De inédito carrossel a roda gigante, Natal de Curitiba terá mais de 100 atrações

Árvores de Natal espalhadas pelos principais cartões-postais de Curitiba. Espetáculos com clima de ópera no Centro Histórico, Palácio Avenida, Paço da Liberdade, Parque Tanguá. A volta da Vila de Natal, no coração da cidade, com sua roda gigante toda iluminada. E a grande novidade: um carrossel que irá encantar crianças e adultos em pleno Passeio Público.

A terceira edição do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais começa no dia 22 de novembro e será a maior programação gratuita de fim de ano do país.

Serão mais de 100 atrações da Prefeitura e empresas privadas, entre autos, corais, exposições de presépios e feiras, que ocorrerão até 23 de dezembro.

A capital volta a ganhar uma decoração especial, repleta de luz, cor e muito brilho, que levará a festividade do Centro para os bairros. Não faltarão as tradicionais Estrelas de Belém iluminadas, que indicarão e valorizarão atrações históricas da cidade. A decoração natalina poderá ser vista até 6 de janeiro.

“A programação do Natal de Curitiba – Luz dos Pinhais foi concebida para espalhar o espírito de paz e de união entre as pessoas, transformando nossa cidade também em uma ótima opção turística para desfrutar das festas de fim de ano”, afirma o prefeito Rafael Greca.

Ele acredita que a temporada natalina deverá estimular a economia local em diversos setores, como hotelaria, gastronomia, transporte, prestação de serviços e o comércio em geral.

Dobro de público

Levantamento do Instituto Municipal de Turismo aponta que, em 2018, os espetáculos natalinos da cidade reuniram cerca de 615 mil pessoas, o dobro de público em relação a 2017 (300 mil). Do público que acompanhou os eventos, 92,2 mil eram turistas, em 2018, um crescimento de 54% em relação ao ano anterior, quando a capital recebeu cerca de 60 mil pessoas de outras regiões do país e exterior.

O comércio também cresceu. Em 2018, foram movimentados R$ 60,6 milhões na economia local devido à programação de fim de ano, um crescimento de 14,3% em comparação ao mesmo período de 2017 (R$ 53 milhões).

Inovação

Greca salienta também que, como nas primeiras edições da temporada, Curitiba celebrará o Natal com criatividade e de maneira inovadora, com uma programação descentralizada, contemplando todos os bairros, uma rede de voluntários e apoio financeiro de patrocinadores privados.

“Curitiba já se consolidou no roteiro nacional natalino e mostra que uma cidade inteligente, como é a nossa capital, consegue recriar, através de parcerias público-privada, lindos cenários que retratam o caráter lúdico do nascimento de Jesus Cristo”, completa Greca.

Tatiana Turra, presidente do Instituto Municipal de Turismo, conta que o órgão está promovendo vários editais de chamamento para realização dos eventos da prefeitura, sempre procurando unir qualidade e preço competitivo.

 

Algumas atrações do Natal de Curitiba

Anunciação de Natal no Centro Histórico
Show gratuito de luzes, música e teatro onde a plateia acompanha caminhando pelo cenário do Largo da Ordem. Datas: 27/11, 04/12, 11/12 e 18/12.

Feira Especial de Natal da Praça Osório
A Feira tem produtos natalinos e muitas sugestões de presentes. Datas: de 22/11 a 23/12

Vila de Natal e roda gigante na Praça Santos Andrade
A Vila de Natal Electrolux tem feira especial de artesanato/gastronomia e uma roda gigante iluminada. Todas as atrações serão gratuitas. Datas: de 28/11 a 23/12

Coral Palácio Avenida – Natal do Bradesco 2019
Apresentação de crianças de escolas municipais e de instituições de acolhimento apoiadas pelo Bradesco. Datas: de 6 a 22/12 (sextas, sábados e domingos)

Carrossel e Auto dos Reis no Passeio Público
Primeiro parque de Curitiba, o Passeio Público ganhará decoração especial, patrocinada pela Rede de Supermercados Condor, com árvore de Natal de 11 metros e portais iluminados. Os destaques serão um carrossel e o espetáculo Auto dos Reis. Tudo gratuito. Datas: 24/11 a 23/12

