Diabo é visto no centro de Curitiba

Hoje um caso inusitado trouxe mais calor e intrigou os moradores da região central de Curitiba.

O Coach Vladimir da Silva Filgueira, 23 anos, afirma ter visto o Diabo próximo ao largo da ordem. O homem revelou que não foi a primeira vez que viu a criatura e nos contou detalhes do ocorrido. Confira:

Era por volta das 18 horas, estava saindo da igreja e pensei em dar uma passadinha no Bar como costumeiramente faço até começar a me sentir mal. Minha pressão baixou, senti um calor muito forte, fiquei com medo pois sofro de pressão baixa e decidi sentar um pouco. Mesmo com minha visão falhando bastante, pensei: Vou tomar uma gelada que passa! Foi aí que uma voz brotou em minha cabeça dizendo “Você vai onde eu mandar” e fui tomado por um calor ainda maior e angústia. Já suando muito, olhei para frente e vi um homem montado em um predador que sorria continuamente para mim, foi quando tive o discernimento sobre o que estava acontecendo, era ele!  Não comento muito, mas sempre estou rezando em pensamento e ando com óleo ungido em meus bolsos para casos assim. Minutos depois, rapidamente escureceu o dia e aquela voz continuava a me provocar, foi quando comecei a caminhar e não só ouvi como enxerguei com os meus próprios olhos a besta fera, o Diabo. Imediatamente peguei o óleo e comecei a girar jogando em tudo que estava em minha volta, ele começou a gritar muito alto “Pare o que está fazendo, está atrapalhando meus planos” mas eu não parei até terminar de jogar todo o óleo do vidrinho. Quando estava quase terminando, bradei “Sai da frente, Satanás” e num piscar de olhos o calor foi embora e minha pressão voltou ao normal. Não é a primeira vez que o vi por aquela região, mas espero que meu relato sirva de testemunho para muitos e lhes dê força! Fica o alerta para todos nós.

Após ler este relato TOTALMENTE verídico, espero que a partir de hoje não saiam de casa sem óleo nos bolsos, hein? Fica a dica.

E aí, acreditaram na história do Coach Vladimir? Vocês já viram algum demônio pela cidade?  Deixe seu comentário ou sua história medonha.

#DolangueNews – NOTÍCIA FICTÍCIA QUE ORIGINOU O SITE DOLANGUENEWS.COM.BR

8 Comments

  1. Luis Santos, se está na internet, então é verdade. Sem falar que o caso é TOTALMENTE verídico, hehehe.

    Grande abraço!

  2. Deus e Diabo não existem. Pior ainda é o cara que sai da igreja e vai pro bar beber cerveja !!!
    Tudo é uma mentira sem fundamento.
    O certo mesmo é que temos álcool e fumo como drogas oficialmente aceitas e o brasileiro deveria ter vergonha na cara e estudar mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rede abre agendamentos para castrações de cães e gatos em novembro

Nesta sexta-feira (15/10), às 12h, começam os agendamentos para 325 castrações de cães e gatos em clínicas contratadas pelo município. As cirurgias fazem parte do Programa Municipal de Castração Gratuita e podem ser marcadas pelo site da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba

Para escolher a data, o cidadão, protetor ou responsável pela ONG deve estar logado em seu cadastro. “Apenas dessa forma é possível ter acesso às vagas disponíveis”, reforça o diretor do departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. 

Outras 2,7 mil vagas ainda serão ofertadas no mês de novembro, no mutirão de castração da Regional Pinheirinho. Agendamentos serão abertos a partir do dia 8 de novembro (segunda-feira). 

Cuidados

A Rede de Proteção Animal reforça que os tutores devem ir sozinhos ou com, no máximo, um acompanhante ao agendamento e respeitar a antecedência recomendada para evitar aglomerações e manter o distanciamento necessário para prevenção ao contágio da covid-19. 

O uso de máscaras e a higienização frequente das mãos também são obrigatórios durante todo o tempo de permanência nos locais. Quem apresentar sintomas de infecção respiratória, deve pedir para outra pessoa levar o animal ou cancelar o atendimento.
 

Instabilidade começa a se afastar, mas ainda há risco de temporais na região de Curitiba

As áreas de instabilidade que chegaram ao Paraná na última quinta-feira (14) começam a se afastar, mas ainda há previsão de temporais em alguns setores do estado. Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, o fim de semana promete ainda ser úmido na metade leste, mas o risco de chuvas fortes diminui bastante a partir deste sábado (16).

Reprodução

O meteorologista Lizandro Jacóbsen explica que muitos raios ainda são esperados nesta sexta-feira. “A frente fria que evolui pelo Sul do país, somada pelas áreas de instabilidade presentes entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul, reforça a condição de tempo muito instável. Para o fim de semana, o sistema frontal se afasta”, explica.

Para algumas regiões, porém, como no caso da Região Metropolitana de Curitiba, chuvas ainda são esperadas de forma persistente, mas com instensidade bem mais fraca.

Na capital, a temperatura varia pouco e as máximas não passam dos 16°C.

A partir de terça-feira, a perspectiva é se sol na região.