De forma gradativa, centros esportivos da Prefeitura retomam aulas presenciais

Com todos os cuidados necessários e seguindo os protocolos definidos pela Secretaria Municipal da Saúde para evitar o contágio de covid-19, todos os Centros Esportivos da Secretaria Municipal do Esporte Lazer e Juventude (Smelj) retomaram as atividades presenciais.

As atividades esportivas do programa de contraturno Escola+Esporte=10 (EE10) são feitas no modelo híbrido, o aluno faz uma aula presencial e a seguinte é on-line. As demais estão sendo feitas presencialmente, de forma gradativa, com número reduzido de alunos.

De forma gradativa, centros esportivos da Prefeitura retomam aulas presenciais. Foto: Divulgação

O retorno começou no dia 12 de julho e foi possível graças ao avanço da vacinação contra a covid-19 em Curitiba, com os reflexos positivos de diminuição dos números de novos casos, queda nas internações em UTIs e menos mortes nas faixas etárias que já se vacinaram. 

Os núcleos regionais da Smelj entraram em contato com alunos avisando do retorno das aulas presenciais. As atividades presenciais precisam ser feitas de máscara, com distanciamento e o uso de álcool em gel. 

Curitiba em Movimento

Neste primeiro momento, o retorno das aulas presenciais foi priorizado para os alunos que já estavam matriculados antes da pandemia, quando as aulas foram suspensas. 

Mas quem tem interesse em praticar atividade física gratuita já pode se cadastrar no portal Curitiba em Movimento ou pelo aplicativo Curitiba App. O portal está no ar desde o dia 12 de julho e utiliza o sistema E-Cidadão, que é o padrão da Prefeitura de Curitiba.

No portal, o cidadão pode escolher a atividade física pela qual tem interesse e, quando abrirem novas vagas, será informado por e-mail. Ainda, quando um aluno matriculado tem duas faltas não justificadas, o sistema automaticamente abre essa vaga para um novo cadastro. 

São 53 opções diferentes para a prática de atividades físicas e esportivas gratuitas nos Centros de Esporte e Lazer da Prefeitura. Ao fazer o cadastro, e ser informada de uma vaga disponível pelo portal, a pessoa deve entrar em contato com a coordenação do centro esportivo escolhido para participar das aulas e agendar um horário para fazer a avaliação física antes de iniciar suas atividades.

De forma gradativa, centros esportivos da Prefeitura retomam aulas presenciais. Foto: Divulgação

“O portal representa a modernização do sistema de matrículas e vagas da Smelj, vai gerar maior transparência e as pessoas vão poder acompanhar mais facilmente quando uma nova vaga estiver disponível para a atividade física desejada”, explicou o secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Emilio Trautwein. 

Mesmo quem ainda não está matriculado em uma aula presencial não tem desculpa para ficar parado. No portal Curitiba em Movimento são disponibilizados vídeos com aulas on-line para as pessoas se exercitarem em casa. 

Na medida que a situação da pandemia em Curitiba for melhorando, novas turmas serão abertas e as pessoas cadastradas no portal serão avisadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura inicia testes com nova tecnologia nos cruzamentos de trem

A Superintendência de Trânsito (Setran) em parceria com a concessionária Rumo e com apoio do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) iniciou nesta segunda-feira (2) os testes do projeto PN (Passagem em Nível) Sensoreada.

A tecnologia é composta por sensores instalados nas proximidades dos cruzamentos rodoferroviários que identificam a aproximação do trem e acionam o semáforo instalado para motoristas no cruzamento com a ferrovia.

Durante visita técnica, técnicos da Setran e da concessionária apresentaram as funcionalidades do sistema em desenvolvimento para segurança de motoristas e pedestres. A iniciativa visa minimizar os riscos de abalroamento e atropelamento envolvendo trens no perímetro urbano da cidade. 

“Além de toda a sinalização que já existe aqui esse novo sensor que aciona o semáforo é mais um auxilio aos motoristas, motociclistas e pedestres. Nosso objetivo com essa nova tecnologia é diminuir o número de acidentes que acontecem nos cruzamentos com as linhas de trem”, disse o diretor de Operações da Superintendência de Trânsito, Pedro Darci da Silva Junior.

Fase de testes

A PN Sensoreada consiste em quatro sensores instalados nas proximidades da ferrovia em uma distância de aproximadamente 400 metros que identificam a aproximação do trem. Por meio de um sistema de inteligência artificial com visão computacional e de monitoramento do local, os sinais são captados pelo equipamento e acionam a sinalização do semáforo, alertando o motorista para a necessidade de parar e alternando novamente para verde após o trem completar a travessia.

Neste mês de agosto, o equipamento ficará em fase de testes supervisionados, ou seja, não ficará ativo 24 horas por dia. Nesta etapa, equipes técnicas vão acompanhar os resultados do equipamento presencialmente para calibragem do sistema.

