Em entrevista ao jornal francês Le Monde, Lula volta a dizer que pode ser candidato em 2022

Por Redação Busão Curitiba

De volta ao cenário político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a ser destaque na imprensa internacional nesta sexta-feira, 19. Lula afirmou ao jornal francês Le Monde, “não ver problema” em concorrer novamente ao Palácio do Planalto em 2022. Segundo o ex-presidente, porém, o principal objetivo do pleito é impedir uma reeleição de Jair Bolsonaro.

Questionado se seria candidato em 2022, Lula disse ainda não saber. O petista argumentou que terá 77 anos nas próximas eleições, e condicionou encabeçar uma nova corrida eleitoral a seu estado físico e a um consenso de lideranças progressistas sobre a indicação de seu nome.

“Eu tenho 75 anos. Em 2022, na época das eleições, terei 77. Se eu ainda estiver em plena forma, e for estabelecido um consenso entre os partidos progressistas deste país para que eu seja candidato, bem, não verei nenhum problema em ser. Mas já fui candidato antes, fui presidente e servi por dois mandatos. Também posso apoiar alguém em boa posição. O mais importante é não deixar Jair Bolsonaro governar mais este país”, afirmou à publicação francesa.

Jair Bolsonaro foi alvo das críticas de Lula. O ex-presidente criticou as tomadas de decisão do Executivo durante a pandemia, afirmou que o Brasil “merece coisa melhor” que o atual governo e chamou Bolsonaro de genocida. “Comecei na política nos anos 1970 e nunca vi meu povo sofrer como hoje. Pessoas morrendo nos portões dos hospitais, a fome voltou. E, diante disso, temos um presidente que prefere comprar armas de fogo ao invés de livros e vacinas. O Brasil é chefiado por um presidente genocida. É muito, muito triste”.

As declarações de Lula à imprensa internacional vem seguindo uma mesma linha desde a decisão de Fachin. Na quarta-feira, 17, o ex-presidente já havia declarado à CNN americana que poderia concorrer em 2022. “Quando chegar o momento de concorrer às eleições, se o meu partido e os partidos aliados entenderem que eu posso ser o candidato, se eu estiver bem, com a saúde e energia que eu tenho hoje, eu posso reassegurar que eu não vou negar essa convocação, mas eu não quero falar sobre isso”, disse

Na entrevista, Lula adotou uma postura de protagonista na política nacional e chegou a pedir medidas do presidente americano, Joe Biden, para ajudar na vacinação de países mais pobres do continente. “Uma sugestão que eu gostaria de fazer ao presidente Biden através do seu programa é: É muito importante convocar uma reunião do G-20 urgentemente”, disse. E completou: “eu sei que os Estados Unidos possuem vacinas em excesso e que não serão usadas todas essas vacinas. E talvez essa vacina, quem sabe, possa ser doada ao Brasil ou a outros países, até mais pobres do que o Brasil, que não podem pagar por essa vacina”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Oficina sobre prevenção de acidentes e primeiros socorros mobiliza 2 mil pessoas em Curitiba

Oficina sobre Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros, na Primeira Igreja Batista, no Batel. Curitiba, 02/02/2023. Foto: Luiz Costa/SME

Mais de 2 mil pessoas, entre diretores de escolas, pedagogos, representantes de Centros de Educação Infantil (CEIs) contratados e funcionários terceirizados da limpeza da Educação participaram nesta quinta-feira (2/2) da Oficina sobre Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros, na Primeira Igreja Batista, no Batel.

A formação é ministrada por meio de parceria entre as Secretarias Municipais de Defesa Social e Trânsito e Educação, com o objetivo de capacitar as equipes das unidades educacionais a prestarem atendimento emergencial.

“São ações que podem salvas vidas, todos devem se sentir partícipes desta grande iniciativa”, disse a secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila.

O chefe de Operações da Defesa Civil de Curitiba, Rodrigo Alípio, destacou a importância de servidores e terceirizados saberem tomar as medidas necessárias em casos de emergência. “Pequenas atitudes podem salvar vidas”, frisou Alípio.

A diretora do Departamento de Logística, Maria Cristina Brandalize, esclareceu que a oficina desta quinta-feira integra as ações do Conhecer Para Prevenir (CPP), programa desenvolvido em parceria entre Educação e Defesa Social.

Criado em 2005, o CPP orienta e prepara a comunidade escolar para enfrentar situações de risco e emergências, como incêndios, ataques de abelhas ou animais, vazamentos de gás.

As atividades envolvem capacitação de professores, funcionários e estudantes da rede municipal nas áreas de prevenção, combate a incêndios e primeiros socorros.

Todas as escolas da rede são atendidas e neste ano as unidades contratadas também participam. “A Defesa Civil nos traz os protocolos de atendimento que farão toda a diferença numa situação de emergência, como um bebê que se engasga”, disse Brandalize.

Autoridades presentes

Também estiveram presentes o vereador Leônidas Dias; os superintendentes Andressa Pereira (Gestão Educacional) e Oséias Santos de Oliveira (Executivo); a diretora do Departamento de Educação Infantil, Kelen Patrícia Collarino; o representante da Igreja Batista, Amauri Antônio da Silva; representantes da Defesa Civil de Curitiba; e chefes de departamentos da Secretaria da Educação.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Acorda, Pedrinho: Banda Jovem Dionísio faz bate-papo na Oficina de Música de Curitiba

Banda Jovem Dionísio faz bate-papo na Oficina de Música de Curitiba. Foto: Divulgação

Nesta quinta-feira (2/2), às 17h30, a banda curitibana Jovem Dionísio participará de um bate-papo musical, como parte das atividades da 40ª Oficina de Música de Curitiba. No encontro, o grupo falará com os alunos da oficina e com o público em geral sobre suas trajetórias, sua visão sobre a música e sobre seus processos de composição e produção.  

O bate-papo será realizado no Auditório John Henry Newman, na biblioteca central da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR). A entrada é gratuita com inscrição pelo site da Oficina.

Acorda, Pedrinho

A banda, que existe desde 2019, ganhou grande popularidade a partir de 2020, com seu primeiro grande sucesso, Pontos de Exclamação. Mas a música que realmente fez o grupo curitibano estourar foi Acorda, Pedrinho, lançada em 2022. A canção chegou a ocupar a primeira posição nas músicas mais escutadas do país, na plataforma de streaming Spotify, também ficando bastante famosa nas redes sociais.

Este grande sucesso foi inspirado em uma piada interna do grupo, que frequentava a lanchonete Aquarius, na Avenida João Gualberto, também conhecida como o Bar do Dionísio, de onde vem o nome da banda. Neste local, o grupo jogava sinuca com um senhor chamado Pedrinho, que tinha de ser acordado antes, pois dormia após beber no bar.

Com esta recente popularidade, a Jovem Dionísio irá compartilhar algumas de suas experiências na estrada, além de suas impressões sobre música e produção musical, neste bate-papo especial promovido pela Oficina de Música de Curitiba.

Serviço

Bate-papo musical com Jovem Dionísio

Dia 2 (quinta-feira) – 17h30

Local: Biblioteca Central – Auditório John Henry Newman, PUCPR (R. Imaculada Conceição, 1155 – Prado Velho)

Grátis – Inscrição

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com