Feira virtual gratuita conecta brasileiros a universidades nos EUA


Há cada dia uma nova programação estará disponível, sempre das 18 horas as 19 horas.

O Escritório Oficial do Governo Americano para Estudos nos Estados Unidos fica no Centro Universitário UDC tem por objetivo facilitar o acesso dos estudantes brasileiros que tem o sonho de estudar nos Estados Unidos. As universidades americanas criam várias ações para recrutar estudantes estrangeiros interessados em admissões para cursos à distância, ou para aulas futuras, em modelo presencial.

Essa é a aposta da primeira Feira Virtual EducationUSA Brasil, que dá acesso gratuito a estudantes brasileiros que sonham em estudar nos Estados Unidos. Do dia 22 a 27 de março, representantes de 35 instituições norte-americanas estarão reunidos, em ambiente virtual, fazendo apresentações, esclarecendo dúvidas, divulgando bolsas de estudos e apresentando propostas para cursos de graduação, pós-graduação e intensivo em inglês. “Encontramos na internacionalização um caminho para impactar a vida de muitos. Aliar-se aos gigantes da educação ao redor do globo tem se mostrado uma excelente estratégia de crescimento para nós, e por isso, entendemos que é de extrema importância auxiliar nossos alunos com esse processo”, explica o Pró-reitor do Centro universitário UDC Prof. Doutor Fábio Prado.

Há cada dia uma nova programação estará disponível, sempre das 18 horas as 19 horas. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas através do link: bit.ly/feiraedusabr
Durante cinco dias, oficiais de renomadas universidades e faculdades dos EUA irão fazer apresentações voltadas ao interesse de alunos que desejam estudar no país. Questões como “Bolsas de estudos: Como encontrar a melhor opção financeira para você? e “A importância das atividades extracurriculares durante a pandemia” fazem parte dos seis temas disponíveis na programação. Após as exposições, os participantes terão a chance de conversar, em salas virtuais, com os profissionais para saber detalhes sobre processos e requisitos de admissão, destinos, vida acadêmica, custos e opções de financiamento.

Entre as universidades participantes confirmadas, são destaques: Manhattan College, Colorado State University, University of California San Diego, Savannah College of Art and Design, e várias outros.

A Feira Virtual EducationUSA Brasil é uma iniciativa da Missão Diplomática dos Estados Unidos no Brasil, através do EducadationUSA, a rede do Departamento de Estado norteamericano para estudos nos EUA. O Brasil possui mais de 16 mil brasileiros estudando nos EUA. Neste ano, a expectativa da feira é receber mais de 5 mil inscrições, superando o número da última edição presencial.



via CabezaNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lobo-marinho é flagrado descansando na praia de Matinhos

Um lobo-marinho apareceu na manhã desta quarta-feira (28), na areia da praia de Matinhos no Litoral do Paraná.

Os moradores da região foram os primeiros a visualizar o animal e avisaram a Guarda Municipal, que isolaram uma parte da praia para avaliação da equipe do Centro de Estudos do Mar (CEM), da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Fotos: Almir Alves | Portal Matinhos Agora

Segundo a bióloga Camila Domit, coordenadora do Laboratório de Ecologia e Preservação (@lecufpr) da UFPR, o animal já estava sendo monitorado pelos centros de estudo, após passar pelo Rio Grande do Sul.

O lobo-marinho apresenta boas condições físicas, sem machucados.

Fotos: Almir Alves | Portal Matinhos Agora

Caso você aviste ou registre qualquer animal marinho vivo ou morto nas praias do Paraná, acione o @lecufpr pelo 0800 642 3341 ou 41 9213-8746.

