Dupla tenta assaltar, mas leva a pior em Curitiba

Dupla tenta assaltar, mas leva a pior em Curitiba

Aeeeeeeeee! Se foderam! Os caras tentaram assaltar o casal que estava passando na rua, pedindo celular, dinheiro e etc e policiais que passavam na hora conseguir abordar os bandidos! Cada vez mais isso está acontecendo em Curitiba, é o crack galera! O pessoal não tá nem aí e assalta e até mata por causa de dinheiro para comprar crack. A recomendação é sempre não reagir, sorte que dessa vez tinham policiais por perto. Ainda bem, porque adorei que se foderam! 😉 Dalborga estaria feliz! o/

Imagens do fodástico João Carlos Frigério do Plantão 190.

0 Comments

  1. O que seria legal e coibiria esse bando de marginais, é que mais pessoas se importassem com o que acontece ali do seu lado… não só pegando o celular para filmar…, se a população agisse em solidariedade com o próximo, cenas assim seriam dizimadas!

  2. Vítima irresponsável!!! Reagiu sabendo q a namorada estava grávida!!! Poderia ter acabado mal essa história!

  3. Paulo Henrique Me julgando moleque?? Tenho uma família de policiais seu irresponsável!!! Escuto todos os dias casos como esse q acabam em tragédia seu moleque!!!

  4. nossa mas esse noia ai eu dava um cacete nele…se não fosse a policia o piazão ali tinha se dado mal…..o piazão tem que aprender uma defesa pessoal ai, levo um pau do noia

  5. nossa mas esse noia ai eu dava um cacete nele…se não fosse a policia o piazão ali tinha se dado mal…..o piazão tem que aprender uma defesa pessoal ai, levo um pau do noia

  6. Fez boletim? Liga pra delegacia e explica o caso. Quanto mais gente identifica mais facil fica pra eles se foderem.
    Faça a diferença

  7. Giovannii Gomes Fui assaltado mais de uma vez, e no inicio fiz BO, porém parece que a vitima é culpada, pois é mais humilhada do que o bandido, pois é tratado com descaso pelas autoridades, desde então não faço mais.

  8. Isso só acontece pq a população não é armada.
    SE o armamento publico fosse incorporado e as pessoas que tiverem licença para portar um revolver queria ver esses marginais estar assim.
    Ja presenciei muitos assaltos e SE eu tivesse uma arma sem duvidas mataria facil. Pois quando os assaltantes estão com uma vitimas eles focam elas e esquecem ao redor, ai levaria chumbo.

  9. Peter Lassen por a gente ser refém destes marginais?
    Vc não gostaria de meter bala em alguém que é assaltante e que possa matar alguém que seja da tua família, amigos?
    Acho que todos nos somos cabeças pensantes e sabemos a responsabilidade de portar uma arma, que para me é seria muito igual um CARRO, ninguém sai jogando o teu carro em cima de pessoas, mas jogaria ou atropelaria se eu visse um assaltante correndo.

  10. Jean Stolf não estou incentivando nada, apenas não quero mais ser humilhado em delegacias como normalmente as vitimas são. Você já foi fazer um BO (Bom para Otário)? Se não foi vai lá e fica só olhando as pessoas que estão tentando fazer, são humilhadas, tratadas com desprezo, e sem falar que parece que a culpa é de quem foi assaltado.

  11. Sidnei José Dias Inacio Cara, já tive um carro furtado e também passei por essa 'humilhação'. Me perguntaram à época do pq eu comprei um gol branco, se não sabia que este é um carro visado para furtos… Mas penso que, mesmo que os outros não façam seu trabalho direito é meu dever ir lá e fazer o B.O SIM para que ao menos essas informações sejam utilizadas para montar um 'mapa de crimes'. Não é pq o Estado não funciona como deveria que vou me acomodar e simplesmente achar que 'o Brasil não tem Jeito". Se cada um fizesse sua parte teríamos uma Nação e não apenas um Estado! Abraço

  12. Jean Stolf agora a culpa é de não fazer BO? pare, estas informações caem na vala comum e nunca serão utilizadas, se realmente service para algo não teríamos assaltos em lugar nenhum, pois tem muitos que ainda fazem, e outra o que adianta fazer se, as informações não serão utilizadas, se o que foi furtado não será recuperado, se não existe corporação suficiente para fazer qualquer coisa e se estão mais preocupados com o Centro ou fazer segurança de politicos, me desculpa Jean, mas vc não ira me convencer. tem autoridades com boa vontade mas não tem como exercer suas funções, pois o sistema não deixa. volto afirma as siglas já diz tudo BO BOM PARA OTÁRIO.

  13. sem falar que nos do sul falamos da seca no nordeste que é utilizada para ganhar votos, aqui no sul nossa seca é segurança, que todos estes inúteis utilizam na sua campanha, mas como eles vão eliminar a criminalidade se é o que da votos a eles? (não estou falando que recebem valores dos bandidos, mas sim que recebem votos prometendo acabar com o crime)

  14. Sidnei José Dias Inacio OIha só Sidnei, você é um típico brasileiro que não faz sua parte e espera que os outros façam… Lamentável. Agora você se acha o esperto que não faz o B.O pq 'não adianta' porém xinga de otário quem o faz. Típico brasileiro. Lamentável!

