Exército Brasileiro em: Show das Poderosas

Exército Brasileiro em: Show das Poderosas

PRE-PA-RA

Esse desfile aconteceu hoje nas ruas do Rio de Janeiro e eles tocaram “Show das Poderosas”? Pode isso? Ok, sei que tocam algumas músicas populares, e sei que Anitta é popular atualmente, mas… Mc Mayara talvez? Quem sabe um funk Ostentação? Ou sei lá Belo?! AHAHHAHAHAHA Próxima vez, bora pedir pra tocar Raul?

Vi esse vídeo no twitter do Plantão 190, se você tem alguma sugestão de vídeo, envie para: busaocuritiba@hotmail.com

0 Comments

  1. A musica pode ser uma merda, mas esse exercito merece muito respeito, e só tocaram pq é musica que o povo lixo gosta de ouvir, o evento é popular, se eles tocassem hinos e canções militares ninguém iria apreciar ou se quer filmar…isso é uma apresentação o intuito é chamar atenção nem que para isso tenha que tocar lixo de musica!!!

  2. Tudo muito bonito, a fanfarra está de paarabéns, afinal, sem uma letra desgostosa daquelas e ao som se instrumentos dignos a sonoridade fica ímpar.. pena.. muita pena é que é impossível não ouvir a fanfarra e impedir seu cérebro de remeter-se à voz da annita que fica láááa no fundo da sua cabeça cantando prepara com aquele par de peitos subindo e descendo hm' o dó

  3. O exercito merece o respeito, eles trouxeram uma musica que todos ouviram pelo menos uma vez… para uma fanfarra que normalmente as pessoas ja dizem que so toca coisas "chatas"…

  4. quanta humilhação para estes soldados,.ao inves de mandarem tocar alguma outra sinfonia nao tocam a musica da Anitta, por isso o país nao vai para frente.

  5. Adorooooo ficar lendo os comentários uns descendo a lenha e outros elogiando, sempre, mas sempre me mato de rir… tem pessoas que levam a sério esse negocio de comentar… kkkk… Mas enfim vejo como louvável o exercito brasileiro tocar uma musica popular, pois a festa de 7 de setembro é um festejo popular então fica tudo bem, é claro que a banda militar não vai tocar uma Anitta da vida em uma apresentação formal militar, né!?

  6. Luke Tre Tenho amigos que fazem manutenção no pátio da cidade e existem mais de 30 blindados americanos do tipo bradley que estão sendo reformados pelo nosso exército pois eles já eram sucata para os americanos e iriam ser despejados no golfo do méxico, e mesmo assim falta uma quantidade enorme de peças e pessoal treinado, isso para o senhor é poder e eficiencia? hmm, acho que não.

  7. Luke Tre Talvez devessemos falar sobre o grande exército brasileiro que não tem nem a pachorra de fazer a manutenção básica dos beliches, paredes, tetos e chão dos alojamentos deixando-os cheios de buracos com massa corrida inacabada, os beliches cheios de ferrugem e os colchões tão velhos que o tecido rasga só de fazer um movimento mais brusco durante a noite após um treinamento inteso no campo, isso que estou falando das unidades militares de uma capital, eu posso falar pois já estive dentro de vários quarteis pela cidade e todos eles apresentam a mesma situação é obvio que o senhor, luke, como um bom soldado sempre irá protejer a sua corporação, mesmo sabendo lá no fundo que eu estou certo. Mas digo isso por pura parte de falta de recursos, não desmereço nada as ações do exército no Haiti antes, durante e após os terremotos, foram extremamente honrosas, sem nem falar no show que vocês deram nos americanos numa dessas simulações de combate, acompanhei de perto as notícias da mesma, agora não da nem para comparar um exército com o outro, apesar de que vocês estão indo bem o com o projeto Leopard 1, são blindados de alta tecnologia e deixam a armada cada vez mais forte, agora que vocês sofrem vocês sofrem.

  8. Kleon Rockenbach Kleon Rockenbach M-113 que estão a ser modernizados, M2/M3 Bradley é um veículo de combate de infantaria que só os EUA e a Arábia Saudita possuem.

