Em jogo disputado, Athletico-PR vence o Goiás com golaço de Vitinho

Invicto em 2020 na Arena da Baixada, o Athletico Paranaense recebeu o Goiás pela 2º rodada do campeonato brasileiro de 2020.

Foto: Twitter Athletico Paranaense

O Furacão abriu o placar aos 32′ da primeira etapa em lindo chute de Vitinho da entrada da área. Confira:

O Goiás chegou ao empate com gol de pênalti no final do primeiro tempo, que teve quase 1 hora. Após toque de mão de Thiago Heleno aos 55′, Daniel Bessa deixou tudo igual para os esmeraldinos.

O Athletico voltou a ficar na frente na segunda etapa. Após boa jogada de Nikão, Vitinho deixou Carlos Eduardo livre para empurrar pro fundo do gol.

Placar final: Athletico-PR 2 x 1 Goiás. Com o resultado, o time continua invicto e soma 6 pontos no brasileirão! O próximo desafio do Furacão é contra o Santos, na Vila Belmiro, domingo (16).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de Curitiba proíbe jogos de Athletico, Coritiba e Paraná na cidade

Trio de Ferro terá que jogar o Campeonato Paranaense fora da capital

A secretária de Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak, informou que nenhum esporte coletivo será liberado no novo decreto para o combate ao Covid-19. A decisão impede a realização de jogos de Athletico, Coritiba e Paraná na cidade.

“Não vamos liberar nenhum Campeonato Paranaense nem atividade coletiva. Estão todas vetadas”, declarou Huçulak, em entrevista coletiva.

Com a proibição dos jogos, Athletico, Coritiba e Paraná terão que mandar suas partidas longe de Curitiba. Algumas opções são a Estradinha, em Paranaguá, e o estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. O Pinhão, em São José dos Pinhais, está sem o laudo de vistoria de engenharia.

Além dos jogos de futebol, a decisão também afeta a realização da partida do Curitiba Vôlei pelas quartas de final da Superliga Feminina. O jogo está marcado inicialmente para a próxima terça-feira (16), às 19h, no Colégio do Positivo Júnior.

Apenas três jogos do Campeonato Paranaense foram remarcados

O Campeonato Paranaense retorna na quinta-feira (11) com três partidas: Toledo x Rio Branco, às 17h15, e Londrina x Maringá, às 16h, pela primeira rodada, e Azuriz x FC Cascavel, pela segunda rodada, às 16h.

Informações Banda B.

Palmeiras derrota Grêmio e conquista o tetra na Copa do Brasil 2020

É tetra! O Palmeiras venceu em casa o Grêmio por 2 a 0 e conquistou a Copa do Brasil pela quarta vez em sua história. Wesley e Gabriel Menino fizeram os gols da final e garantiram a Tríplice Coroa do Verdão na temporada de 2020: campeão paulista, da Libertadores e da Copa do Brasil.

O Grêmio tentou surpreender o Palmeiras no início da partida no Allianz Parque. A equipe de Renato Gaúcho pressionou nos primeiros cinco minutos e perdeu duas grandes chances. Logo aos dois minutos, Pepê quase aproveitou cruzamento que veio da direita, mas não conseguiu finalizar com precisão. Três minutos depois foi a vez de Alisson arriscar chute da entrada da área, levando perigo ao goleiro Weverton.

O Palmeiras reagiu aos sete minutos. Matheus Henrique errou na saída de bola e Rony apareceu sozinho na cara do goleiro Paulo Victor. O atacante hesitou, e Paulo Miranda salvou o Grêmio. O Verdão passou a dominar a partida e chegou a abrir o placar, aos 18 minutos, com Raphael Veiga, mas o gol foi anulado por impedimento de Rony no início da jogada.

O Grêmio passou a ter muita dificuldade na transição da defesa para o ataque e o Palmeiras desperdiçou muitas chances. Raphael Veiga, Zé Rafael, Rony e Wesley chegaram com perigo, mas acabavam tomando as decisões erradas nas conclusões.

Os minutos iniciais da segunda etapa pareciam uma repetição do primeiro tempo. O Tricolor empurrou o Palmeiras para o campo de defesa e só não abriu o placar porque Weverton salvou o time em finalização de Pepê de dentro da área.

Assim como no princípio do jogo, o Palmeiras respondeu aos 7 minutos em contra-ataque, só que dessa vez com gol. Raphael Veiga recebeu bola no campo de defesa, driblou dois jogadores e passou para Wesley. O camisa 47 chutou forte, de perna esquerda, para abrir o placar. Paulo Victor chegou a tocar na bola, mas não foi suficiente para evitar o gol.

Três minutos depois, o Grêmio quase empatou. Diogo Barbosa avançou pela esquerda e cruzou. A bola desviou em Marcos Rocha e sobrou para Thaciano. O camisa 20 subiu sozinho, mas cabeceou muito mal, sem problemas para Weverton.

No restante do jogo, o Tricolor até tentou o ataque, mas esbarrou no bom sistema defensivo do Palmeiras. Aos 39 minutos, veio o gol que definiu o título. Rony puxou contra-ataque e tocou para William. Ele encontrou Gabriel Menino, que driblou Matheus Henrique e chutou cruzado, rasteiro, para fazer 2 a 0 em falha de Paulo Victor.