  15. Jean Stolf de boa véio vc não me conhece eu não te conheço, para achar como eu sou ou deveria ser, então vamos fazer o seguinte siga no seu mundo de fadas, onde um BO faz milagre e eu sigo na realidade que não adianta BLZ. Detalhe se quiser te mando por e-mail os outros que fiz e não surtiu efeito ai verá que não adianta de nada tenho uma coleção aqui (uns 10 aproximadamente)

  16. Gabriel Pio proporção cara, se você matasse em legitima defesa ok, desde que a ação tenha sido proporcional ao agravo..agora "meter bala" em qualquer caso..o bandido ai seria você, concordo que são a escória, mas infelizmente é assim que funciona.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com 350 vagas de emprego, Gigante Atacadista abre na próxima sexta-feira em Curitiba

Com a proposta de oferecer preços baixos e para o consumidor pessoa física, comerciantes e restaurantes, o Grupo Zonta inaugura na próxima sexta-feira (3) a primeira unidade do Gigante Atacadista. O empreendimento fica localizado na Av. Juscelino Kubitschek, 2.297, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) e gerou mais de 350 vagas de emprego.

Segundo o Grupo Zonta, o empreendimento foi projetado com o objetivo de ter baixos custos operacionais, aumentar a eficiência e possibilitar a oferta de preços baixos no atacado e no varejo. A loja recebeu um investimento de R$ 75 milhões. O espaço possui uma área construída de 12.200 m², sendo 7 mil m² de área de vendas.

De acordo com o presidente do grupo, Pedro Joanir Zonta, o Gigante Atacadista, a loja é completamente diferente das outras do grupo. “Aqui tudo fica próximo, então reduz custo operacional e, consequentemente, isso é repassado ao consumidor. Praticamente tudo o que o consumidor precisar, principalmente com as grandes compras, estará aqui”, explicou.

Segundo Zonta, é uma opção a mais de compra e o empreendimento atende uma necessidade da população. “Em um momento como esse, 350 empregos vão de encontro ao interesse da população. Espero que todo mundo goste do que vamos oferecer aqui, levando economia aos consumidores”, concluiu.

Gigante Atacadista

O Gigante Atacadista conta com um mix de 12 mil itens de alimentos e não-alimentos com embalagens unitárias, para quem quer comprar em pequenos volumes, e institucionais, que possibilitam a compra em maiores volumes e preços ainda melhores.

Além disso, tem toda a linha de perecíveis com uma padaria que oferece pão quente a toda hora, hortifruti frescos e açougue com grande variedade de cortes prontos.

O cliente também pode aproveitar as lojas de apoio do local: um restaurante, uma loja de celulares e uma loja de confecções.

Para oferecer agilidade no atendimento, o Gigante Atacadista possui 27 checkouts e um estacionamento com capacidade para 3 mil vagas rotativas diárias.

Já pensando em facilitar os negócios de empresários que trabalham com volume, a loja terá um televendas. Basta ligar para o número 0800 641 7788 e efetuar a compra com os especialistas e agendar a retirada.

O Gigante Atacadista aceita pagamento nos cartões de débito e crédito. Pneus, baterias e ar condicionado podem ser parcelados em até 10 vezes. Os demais produtos de bazar têm parcelamento em até quatro vezes, sempre com parcelas mínimas de R$ 20,00.

Serviço

O Gigante Atacadista está localizado na Av. Juscelino Kubitscheck, 2.297, Cidade Industrial, Curitiba-PR, e seu horário de atendimento é de segunda a sábado e feriados das 7h às 22h e aos domingos das 8h às 21h.

Estrada da Graciosa vai sediar Campeonato Paranaense de Skate Downhill 2021

Nos dias 4 e 5 de dezembro são esperados mais de 50 atletas do Paraná e outros estados para disputas três modalidades do downhill, no Campeonato Paranaense, na Estrada da Graciosa. Além do Skate, Luge e Sled integram a competição, que também conta com treino livre para patinadores de Inline, no dia 04.

Organizado pela DSAP (Downhill Speed Associados do Paraná), o Downhill na Graciosa já é tradição. A estrada já sediou várias etapas do campeonato estadual e nacional. O último evento oficial aconteceu em fevereiro de 2020. Desde então, devido à pandemia, as competições foram suspensas. Agora, com um pouco mais de segurança e boa parte da população vacinada, os skatistas voltam a se encontrar para disputar o título paranaense.

“Será ótimo poder proporcionar uma competição segura e responsável aos atletas
após tanto tempo sem competições. Todo mundo está muito animado com o evento e temos certeza que será um final de semana de muita adrenalina e diversão”, estima o skatista profissional e campeão brasileiro, Daniel Lara, que também faz parte da organização do evento.

A Estrada da Graciosa

A ladeira escolhida para o desafio integra a famosa e histórica Estrada da Graciosa, antiga rota dos tropeiros ao litoral do estado, com um cenário repleto de paisagens que atraem muitos turistas para a região serrana. Entre as montanhas, muitas curvas e uma inclinação perfeita para os praticantes do downhill.

O trecho escolhido pelos skatistas tem aproximadamente 1.5 km de extensão, localizado na Comunidade Rio do Meio em Quatro Barras, bem próximo da fronteira com Curitiba. Os skatistas atingem até 70 km/h na ladeira. Na avaliação do skatista Daniel Lara, “a pista é muito boa e o maior desafio se encontra na última curva, que acaba exigindo mais habilidade dos atletas para pilotar os carrinhos ladeira abaixo”, comenta.

Igualdade de gênero

O Downhill Graciosa também é conhecido como primeiro evento a estabelecer critérios de igualdade de gênero na premiação. Em 2019, o evento foi o primeiro no Downhill a estabelecer a regra que se disseminou em outras ações da DSAP (Downhill Associados do Paraná). Nos treinos organizados pela associação, as vagas também são distribuídas igualmente para homens e mulheres.

Categorias e informações do evento


Longboard: Open masculino; Open feminino; Master e Grand master
Street Sled Open.
Street Luge Open
.
Data: 04 e 05 de dezembro de 2021.
Instagram: @dsap_dh.