  9. Se esta banda tivesse tocado a canção de uma arma qualquer com certeza não estaria bombando nas redes sociais tem que tocar o que o povo gosta e Anita esta com o poder no momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Yahoo Respostas chega ao fim depois de 16 anos

O Yahoo Respostas, que se tornou um repositório de memes nos últimos anos, será encerrado em 4 de maio, após 16 anos no ar.

Criado quando o Yahoo ainda tinha um papel relevante no mercado de busca, antes da dominação do Google, o serviço de perguntas e respostas servia para que usuários de internet interagissem sobre dúvidas de todo tipo de categoria.

Matéria do jornal Folha de S.Paulo de 2009 diz que o site chegou a ser o segundo mais acessado desse tipo no mundo em 2009, apenas depois da Wikipedia. À medida que serviços como Quora e Reddit ganharam espaço para discussões e as redes sociais emergiram, o Yahoo Respostas ficou obsoleto e quase um espaço para comédia.

Em uma rápida sobrevoada sobre o Yahoo Respostas é possível encontrar comentários sobre animais, decoração, problemas do coração e dúvidas estritamente pessoais feitas a anônimos, como “essa pose da foto está exagerada?” (resposta: “arruma seu quarto que fica bom o cenário”).

A partir de 20 de abril, o Yahoo não permitirá a publicação de novas perguntas ou respostas. Em 4 de maio, vai indisponibilizar o site. Para tirar dúvidas a partir de agora, o Yahoo sugere que as pessoas utilizem o serviço de busca.

Quem foi usuário ativo do Yahoo Respostas poderá solicitar o download de seu conteúdo antes de 30 de junho de 2021. Para isso, precisa ir a uma página específica para baixar os dados. Segundo o Yahoo, o processo de recebimento do histórico pode demorar até 30 dias.

O site de tecnologia americano The Verge pontua que o desligamento talvez seja a melhor opção, “considerando que o site parece ter sido tomado por lixo conspiratório de extrema direita”.

Em comunicado, o Yahoo disse que o serviço foi lançado e “construiu o melhor lugar na web para fazer e responder perguntas sobre uma variedade de tópicos, criando uma comunidade de compartilhamento de conhecimento global”.

“Embora não pudéssemos estar mais orgulhosos do que conquistamos juntos, estamos entrando em contato hoje para informar que decidimos encerrar o Yahoo Respostas em 4 de maio de 2021”, disse a empresa, que hoje pertence à Verizon.

Informações Banda B

Novo Código Brasileiro de Trânsito começa a valer neste mês; confira o que muda

Entram em vigor no dia 12 de abril as alterações promovidas no Código Brasileiro de Trânsito. As mudanças foram sancionadas pelo presidente Jair Bolsonaro em outubro do ano passado, quando ficou definido que a vigência passaria a ocorrer 180 dias após a sanção.

A partir de agora, os motoristas devem ficar atentos aos novos prazos de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ao número de pontos que podem gerar a suspensão de dirigir e à punição de quem causar uma morte ao conduzir o veículo após ter ingerido bebida alcoólica ou ter usado drogas.

Os exames de aptidão física e mental para renovação da CNH não serão mais realizados a cada cinco anos. A partir de agora, a validade será de dez anos para motoristas com idade inferior a 50 anos; cinco anos para motoristas com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70 e três anos para motoristas com idade igual ou superior a 70 anos.

Haverá mudanças também na quantidade de pontos que podem levar à suspensão da carteira. Atualmente, o motorista que atinge 20 pontos durante o período de 12 meses pode ter a carteira suspensa. Agora, a suspensão ocorrerá de forma escalonada. O condutor terá a habilitação suspensa com 20 pontos (se tiver duas ou mais infrações gravíssimas na carteira); 30 pontos (uma infração gravíssima na pontuação); 40 pontos (nenhuma infração gravíssima na pontuação).

As novas regras proíbem que condutores condenados por homicídio culposo ou lesão corporal sob efeito de álcool ou outro psicoativo tenham pena de prisão convertida em alternativas.

Cadeirinhas

O uso de cadeirinhas no banco traseiro passa a ser obrigatório para crianças com idade inferior a dez anos que não tenham atingido 1,45 m de altura. Pela regra antiga, somente a idade da criança era levada em conta.

Recall

Nos casos de chamamentos pelas montadoras para correção de defeitos em veículos (recall), o automóvel somente será licenciado após a comprovação de que houve atendimento das campanhas de reparo.