Implantação de semáforo testes da PN sensoriada no cruzamento da Rua Sebastião Marcos Luiz no Cajuru. Curitiba, 02/08/2021. Foto: Levy Ferreira/SMCS

Após a fase inicial, o equipamento ficará ativo de forma ininterrupta e com acompanhamento remoto. A previsão é que os resultados conclusivos da tecnologia sejam apresentados no primeiro semestre de 2022.

De acordo com o diretor de Tecnologia da Rumo, Roberto Rubio Potzmann, caso os testes sejam positivos, o projeto será repassado para que a as prefeituras avaliem a implementação da tecnologia. 

“Iniciamos testes semelhantes em Jandaia do Sul no primeiro semestre deste ano. O objetivo é avaliar o comportamento do motorista e se há uma mudança na conduta a partir dessa nova proposta de sinalização no cruzamento entre a rodovia e a ferrovia”, afirma Potzmann.

Ações educativas

A “PN Sensoreada” é apenas mais uma de uma série de diversas iniciativas que a Rumo, em parceria com a Setran e o Detran-PR, está desenvolvendo para conscientizar motoristas e pedestres sobre os cuidados com a ferrovia.

“A Setran, sempre em parceria com o Detran-PR e a Rumo vai ficar atenta aqui no cruzamento para avaliar o comportamento do motorista e também a questão de investimentos para validar esse novo sistema de sinalização e prevenção de acidentes”, concluiu Darci.

Recentemente, os cursos de reciclagem nas autoescolas do Paraná e no próprio Detran-PR receberam vídeos produzidos pela concessionária para orientação sobre o funcionamento da ferrovia, boas práticas, sinalização e prevenção de acidentes.

“A parceria entre o Governo do Estado, Rumo e Prefeitura de Curitiba é muito importante para que possamos acabar com os acidentes próximos as linhas férreas. Nós esperamos que os testes sejam positivos para que possamos instalar esse sistema em mais pontos e acabar com este problema, que não é só de Curitiba, mas de muitas cidades do estado”, afirmou o Diretor de Operações do Detran-PR, Adriano Furtado.

Abaixo, um guia de boas práticas em relação aos cuidados com o trânsito ferroviário:

Motoristas:

– Sempre pare o veículo antes de realizar a travessia e certifique-se de que não há trens se aproximando

– Para realizar uma travessia segura, tenha atenção redobrada à sinalização visual (placas de trânsito) e sonora (buzina da locomotiva)

– Conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), atravessar uma passagem em nível sem antes parar é infração gravíssima.

– Fique atento a sinalização de Pare, Olhe e Escute. Essa atitude salva vidas.

Pedestres:

– Sempre mantenha distância segura dos trens, parados ou em movimento.

– Nunca caminhe sobre os trilhos é uma prática imprudente e com risco de morte. Somente pessoas autorizadas podem circular em áreas operacionais da ferrovia.

– Nunca pegue carona nos trens e não pratique surfe ferroviário. São atividades ilegais que colocam a vida em risco.

Greca anuncia investimentos e projetos para a retomada econômica de Curitiba

Na reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (2), o prefeito Rafael Greca anunciou projetos voltados ao fortalecimento econômico de Curitiba, com investimentos em capacitação profissional e a geração de empregos por intervenções de estruturação urbana, para consolidar a recuperação da cidade no pós-pandemia. A sessão foi realizada de forma híbrida, com parte dos vereadores presentes ao plenário e outra por videoconferência.

“Temos um grande programa de obras em curso que deverá gerar 113 mil empregos na cidade. Vamos criar também uma escola curitibana de Turismo para equipar o mercado de trabalho do setor, usando os espaços da Prefeitura e a antiga Casa Culpi”, disse Greca. 

Na reabertura dos trabalhos da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (2/8), o prefeito Rafael Greca anunciou projetos voltados ao fortalecimento econômico de Curitiba. Curitiba, 02/08/2021. Foto: Hully Paiva/SMCS

Outro destaque citado pelo prefeito foi o avanço da Prefeitura no planejamento e em colocar em andamento um grande programa de projetos e obras estruturantes, que deverá ancorar a retomada econômica da cidade nos próximos anos.

“Em um ano marcado pela resistência à pandemia, conseguimos fazer nossa carteira de obras chegar a R$ 2,6 bilhões em projetos em andamento e futuros. As obras do Bairro Novo do Caximba e da Pirâmide Solar e também de evolução do transporte nos eixos Leste-Sul, Leste-Oeste e o Inter 2 vão dinamizar ainda mais a economia da cidade”, reforçou o prefeito.

Na sessão que marcou o retorno ao trabalho do Legislativo estiveram também o vice-prefeito Eduardo Pimentel, o presidente da Câmara Municipal, Tico Kuzma, a primeira-secretária, vereadora Flávia Francischini, e a segunda-secretária, vereadora Professora Josete, o primeiro vice-presidente da Câmara, vereador Alexandre Leprevost, e o terceiro-secretário, vereador Professor Euler.

Greca desejou êxito aos parlamentares nesse novo período legislativo e destacou a manutenção dos cuidados com a pandemia. “2021 é um ano de desafios em que ainda a pandemia nos aflige, embora estejamos em tempos de remissão. Devemos seguir os cuidados com a ciência da epidemiologia e com a Saúde Pública e pautarmos a nossa ação pelo respeito à vida”, frisou.