Natal do Paço 2019
A fachada do Paço da Liberdade, primeira sede da Prefeitura e que atualmente abriga a unidade cultural do Sesc, ganha projeção computadorizada. Datas: de 10/12 a 12/12

Ópera de Natal no Parque Tanguá
Espetáculo com clima de ópera cheio de surpresas. O auto terá um elenco com 30 participantes, entre atores, cantores e bailarinos. Datas: 20 e 23/12

 

//Via: Prefeitura de Curitiba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TRAGÉDIA: Grave acidente na BR-277 na noite de domingo(2)

Na noite deste domingo (2) aconteceu um gravíssimo acidente na BR-277 envolvendo vários carros com 30 vitimas ao total, 7 mortos e o restante feridos. INFORMAÇÃO ATUALIZADA LOGO ABAIXO.

Segundo o site Plantão 190, um incêndio na vegetação foi uma das causas da tragédia. Várias lives aconteceram no local, que ficam na divisa de Curitiba e São José dos Pinhais, na altura da ponte do Rio Iguaçu.

INFORMAÇÃO ATUALIZADA

Ao todo o acidente fez 30 vítimas. Dessas 30 vítimas, 7 morreram no local. Duas vítimas foram socorridas em estado grave. Cinco vítimas foram socorridas com lesões sem risco de morte e 16 pessoas sofreram ferimentos leves.

Plantão 190

Tradição de Curitiba, Mercado Municipal faz 62 anos hoje

O Mercado Municipal de Curitiba comemora, neste domingo (2/8), 62 anos de atividades e de referência para curitibanos e turistas quando assunto é hortifrutigranjeiros, cereais, carnes, peixes, especiarias e comidas de todas as partes do mundo. Devido à pandemia do novo coronavírus, o tradicional espaço da Prefeitura não está abrindo aos domingos (Decreto 940), mas de terça a sábado é possível fazer compras no local com todos os cuidados necessários para evitar aglomerações e proteger fregueses e funcionários. 

De acordo com o prefeito Rafael Greca, mesmo sem festa neste ano para celebrar a data, é preciso comemorar o aniversário do Mercado Municipal, devido à excelência dos alimentos e dos serviços oferecidos pelos comerciantes do espaço.

“São décadas de história e de vidas que se entrelaçam, ligando frequentadores, permissionários e trabalhadores que transformaram o Mercado Municipal em um dos principais centros de compra da cidade e referência em todo o país”, afirma Greca.

O prefeito destaca ainda a parceria da Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), responsável pelo local, com a Associação dos Comerciantes Estabelecidos no Mercado Municipal de Curitiba (Ascesme).

“Nestes quatro anos, várias ações foram promovidas, como a remodelação da fachada da Rua General Carneiro, a criação de um calendário de eventos e a melhoria do trânsito na região”, lembra ele.

O presidente da Ascesme, Cleverson Augusto Schilipacke, conta que atualmente são 192 comerciantes permissionários que vendem mais de 72 mil itens. Nas bancas e boxes, é possível adquirir hortifrutigranjeiros, bebidas, queijos e vinhos de diversas procedências, ervas medicinais, temperos e especiarias, iguarias, conservas, pescados, embutidos e carnes exóticas e com cortes especiais.

“O Mercado Municipal reúne cores, sabores, aromas e sons. Permissionários que têm suas tradições e origens nos quatro cantos do mundo, e que muito representam a nossa cultura curitibana e jeitinho de ser”, completa.

Os frequentadores podem conferir ainda pratos de inúmeros restaurantes que são referências gastronômicas da capital. “Além disso, o Mercado Municipal é um espaço pioneiro, pois foi o primeiro do gênero no País a receber um setor de orgânicos”, acrescenta do secretário municipal de segurança alimentar e nutricional, Luiz Gusi.

Pandemia

Com limite de clientes e controle nas entradas, o Mercado Municipal de Curitiba pode receber até 300 pessoas por vez, de terça-feira a sábado, das 8h às 18h.  Se o número limite for alcançado, filas são organizadas na parte externa com marcação no solo – para, assim, respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 metro.

Outra restrição é a quantidade de pessoas trabalhando dentro do espaço. Esse número varia, conforme o tamanho do boxe. Fregueses e funcionários precisam usar máscaras. Álcool em gel é ofertado em vários pontos do espaço e informações de prevenções e cuidados estão afixados em locais visíveis.