Feira Internacional da Música do Sul (FIMS) anuncia programação completa com painéis, shows e workshops

Um dos principais eventos musicais no país, finalista do Prêmio Profissionais da Música nas últimas duas edições e contemplada no Prêmio FUNARTE Festivais de Música 2021, a FIMS (Feira Internacional da Música do Sul) anuncia sua programação completa com mesas de debate, showcases e workshops. O evento acontece entre os dias 02 e 05 de novembro em Curitiba no Centro Cultural Sistema FIEP e Cine Passeio.

Confira a programação completa abaixo ou no link: https://fims.com.br/programacao/ 

Desde 2016, a FIMS se consolida como um espaço de aprendizado, desenvolvimento, profissionalização e encontro. Buscando novos olhares e sons, o evento trará também parte da sua programação com transmissão online ao vivo no YouTube da feira e shows especiais ocupando a noite curitibana.

“Pensamos a programação para que existam poucas atividades paralelas e todos possam curtir todos. Não tem um tema geral da conferência, mas focamos em assuntos que estão movimentando o mercado como parcerias público-privadas, sobre o rap e os espaços para culturas periféricas no centro do debate e até sobre o TikTok. Além disso, teremos workshops interessantes para quem quer se profissionalizar. Estamos muito felizes de fazer esse encontro, nesse momento de resistência, com pessoas de todo o pais”, comenta Téo Ruiz, diretor geral da Feira.

Certificada pelo WME com o Selo IGUAL, de comprometimento com a equidade de gênero, a  FIMS busca reunir artistas, produtores, trabalhadores do music business e interessados em entrar neste que é um dos mercados em ascensão no Brasil. Novos números da Federação Internacional da Indústria Fonográfica mostraram o crescimento de mais de 32% no Brasil com grande foco em streaming. As receitas provenientes das plataformas representaram 85,9% do mercado sul-americano, um dos maiores do mundo.

“A FIMS se propõe a criar pontes entre os artistas e os principais programadores e festivais não só do Brasil, mas também da América Latina e da Europa. Estar presente no evento, mesmo que não seja com um showcase, pode gerar negócios, mas além disso, mostra para esses programadores amadurecimento e profissionalismo, que pode render shows e projetos futuros no cenário nacional”, complementa Ruiz.

As credenciais para a FIMS estão a venda e podem ser adquiridas em https://bit.ly/FIMSConferencia.

Serviço:

FIMS 2022 | Conferência

02 a 05 de novembro 

Local: Centro Cultural Sistema FIEP e Cine Passeio  

Evento pago 

Garanta sua credencial em https://www.sympla.com.br/evento/conferencia-fims-2022—curitiba/1593876  

Transmissão online de algumas atividades. 

Programação Completa:

Dia 2/11

Painel 1 – Abertura: como podemos pensar uma feira de música no sul? – 14h

Painel 2 – Bookers: como encontrar, como contratar – 15h

Showcases – 16h30 as 18h20

Workshop 1 – das 14.30 às 16h – Masterclass – Rádio Cafuné: música non stop no Zoom 24/7

Workshop 2 – das 17 às 18.30h – Monique Evelle (Inventivos)

Recepção de convidados e exibição de Videoclipes – Cine Passeio (Terraço) – 18.30 às 21h

Circuito oFF

Camaleão – 21h30 

Showcases noturnos – 22h

Dia 3/11

Painel 3 – O rap e as periferias no centro do debate – 14h

Rodadas de networking – 15h30

Showcases –  18h às 20.30h

Workshop 3 – das 13.30 às 15h – Workshop – Do ABC ao Streaming

Workshop 4 – das 16 às 17.30h – O potencial da união entre games e música

Circuito oFF

Caiçara – 20h30

Showcase noturno – 21h

Porão – 23h

Showcase noturno – 23h30

Dia 4/11

Painel 4 – O que viraliza antes: a música ou o Tiktok? – 14h

Matchs qualificados – 15h30

Showcases – 18 às 20.30h

Workshop 5 – das 14.30 às 16h – Ableton Live além dos loops

Workshop 6 – das 17 às 18.30h – Leo Morel (Tratore)