O prefeito lembrou que Câmara Municipal foi a origem na sua trajetória na vida pública e destacou a relevância da atuação parlamentar e do Executivo para o benefício da cidade e dos seus habitantes. “Minha alegria nesta manhã também diz respeito ao fato de eu estar no meu berço político. Aqui fui feito vereador pela primeira vez que tive um mandato eletivo. Aqui me sinto entre meus pares. Aqui vejo como fundamental a função do vereador na construção da cidade.”

Para o presidente da Câmara, Tico Kuzma, a pandemia trouxe um grande desafio que precisa ser contornado e superado. O vereador citou a aprovação do Plano de Recuperação Econômica e disse que outros importantes projetos de lei foram aprovados para amenizar o impacto da pandemia na saúde da população curitibana. “Alguns projetos foram apreciados e votados em tempo recorde, como para a renovação de contratos de PSS para a enfermeiros. Também para a prevenção e controle da pandemia, aprovamos a cobrança de multas para quem furar a fila da vacinação e a proprietários de imóveis que promoverem festas clandestinas.”

De acordo com Kuzma, a Câmara está preocupada com o momento econômico e tem desde 2017 contribuído com racionalização de recursos e a parceria com o município. “Em 2019, a Câmara Municipal de Curitiba economizou R$ 22 milhões e, ao final de 2020, devolvemos R$ 30 milhões à prefeitura”, disse o presidente da Câmara.

Na opinião do líder do governo na Câmara, vereador Pier Petruzziello, o bom andamento da gestão pública durante a pandemia se deve, em grande parte, à iniciativa do prefeito Rafael Greca. “O prefeito teve a coragem de tomar decisões. Não se omitiu em nenhum momento e fez o necessário para preservar a vida e apoiar a economia de Curitiba. Não posso deixar de registrar os esforços da equipe da Saúde Municipal na organização do plano de vacinação que é exemplo para o país”, ressaltou o vereador.

Entregas

Rafael Greca também enumerou importantes obras entregues pela Prefeitura, entre elas as duas novas estações-tubo da Fagundes Varella, na Linha Verde, que permitiram a entrada em funcionamento do novo Ligeirão Fagundes Varela-Terminal Pinheirinho e terminal do Pinheirinho-Jardim Social.

“Estamos fazendo com que a Linha Verde sirva, efetivamente, para seu mais importante fim, que é o de interligar e melhorar o ir-e-vir das pessoas, permitindo novas linhas de ônibus e dando mais fluidez aos deslocamentos dos veículos de passeio e de carga”, disse Greca.

Entre outras entregas feitas pelo município, Greca citou o novo Terminal Tatuquara, construído do zero, ao lado da Rua da Cidadania e da UPA; a Trincheira da Mário Tourinho, no cruzamento com a Avenida Nossa Senhora da Luz; o programa de pavimentação asfáltica completou neste primeiro semestre 1.034 ruas, incluindo ruas de saibro, o Memorial Paranista, no Parque São Lourenço, a pista de skate na Wenceslau Braz e a da BMX no Parque Peladeiros.

Acolhimento e vacina

No que diz respeito aos serviços de atenção a quem mais precisa, Greca citou o trabalho da Fundação de Ação Social (FAS), principalmente no rigor deste inverno.

“Até agora não perdemos ninguém para o frio. É com orgulho que destaco o trabalho da FAS. Recomendo aos vereadores, sobretudo os de oposição, que leiam a Revista Piauí, que transformou em crônica uma noite de trabalho da FAS no cuidado para que as pessoas não morram de hipotermia”, observou.

Com o frio intenso a Prefeitura reforçou as estruturas de acolhimento da população mais vulnerável, bem como as abordagens às pessoal em situação de rua. Desde o começo do ano, as equipes da FAS fizeram 111.782 abordagens e 20.204 acolhimentos de população de rua.

Greca ressaltou o empenho da cidade na rotina de vacinação. Curitiba já vacinou 1.022.860 habitantes com primeira dose ou dose única. Outras 388.443 pessoas já receberam a segunda dose. “Uma vez que tenhamos imunizantes, podemos vacinar 30 mil pessoas todos os dias. Se o governo federal, em conjunto com o governo estadual, tiver agilidade na entrega dos imunizantes poderemos vacinar 30 mil pessoas por dia. Não temos medo de trabalhar”, disse o prefeito.

O prefeito finalizou a sua fala agradecendo a parceria com o Legislativo para o benefício da cidade e dos cidadãos.  Acompanharam o prefeito na Câmara Municipal o secretário do Governo e presidente do Ippuc, Luiz Fernando Jamur; a secretária da Comunicação, Cinthia Genguini; a procuradora-geral do Município, Vanessa Volpi; o secretário de Finanças, Vitor Puppi; o comandante da Guarda Municipal, Carlos Celso dos Santos Junior; o chefe de gabinete da Prefeitura Cristiano Hotz e o diretor técnico Legislativo da Prefeitura, Rodrigo Ajuz.