Direito de resposta – Jovem que aparece na câmera de segurança

Direito de resposta – Jovem que aparece na câmera de segurança

E aí?

0 Comments

    1. Vc ta louco alexandre??? se esse tipinho de pessoa é que está lutando pelos meus direitos PQP! eu estava lá naquele dia, e lutei pelos meus e seus direitos, e não prejudiquei ninguém! Manda esse VAGABUNDO ir quebrar a casa dos traficantes vamos ver se ele tem essa peita? agora pendurar a conta no cu dos coitados que precisam de transporte público o cara é herói??? me poupe!

    1. Ele não ta olhando para baixo, ele esta lendo algo programado pra não esquecer e ficar enrolando.

    2. até onde eu sei, quando se conta uma história verdadeira, vivenciada, não se precisa de 'roteiro'…

  1. olha se tudo que vç falou ai fosse verdade vc não teria feito oque fez, vcs saim p/ protestar sobre coisas erradas e só fazem cagada isto deixa vc e outros igual a vc no mesmo patamar deles, vc não tem ideal não tem carater p/ protestar vc e o tipo de pessoa que esta do lado erado da situação

  2. Não consegui ver mais do que 49 segundos. O jeito que o cara fala, com uma pinta de pilantra e um monte de "arrependimento", somados à cara de "por favor tenham dó de mim, eu só queria fazer zueria" não convencem.

    1. Eu parei exatamente nos 50 segundos, pelo mesmo motivo. Você disse tudo!

      E outra, lutando por direitos o caralho, direito de quem foi trabalhar segunda-feira e teve de descer em outro tubo, andar na chuva, chegar atrasado no trabalho?

  3. Não acho que ele esteja certo nem errado, errado é o cara que vai no protesto sendo pago pra quebrar e manchar com as manifestações, vergonhoso é o enteado do DEPUTADO VANHONI preso junto aos vandalos e certo seria ele não ter batido na camera e sim no FDP que estava do lado dele quebrando o tubo.

  4. Eu teria vergonha de por minha cara numa rede social, pra falar tanta merda igual ele ta falando, e outra você não é vandalo? destruir uma camera do patrimonio publico não é vandalismo? vai lavar essa cara meu.

  5. Esse palhaço não tem capacidade de lutar pela realização dos seus sonhos e objetivos (se é que tem algum) e sai quebrando tudo pra dizer que a culpa é dos outros, daqueles que trabalham em prol de uma mudança real no nosso país. Manifestante de verdade não deixa de fazer a sua parte, trabalha de dia e protesta de noite… Esse vândalo estaria a qualquer hora do dia disposto a quebrar tudo, porque a invés de protestar ele está atrás de culpados pela insatisfação com a própria derrota como ser humano. A prova disso é este vídeo, que nada tem a ver com as reivindicações propostas na rua. O único culpado foi vc mesmo, deveria ter feito como disse e ficado em casa… mas daih quem culpar quem pela sua "depressão"? Não deu pra perder a oportunidade neh…

  6. ah, me poupe… tem problema na coluna mas pode socar e destruir o tubo daquele jeito?? Pode ficar em casa descansando então… não precisamos de pessoas assim pra lutar por nossos direitos!!

  7. Não assisti e nem irei assistir 'direito de resposta' de marginal, vai pagar pelo teu crime fdp, não devia nem ter dado as caras por aqui, já que gosta tanto de vandalizar, vai na casa de traficante quebra tudo lá, aí sim estará ajudando a sociedade, e nunca mais pendure a conta no cu dos trabalhadores, pessoas que precisam do transporte público, aquele dia estava chovendo pra caramba, as únicas pessoas que vc prejudicou foram aquelas que mais necessitam de ajuda! faz um favor cara se mate, assim estará ajudando muito mais a sociedade! vagabundo.

  8. Pior do que quebrar a camêra ou qualquer outro patrimônio publico ou privado é você se fazer de coitado. Desse jeito é capaz de se urinar inteiro na frente do escrivão, na hora de ter que responder pelo seu ato vil! Na boa véio, "dura lex, sede lex" assuma seus atos com um homem, paga tua divida com a sociedade e segue tua vida!

  9. ele errou, não irei julgar mais que isso.
    mas esse video é deprimente cara… ele tá se fazendo de coitado! custava falar que passou do limite e pedir desculpas?

  10. O cara não sabe nem quanto paga na mensalidade, a mais barata de design é de R$686,00 na Unicuritiba. É um saco mesmo, puta mundo injusto esse de desempregado!Tadinho gente.