Circuito oFF

Casarão Vem Aí – 20h30 

Showcase noturno – 21h

Wonka – 23h

Showcase noturno – 23h30

Dia 5/11

Painel 5 – Novas iniciativas na música e seu impacto na economia criativa da cultura – 14h

Painel 6 – Parcerias público-privadas na música – 15h

Painel 7 – Os efeitos da pandemia no cenário musical curitibano – 16h

Painel 8 – Abrafin – Para onde caminham as feiras e festivais neste momento pós-pandêmico – 16h30

Showcases – 18 às 20.30h

Circuito oFF

Festa de encerramento – Treze de Maio

Entre 21h e 2h

Dia 6/11

Ressaca FIMS Folia – 15h30

Siga FIMS:

www.fims.com.br

https://www.instagram.com/fimsul/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Lenda do punk rock mundial, The Exploited se apresenta em Curitiba esta semana

A lenda do punk/hardcore mundial The Exploited se apresenta em Curitiba dia 04 de dezembro (domingo), no Basement Cultural. A banda escocesa, fundada no final dos anos 1970 pelo vocalista Wattie Buchan, se tornou um dos mais influentes e importantes do cenário punk, com músicas e letras agressivas, contestando a corrupção política, a violência da polícia, as guerras, a religião, entre outros tópicos politizados.

Os ingressos para esta apresentação histórica estão à venda pelo site Bilheto, com valores a partir de 110 reais (pista,  3º lote). Há também a opção “dois amigos”, no qual é possível adquirir um par de convites por 165 reais.

O The Exploited lançou discos clássicos do estilo, como Punk’s Not Dead (1981), Troops of Tomorrow (1982), Let’s Start a War (1983), além do mais recente, Fuck The System (2003). No show, a banda promete diversos clássicos destes e outros discos.

Os shows fazem parte de mais uma edição do tradicional festival Desgraça Pouca é Bobagem, conhecido por ser eclético e numeroso. Isto se reflete na variedade estilística das bandas de abertura: Os paulistas do Manger Cadavre? apostam em uma mescla de metal, hardcore e crust, enquanto os curitibano do Necroterio trazem o death metal/grindcore ultra brutal. Também da cidade, o Repudiyo representa o hardcore de protesto, o Royal Rage, o thrash metal, e os mineiros do Hamurabi, o death metal.

SERVIÇO

Desgraça Pouca é Bobagem apresenta The Exploited em Curitiba
Abertura: Manger Cadavre?, Necroterio, Repudiyo, Royal Rage, Hamurabi
Data: 04 de dezembro de 2022 (domingo)
Local: Basement Cultural
Endereço: Rua Des. Benvindo Valente, 260 – São Francisco
Horários: 14h (portões) – 15h (shows)
Classificação etária: 16 anos (somente acompanhado de um responsável)

Ingressos: a partir de R$ 110 (podem incidir taxas administrativas)

Venda Online: https://www.bilheto.com.br/evento/652/DPEB_com_Exploited_em_Curitiba

Pontos físicos de venda:

Let´s Rock
Endereço: Praça Tiradentes, 106 – loja 3 e 4 – Centro
Horário de Atendimento: Seg. à Sex. 09h as 19h / Sáb. 09h às 15h

Carmela
Endereço: R. Dr. Claudino dos Santos, 72 – São FranciscoHorário de Atendimento:Dom. a Qui. 07h às 23h / Sex. e Sab. 17h às 02h

Realização: Mosh Productions

Foto: Allan Swan/Divulgação

Lançamento de livro e apresentações gratuitas  marcam o encerramento do projeto LEVANTE!

