Famílias de estudantes da rede municipal começam a retirar os kits de alimentação

Nesta segunda-feira (11/05), a Prefeitura de Curitiba começou a fornecer kits de alimentação às famílias das crianças e estudantes matriculados da rede municipal de ensino.

A distribuição começou a ser feita pelas regionais do Boa Vista e Santa Felicidade. A expectativa da Secretaria Municipal da Educação é que 27,7 mil famílias retirem os alimentos neste primeiro dia de fornecimento, em 77 unidades escolares das regionais de Santa Felicidade e Boa Vista.

A entrega dos kits seguirá até a próxima sexta, dia 15, conforme cronograma (veja tabela abaixo), nas escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de cada regional. Ao todo, são cerca de 145 mil matriculados na rede curitibana. Nesta terça-feira (12/5), a entrega será nas regionais Bairro Novo e Portão.

Cada família retirou o kit na unidade onde a criança está matriculada, em ação organizada das 10h às 17horas. Os kits buscam compensar a ausência de alimentação escolar durante a suspensão das aulas em decorrência da covid-19. Conforme o decreto número 580, as aulas presenciais estão suspensas na rede municipal curitibana pelo menos até o dia 2 de julho.

Para ter direito ao kit (um por criança), a família precisa ter filhos em escolas municipais, Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) ou Centros de Educação Infantil (CEIs) contratados.

Uma família que tenha dois filhos na rede municipal, por exemplo, terá direito a dois kits, e deverá preencher um formulário para cada criança/estudante.

Em boa hora

A recepcionista Patrícia Bueno Rarege foi até o CMEI Cassiopeia, no Boa Vista, retirar o kit da filha Alicia, de 5 anos. Os filhos Matheus e Giovana, matriculados em outras unidades escolares da regional também tiveram direito ao benefício que, segundo Patrícia, chegou em excelente momento. O marido, que gerenciava uma loja em um shopping Center, foi despedido e a renda da família caiu mais do que a metade.

“É o que vai nos garantir manter a alimentação adequada das crianças neste momento difícil e com isso poderemos pagar o aluguel da casa”, contou Patrícia.

“Ajuda mais do que bem-vinda, ainda mais que considera as necessidades especiais dos nossos filhos”, contou a comerciante Suzana Aparecida de Liz. Para ela foram fornecidos dois kits, um referente à filha Mirlleya, 5 anos, atendida no CMEI Cassiopeia, e outro para o filho Benjamin, 1 ano, do Centro de Educação Infantil (CEI) Amar.

No momento da retirada, o responsável pela criança matriculada precisa apresentar o CPF ou a carteira de identidade. Também precisa ter o nome do estudante matriculado e nome da instituição de ensino, para que seja feita a conferência dos dados.

O vigia Leonel Freitas aproveitou a folga no trabalho para ir até a Escola Municipal Walter Hoerner, no Mossunguê, buscar o kit da filha Maria Eduarda, estudante do 4º ano. Aproveitou a viagem para retirar as atividades pedagógicas para a filha participar das videoaulas que estão sendo exibidas pela Secretaria Municipal da Educação.

“Estamos percebendo a preocupação da prefeitura para que as crianças possam continuar aprendendo neste momento. Estão garantindo alimentação de qualidade e as atividades para que não sejam prejudicados”, disse Leonel.

A diarista Mônica Lopes Santana, mãe do Miguel, 4 anos, atendido no CMEI Piquiri, está sem poder trabalhar. Foi dispensada pela patroa e está em casa cuidando filho. “Olha, temos conseguido nos manter com o auxílio que recebemos da prefeitura. Que bom que essa medida foi tomada”, disse Mônica. 

O cronograma de fornecimento de kits nos CEIs contratados será informado posteriormente. Os pais/responsáveis devem aguardar a confirmação do cronograma que será enviado pelas unidades.

As entregas são realizadas em horário determinado conforme cronograma, evitando, assim, as aglomerações e atendendo as recomendações dos órgãos de saúde.

Para retirada do kit na unidade, o uso de máscaras é obrigatório, bem como o distanciamento social adequado deverá ser respeitado.

Em caso de dúvidas, procure o Núcleo Regional da Educação do seu bairro.

Cronograma por regional:

Dia 11/5 – famílias com estudantes matriculados nas unidades das regionais Boa Vista e Santa Felicidade.

Dia 12/5: Bairro Novo e Portão.

Dia 13/5: CIC e Matriz.

Dia 14/5: Tatuquara e Pinheirinho.

Dia 15/5: Boqueirão e Cajuru.

Via: Prefeitura de Curitiba

Pedidas gastronômicas para curtir as finais da Copa do Mundo

A seleção canarinho vai conquistando mais vitórias na Copa do Mundo, e a torcida é cada vez mais animada. Quem prefere reunir os amigos em casa para vibrar com as partidas, tem ótimas pedidas gastronômicas para receber os convidados. A Ragú Rotisseria & Co. ficará disponível até o dia 18, data da final da Copa, para pedidos feitos com três dias úteis de antecedência.