Turismo em Foz do Iguaçu registra aumento em julho

Com certificados sanitários e muitos lugares ao ar livre para visitar, o turismo dá sinais de retomada. Antes mesmo de fechar o mês de julho, as visitas à Itaipu Binacional passaram de 20 mil turistas. As férias escolares impulsionam a visitação e trouxeram um total de 20.808 pessoas à usina de Itaipu, neste mês. De 1º a 26 de julho, 19.651 turistas passaram pelos atrativos da hidrelétrica, como a Visita Panorâmica e os roteiros no Ecomuseu e no Refúgio Biológico Bela Vista. Movimento é reflexo da campanha Vem para Foz, da Itaipu e parceiros, e da vacinação em massa da covid-19 no município. No Complexo Turístico do lado paraguaio da usina, foram 481 visitantes no mesmo período. As visitas institucionais, que também tinham sido afetadas pela pandemia, já voltaram a funcionar. No lado brasileiro, foram 118 no mês de julho. Na margem paraguaia, 558. O cenário de 2021 é muito diferente do ano passado. Como grande parte dos atrativos de Foz, a usina só voltou a receber turistas em 22 de julho, tendo permanecido fechada para visitação devido a um decreto estadual. Na ocasião, foram 579 visitantes entre os dias 22 e 31 de julho. A recuperação também é sentida em outros atrativos de Foz, como no Parque Nacional do Iguaçu, onde estão as Cataratas, carro-chefe do turismo local. Em junho, foram 27.739 visitantes. O Parque permaneceu fechado de 1º de julho a 3 de agosto de 2020, também em função da pandemia.

Vem pra Foz

Considerado destino seguro pela adoção de práticas sanitárias pioneiras, no ano passado, Foz do Iguaçu saiu na frente e conseguiu mitigar os efeitos da pandemia, promovendo uma visitação segura. A campanha ganhou uma nova edição neste ano e foi lançada neste mês. “Estamos trabalhando cada vez mais para que a atividade turística seja retomada. Além da campanha Vem para Foz, estamos investindo em capacitação dos serviços, oferecendo oportunidade de reciclagem para muitos trabalhadores do ramo”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira. “Quando tudo voltar ao normal, como já está ocorrendo, o Destino Iguaçu sairá mais uma vez na frente”, completou. A superintendente de Comunicação Social e de Turismo de Itaipu, Patrícia Iunovich, área responsável pela campanha em construção com todo o trade, acredita que o resultado positivo se deve em boa parte à adesão do público de forma geral. A segunda edição da campanha “Vem pra Foz!” começou a ser divulgada em vários veículos de comunicação no último dia 12. Assim como na primeira edição, divulgada em setembro do ano passado, a campanha incentiva a volta dos turistas ao Destino Iguaçu, um dos mais bonitos de todo o mundo e que foi bastante impactado pela crise provocada pelo novo coronavírus. A iniciativa tem o turismo como principal atividade econômica da região de Foz do Iguaçu, cidade-sede da usina de Itaipu. O turismo é um dos pilares da missão da binacional. Com o mote “Natureza, emoção e muita energia. Várias viagens num só destino”, a ideia da campanha é mostrar que a região tem um grande pacote de atrativos, como as Cataratas do Iguaçu, a Itaipu, o Marco das Três Fronteiras, aliados a shows e diversão para toda as idades, boa hotelaria e estrutura de conforto que inclui compras e gastronomia diversificada em uma região que reúne três fronteiras: Brasil, Paraguai e Argentina. A produção é da agência Gpac com argumentação da Comunicação Social e de Turismo de Itaipu.

Destino seguro

Outro ponto positivo é a celeridade na imunização da comunidade contra o coronavírus. Um total de 73% da população de Foz do Iguaçu já tomou a primeira dose da vacina. A cidade deve ser a primeira a vacinar 100% da população adulta (acima de 18 anos) entre os principais destinos turísticos do País. Pesquisas apontam que a preferência do brasileiro, no pós-pandemia, é por destinos turísticos próximos de casa e, por isso, os atrativos de Foz do Iguaçu já figuram entre os mais procurados. A cidade também tem três grandes eventos marcados até início de dezembro e que devem atrair 12 mil participantes. Para informações sobre os atrativos da Itaipu, acesse https://www.turismoitaipu.com.br. Moradores de Foz do Iguaçu a municípios lindeiros ao lago de Itaipu não pagam (confira o regulamento no site).