o movimento que ganhou força nos últimos meses, o de valorizar e comprar produtos do comércio local, auxiliando na manutenção dos negócios dos pequenos produtores, comerciantes e artesãos.

Feiras que voltam a funcionar

Portão 
Local: Praça Desembargador Armando Carneiro / Terminal do Portão
Dia da semana: Quinta-feira
Horário: 10h às 17h
*retornam 7 dos 9 artesãos que participam da feira

Pinheirinho
Local: Rua da Cidadania Pinheirinho
Dia da semana: Sexta-feira
Horário: 10h às 17h
*retornam 5 dos 13 artesãos que participam da feira

Cajuru 
Local: Rua da Cidadania do Cajuru
Dia da semana: Sexta-feira
Horário: 17h às 22h
*retornam 9 dos 15 artesãos que participam da feira

Água Verde
Local: Rua Professor Brasílio Ovídio da Costa
Dia da semana: Sábado
Horário: 9h às 15h
*retornam 7 dos 25 artesãos que participam da feira

Juvevê
Local: Rua Alberto Bolinger / Próximo ao Estádio Couto Pereira
Dia da semana: Sábado
Horário: 8h às 13h
*retornam 18 dos 27 artesãos que participam da feira

Passeio Público
Local: Passeio Público
Dia da semana: Sábado
Horário: 8h às 13h
*retornam 9 dos 30 artesãos que participam da feira

Hauer
Local: Rua Miguel Poholink / Passarela do Hauer
Dia da semana: Sábado
Horário: 8h às 13h
*retornam 14 dos 15 artesãos que participam da feira

Sítio Cercado
Local: Rua Contenda / Próximo ao Terminal Sítio Cercado
Dia da semana: Sábado
Horário: 10h às 17h
*retornam 10 dos 20 artesãos que participam da feira

Santa Quitéria
Local: Praça Dr. Francisco Azevedo de Macedo
Dia da semana: Sábado
Horário: 8h às 13h
*retornam 5 dos 12 artesãos que participam da feira

Tatuquara
Local: Av. Pero Vaz de Caminha / esquina com Rua Enette Dubard
Dia da semana: Sábado
Horário: 10h às 17h
*retornam 7 dos 8 artesãos que participam da feira

29 de Março
Local: Praça 29 de Março
Dia da semana: Domingo
Horário: 8h às 13h
*retornam 2 dos 12 artesãos que participam da feira

CIC 
Local: Terminal CIC
Dia da semana: quarta-feira
Horário: 10h às 17h
*retornam 4 dos 10 artesãos que participam da feira

Feiras que permanecem fechadas
Boqueirão, Ucrânia, Fazendinha, República Argentina, Jardim Botânico e Bacacheri.

Quem vive do artesanato comemora o retorno

Assim como muitos curitibanos, Geison Bezerra, 35 anos, ficou sem saber o que fazer com o início do isolamento social, já que a única fonte de renda familiar havia sido comprometida. Artesão desde a adolescência, ele vive do artesanato há dez anos, produzindo artigos com pedras naturais.

O participante da Feira do Pinheirinho, do Passeio Público e do Largo da Ordem precisou se reinventar e o início das vendas on-line foi um suspiro e segundo Geison, uma ferramenta essencial para os dias de hoje.

“Assim que coloquei minhas peças na loja virtual dos artesãos da Prefeitura logo começou a dar retorno, em seguida criei também uma página no Instagram, mudamos a nossa rotina e os nossos planos”, conta o artesão.

Apesar do novo modelo de negócios on-line, Geison comemora o retorno das atividades presenciais e conta que essa é a melhor coisa que está acontecendo nesses últimos 75 dias em que está em isolamento social. 

“Aos poucos o curitibano vai entender que o novo normal é assim, um pouco nas lojas virtuais e um pouco nas feiras presenciais. E com todas as medidas sanitárias, acredito que será muito bom mesmo”, comemora Geison Bezerra.

Contatos: @gegeartelivre e https://feiradolargo.curitiba.pr.gov.br/geison-bezerra/842

Medidas de prevenção adotadas nas feiras

. A feira será considerada facultativa enquanto perdurar a Situação de Emergência no Município de Curitiba, considerada por Decreto Municipal
. Disponibilidade obrigatória de álcool gel 70% para o artesão e público em geral
. Evitar aglomerações de pessoas
. Será permitido apenas um artesão por barraca, respeitando a normativa de distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas e também nas filas do lado de fora, que deve ser organizada pelo artesão responsável pela barraca
. Uso obrigatório de máscaras de tecido 
. Disponibilização de barracas de máscaras na feira
. Distanciamento entre as barracas seguirá croqui estabelecido pela coordenação
. Preferencialmente o material deverá ser embalado individualmente
. Barracas com alimentação gastronômica neste primeiro momento terão normas específicas.
. Presença continua de representante da Coordenação das Feiras de Arte e Artesanato/CTUR

**FIQUE EM CASA se você tem anemia, problemas respiratórios, é fumante, hipertenso, diabético, possui doença crônica ou tem mais de 60 anos. 