A pedida mais prática é apostar no box “A Taça Do Mundo É Nossa!” que tem diversos itens, em versões para servir seis ou doze pessoas. A caixa inclui Coxinha de costela com molho de pimenta, Empadão de frango com requeijão, Bolinha de queijo crocante, Dadinhos de tapioca e queijo canastra com melado picante, Mini brioche, costelinha assada, aioli, tomates assados e rúcula, Caseirinho de salaminho, queijo, alface e tomate, Carne de onça temperada, cebolinha e quadradinhos de broa, Mix de amendoins e Beijinho. A caixa para seis pessoas custa R$ 800, enquanto a que atende 12 convidados, sai por R$ 1.400.

Outra escolha é comprar aperitivos pré-prontos, para fritar em casa, com clássicos de festa. São opções como Mini coxinha de frango ao curry (R$ 98 com 20 unidades e R$ 240 com 50), Dadinhos de tapioca e queijo canastra com geleia de pimenta (R$ 98 com 20 unidades e R$ 240 com 50) e o Mini pastel de brie, mel e mostarda L’Ancienne (R$ 125 com 20 unidades, R$ 300 com 50). Há ainda pratos, como um dos mais pedidos da Ragú: Phylo Brie, queijo brie envolto por delicada massa phylo, coberto por nuts e mel (R$ 139, servindo de 4 a 6 porções, ou R$ 260 servindo 10 a 12 porções).

Ragú Rotisseria & Co.

O conceito da Ragú Rotisseria & Co. é fundado em alimentação saudável, fresca e variada. O espaço dinâmico alia referências de diversos países para elaborar pratos que ampliem a qualidade de vida, destacando insumos orgânicos e valorizando o consumo de comércios locais. A marca foi elaborada por Fernanda Zacarias de Alencar, uma apaixonada pela boa gastronomia que formou-se chef de cuisine e restaurateur e fez curso superior de cozinha italiana em Colorno, na Itália.

As encomendas de pratos da Copa do Mundo da Ragú Rotisseria & Co. devem ser feitas por telefone no (41) 3019-0711 ou por WhatsApp (41) 99280-1923. Os pedidos precisam ser feitos com três dias úteis de antecedência, com retirada na R. Francisco Rocha, 533 – Batel. O cardápio da Copa fica disponível até o dia 18 de dezembro.

Edson & Hudson e Gian & Giovani apresentam show ‘Boate Azul’ em Curitiba

Duas grandes duplas se reúnem para celebrar a música sertaneja, Edson & Hudson e Gian & Giovani estão juntos no projeto Boate Azul Ao Vivo, que trará o melhor do repertório de cada um e mais uma compilação de grandes sucessos do ritmo. Idealizado pela Live, o show chega a Curitiba, no dia 16 de dezembro, às 21h15, no palco do Teatro Positivo. Os últimos ingressos estão à venda a partir de R$ 160, via Disk Ingressos. A produção e realização são da RW7 Production.

Em três horas de show com blocos intercalados, e dois deles dedicados à interação das duplas, o repertório, com uma média de 50 músicas, promete reunir o melhor de Edson & Hudson e de Gian & Giovani, juntos irão cantar clássicos da música sertaneja. Entre as músicas do show estão “Nem Dormindo Consigo Te Esquecer”, “Porta Retrato”, “Olha Amor”, “Azul” e não poderia faltar aquela que inspira o nome do álbum “Boate Azul”.

A trajetória dos quatro artistas é refletida em prosa, cantoria e bom humor durante as três horas de show. “É uma grande honra fazer parte desse projeto com parceiros que temos afinidade e luta parecida. Somos admiradores da música sertaneja, desejamos que os clássicos fiquem sempre vivos nos corações das pessoas e perpetuem gerações”, comenta Edson & Hudson.

Já para Gian & Giovani, o “Boate Azul Ao Vivo” é a celebração de uma carreira de sucesso. “Depois de anos de estrada, estamos preparados para homenagear artistas e canções que inspiram a nossa carreira e a história de tanta gente. A música se renova, ninguém melhor que os nossos companheiros para representar isso, inovar conosco”, revelam.

Nascidos e criados no interior de São Paulo, Edson & Hudson em Limeira e Gian e Giovani em Franca escreveram algumas páginas na história do segmento sempre em alta. Ambas as duplas se separaram por um período e perceberam o quão importante e forte são juntos. “Boate Azul Ao Vivo” irá juntar em um só palco artistas com timbres únicos e inúmeros sucessos que marcaram época e fazem parte da vida de muitas gerações.

Serviço – Boate Azul Ao Vivo em Curitiba

Quando: 16 de dezembro de 2022 (sexta-feira)

Local: Teatro Positivo (Rua Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300)

Horários: abertura da casa às 20h15 / Show às 21h15

Ingressos: os ingressos variam de R$ 160 a R$ 440, de acordo com o setor, modalidade e lote vigentes;

Vendas: Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11h às 22h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9 às 18h), na bilheteria do Teatro Positivo

**Entrega em domicílio com taxa de entrega

Classificação Etária: 16 anos. Menores de 16 anos somente acompanhados dos pais ou responsáveis legais

Realização: RW7 Production & Entertainment