No próximo dia 16 de dezembro, o lançamento do livro “levante! coreografia expandida em bando” e duas apresentações marcam a última ação do projeto LEVANTE!. O espetáculo acontece às 16h e 20h na sala do Grupo de Teatro da UFPR, com entrada franca e distribuição gratuita da publicação.

Com 80 páginas, o livro contempla uma dramaturgia de fotos da peça, acompanhadas por textos de Renata Roel, Fernando de Proença, Viviane Mortean, Milla Jung, Diego Marchioro e Francisco Mallmann sobre a experiência de circulação do projeto por cinco cidades do interior do Paraná. 

Além da versão impressa, o evento também marca o lançamento do e-book e de cinco mini-documentários em vídeo com registros das cidades visitadas. Neste mesmo dia, ainda será divulgado o novo site do projeto, onde os materiais ficarão disponíveis.

Entre 25 e 29 de julho, a peça passou por Pato Branco, Campo Mourão, Maringá, Londrina e Paranavaí. Junto com as apresentações, foram oferecidas oficinas gratuitas, conduzidas por Viviane Mortean e Milla Jung. A publicação será distribuída gratuitamente para bibliotecas e secretarias de cultura dessas cidades.

LEVANTE!

A peça LEVANTE!, concebida por Renata Roel e Fernando de Proença, pretende levantar questões sobre a construção da cena e de vínculos em processos convivais. No LEVANTE!, os artistas empilham cadeiras, montam e desmontam a cena enquanto ela acontece – fazem analogias ao micro e ao macro do corpo em relação ao espaço. É sobre empilhar, atravessar, derrubar, escapar, sentar e levantar. Pulsam no risco do que pode desabar a qualquer momento e na urgência de deslocar-se com quem está junto. 

Valendo-se da etimologia da palavra LEVANTE!, além de ser referência direta à imagem de um corpo “em pé”, caracteriza-se pela capacidade das pessoas se organizarem para levantar outro sistema econômico, social e político. 

Na fricção entre dança e teatro, Renata e Fernando propõem dispositivos que aproximem e promovam deslocamentos na relação entre artista e espectador. Estar junto é a grande transgressão e partilhar do espaço em pequenos e grandes deslocamentos é intencional para que haja encontro no meio do caminho. 

Serviço:

Lançamento do livro ˜levante! coreografia expandida em bando” e apresentações de LEVANTE! Instalação coreográfica 

Dia 16 de dezembro (sexta), às 16h e 20h

Sala do Grupo de Teatro da UFPR (Prédio histórico – Praça Santos Andrade, 50)

Entrada franca

Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes no local.

FICHA TÉCNICA:

Concepção e Performance: Renata Roel e Fernando de Proença | Colaboração e Acompanhamento Artístico: Cinthia Kunifas e Sofia Neuparth | Dramaturgia: Cândida Monte | Texto em off: Para o Pior Avante de  Samuel Beckett/ | Edição Sonora: Vadeco Schettini | Iluminação: Wagner Corrêa | Consultoria de Figurino: Amabilis de Jesus | Registro Fotográfico: Lídia Ueta | Designer gráfico: Adriana Alegria | Teaser e Registro de Vídeo: Lídia Ueta e Ulisses Sato | Oficinas: Milla Jung e Viviane Morten | Autores da Publicação: Renata Roel; Fernando de Proença; Francisco Mallmann; Diego Marchioro; Milla Jung e Viviane Morten | Assessoria de Imprensa: Paula Melech | Direção de Produção: Diego Marchioro | Assistência de Produção: Augusto Ribeiro | Produtoras locais: Tamara Alff; Isabela Schwab; Rachel Coelho; Luciana Guedes; Renata Ichisato  | Site: Julia Brasil – Pommelet | Redes Sociais: Viktória Hugo Von Holleben  | Realização: Renata Roel e Rumo de Cultura 

|Projeto Contemplado pelo prêmio Funarte Klauss Vianna – 2014|

Apoio: Copel | Projeto aprovado no Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura | PROFICE da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura | Governo do Estado do Paraná.