Trufas frescas estrelam festival no Marcondes Cozinha Autoral

Ingredientes de alto padrão costumam ser ponto de destaque em restaurantes de alta gastronomia. Insumos raros, preparados com excelência de forma criativa são celebrados nas maiores cozinhas do mundo. E um dos itens mais celebrados, a trufa, estrela um festival completo no Marcondes Cozinha Autoral. Ao invés de usar pastas e cremes de trufa, mais comuns de encontrar, a casa tem um menu completo que leva trufas frescas vindas direto da Itália. O menu sai a R$ 159 por pessoa e começa a ser servido a partir desse sábado (05/11), por tempo limitado.

Iniciando a sequência, o couvert tem Pão feito no vapor com manteiga trufada, e a entrada conta com Bocado de pasta e sálvia, umamassa grano duro com molho cremoso de sálvia. Como prato principal, o cliente pode escolher entre quatro opções. Uma delas é o Mignon ao molho de mostarda apresentado com risoto milanês e finalizado com trufas frescas. Já o Entrecot tem nhoque ao molho de vinho Barolo e finalizado com as trufas.

Uma terceira pedida é o Fettuccine artesanal ao molho pesto e espuma de parmesão, que leva as trufas frescas na finalização. Já a quarta escolha apresenta uma Polenta cremosa com ragu de ossobuco, finalizados com as trufas frescas. Na sobremesa, a sequência leva Zabaglione com sorvete de café.

As trufas frescas têm procedência garantida pela ÉlEat Tartufi, uma das fornecedoras de destaque na região de Piemonte, no norte italiano. As trufas, de aroma marcante, são raras, crescendo na comuna de Alba. São colhidas à noite para garantir o frescor característico. O Festival de Trufas Frescas do Marcondes Cozinha Autoral acontece por tempo limitado. O menu com couvert, entrada, prato principal e sobremesa sai a R$ 159,90 por pessoa. A casa abre de segunda a sábado para jantar, às 18h30, e para almoço de sábado, das 11h30 às 15h30. O Marcondes funciona na R. Recife, 220 – Cabral. Mais informações no perfil oficial do restaurante no Instagram (@marcondesrestaurante). Reservas por WhatsApp (41) 3205-4982.

Happy Hour no ST 444 Batel: de terça a domingo, restaurante italiano-mediterrâneo oferece opções exclusivas de porções

O St 444 Batel, empreendimento gastronômico que atua no segmento italiano-mediterrâneo, está lançando um menu de porções exclusivas para o Happy Hour, que acontece de terça a domingo, das 16h às 20h, para preencher as noites curitibanas com muito sabor.

O novo cardápio com porções exclusivas para o horário de Happy Hour mantém os ingredientes característicos da gastronomia mediterrânea mas com um toque de refinado sem perder a facilidade que as porções precisam no momento do consumo.

As opções formam um menu completamente irresistível. Para os apaixonados por crocância, o restaurante oferece frutos do mar – mais especificamente a lula, camarão e iscas de peixe – empanados na farinha panko acompanhados de molho especial da casa, além da versão do requintado polvo à grega, regado a azeite de oliva e condimentado com sal grosso, páprica picante e acompanhado de pequenas fatias de pão.

Para os fãs dos clássicos, uma boa pedida pode ser as batatas rústicas que vêm acompanhadas com molho de páprica picante. Aos que preferem a maciez e suculência marcante das carnes bovinas, têm a opção de degustar a fraldinha na mostarda e/ou o entrecôte – também conhecido como bife ancho –, este último acrescido de farofa crocante e chimichurri. No horário de Happy Hour, os pratos presentes no menu comum não estarão disponíveis.

Para acrescentar uma dose de personalidade brasileira à refeição, o chopp Pilsen de 300ml chega – bem gelado – à mesa por apenas R$10; os valores variam de R$29 a R$49 por porção.

SERVIÇO

Happy Hour no ST 444 Batel

Onde: Alameda Presidente Taunay, 444 – Curitiba – PR

Quando: de terça a domingo, das 16h às 20h

Como: (41) 3044-0444

Instagram: @st444batel

Fotos: Rafael Ribeiro.