  11. O cara não trabalha e quer reclamar de quanto os outros ganham? Cale a boca.

  12. Aff.. lutar pelos direitos é uma coisa quebrar o tubo é outra,
    Danificar ônibus, estações tubo ou não pagar a passagem encarecem a tarifa….
    …"dei umas porradas na câmera"… hum e nem é vândalo…

  13. HAHAHA ¬¬
    vem me falar dos índios, de saúde, igualdade, desmatamento, a estação tubo que você destruiu ficou inativa… você nem pensou nos trabalhadores que usam a estação tubo para trabalhar..
    #apaputaquepariu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Restaurante japonês promove 1º Festival do Atum de Curitiba a R$ 10

Atenção amantes do mar! A partir desta sexta-feira, dia 1º de julho, o Ken’eki, restaurante de culinária japonesa contemporânea comandado pelo chef Dudu Sperandio, vai promover a primeira edição do Festival do Atum, que irá oferecer dez opções de preparos que levam o atum como protagonista pelo preço fixo de R$ 10 cada.

Entre os destaques do evento estão o Atum Grelhado com Crosta de Gengibre, o mini Tartare de Atum; o Carpaccio de Atum e Tartufata; e o Tuna Salad, com cubos de atum, rúcula, botarga e molho especial da casa. O restaurante ainda oferece diversas porções de niguiri, sashimi, uramiki, entre outros preparos de excelência.

Propondo uma harmonização completa, o Ken’eki trabalha com drinks a base de sake e gin. Além disso, os amantes de atum poderão aproveitar o festival em um ambiente refinado e aconchegante, que vai da parte interna ao deck frontal do empreendimento.

O 1º Festival do Atum do Ken’eki (Rua Myltho Anselmo da Silva, nº 1439) vai acontecer durante todo o mês de julho. Mais informações no Instagram oficial do empreendimento (@keneki.sushi).

Começa amanhã o 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano do Ernesto Ristorante

Produzido na planície de Padana, na Itália, o queijo grana padano conquistou o paladar dos amantes da gastronomia ao redor do mundo, em especial dos brasileiros. Afinal, quem não gosta de uma boa massa artesanal preparada dentro de uma enorme peça do queijo, não é mesmo? O fettucine, típico da culinária italiana, ganha ainda mais sabor neste preparo irresistível.

Pensando nesta combinação perfeita, o Ernesto Ristorante, clássico restaurante italiano de Curitiba, comandado pelo chef Dudu Sperandio, vai promover durante todo o mês de julho o 7º Festival do Fettucine no Grana Padano. “Aqui no Ernesto, finalizamos o preparo dentro do Grana Padano, queijo que passa por 12 meses de maturação, seguindo uma forte tradição italiana. Desde que fizemos o primeiro festival, o preparo logo se transformou em uma marca registrada do nosso restaurante”, comenta Dudu Sperandio.

Grande responsável pelo evento, o chef Dudu Sperandio cuida diretamente do preparo do prato, que já na apresentação conquista os apaixonados por gastronomia. “A massa, quase pronta, é finalizada dentro de uma enorme peça de queijo Grana Padano flambado, para aproveitar o máximo do sabor do queijo, bem no meio do salão. Assim, a experiência gastronômica deixa de ser apenas para o paladar, passando a ser, também, uma experiência visual”, destaca o chef.

Durante o 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano, os clientes podem escolher entre diversas receitas exclusivas do preparo: fettuccine no grana padano flambado (R$ 79 ou R$ 129 no menu completo), fettuccine no grana padano flambado e trufado (R$ 89 ou R$ 139 no menu completo); mignon grelhado com molho grana e fettuccini no grana padano (R$ 99 ou R$ 149 no menu completo); mignon grelhado com molho trufado e fettuccini no grana padano (R$ 109 ou R$ 159 no menu completo); e fettuccine no grana padano flambado com lascas de botarga e raspas de limão (R$ 99 ou R$ 149 no menu completo).

Para quem optar pelo menu completo, o restaurante oferece dois pratos de entrada: endívia com brie morno e marmelada de maçã com canela ou polenta brustolada com cogumelos e creme de gana padano. Na parte das sobremesas, são três opções de doces: pudim de ovos do Mosteiro de Alcobaça, pudim de leite condensado da vovó ou mousse de chocolate 70%.

O 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano acontece entre os dias 01 e 31 de julho, no Ernesto Ristorante (Rua Myltho Anselmo da Silva, n° 1483), no bairro Mercês. O evento é válido durante o jantar, a partir das 19h30, e nos almoços de domingo, a partir das 12h. As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 4141-5477. Mais informações no Instagram oficial do empreendimento (@ernesto.risto).