Curitibano não tem sotaque


CURITIBANO NÃO TEM SOTAQUE

Pois é, todo mundo já sabe que os Curitibanos são os únicos do Brasil que não possuem qualquer tipo de sotaque. Só falamos o português pronunciado corretamente.
Curitibano não tem sotaque

E acabei achando um vídeo aqui provando que os Curitibanos falam mesmo corretamente, pausadamente e com as palavras bem pronunciadas.

Note que o apresentador fica falando várias vezes no começo a palavra ‘sotaque’ para induzir o entrevistado, huahuahahuhaaha, mas o senhor prova que o Curitibano fala mesmo o português mais claro e mais bem pronunciado do Brasil. Aeaeaeeeeeeee!

E vocês, o que acham? Deixem suas opiniões aqui nos comentários!

0 Comments

  1. É verdade. Não é uma questão de se achar mais que os outros. Simplesmente não temos sotaque. Dizem que nosso sotaque é "leitE quentE". Ou seja, o resto do Brasil pronuncia "leiti quenti", o que é errado. Então nosso sotaque é nada mais do que simplesmente falar corretamente 😀

    1. curitibano se orgulha de falar certo… realmente fala com mais precisão que a média do país… mas casos como esse do "adevogado" são notórios e flagrantes… e quem fica com esse papinho de "não tenho sotaque" é um legítimo espécime de curitiboca…

    2. Eu não falo adEvogado e conheço poucos que falam. E esse "rrr" é mais típico de gaúchos que eu saiba. E não acho mérito nenhum não ter sotaque, afinal, quando você cresce escutando um sotaque é óbvio que vai falar com ele, sem escolha.
      Só constatei o fato de que o curitibano não tem mesmo e que esse é o jeito mais correto de se falar. Não é uma questão de "falamos melhor", só falamos mais corretamente. Abs.

    3. Roberto Tobias Zikert Dalchau o certo é ad-vogado… o ruim é que o cara tem que ter noções de latim pra falar esse "ad" certo… kkkkkkkkkkkkkkkkk

    4. esse "ade" vem devido ao que o próprio vídeo diz, falamos mais pausadamente…. e querendo ou não, se diz o E do "D" se pronunciar o D

    5. Roberto Tobias Zikert Dalchau verdade, vendo por esse lado, acho que então eu tenho sotaque, pois o mais correto seria "adEvogado" mas falo "adIvogado". Claro que sem ênfase no I

    6. Sobre "adevogado", não concordo, pois se ouvir bem, pronunciamos bem cada letra, ou seja a letra d como deve ser pronunciada, e não "adivogado" simples a letra d muda na frase, e o "érre" é de forma correta também oO

    7. Curitibano diz LeitE QuentE, mas incorretamente do que dizes Nathan Souza, não existe a nesses idade de dar tamanho enfase ao 'E' como o povo curitibano dá, o 'E' deve ser pronunciado, mas quase mudo, sem deixar rasto…mais um LEITe QUENTe.

      Não existem duas silabas tônicas nas palavras, e sim apenas uma.

      I, no leite…e o 1º 'E' do Quente

  2. E digo mais: o sotaque em cada região brasileira é peculiar, visto que somos um pais formado por vários povos com linguagens diferentes … ou seja em qualquer cidade que vc visite há um sotaque diferente

  3. Leite quente doi o dente da frente da gente

    Não concordo, sou de curitiba e moro em Portugal há 10 anos, e acho que curitibano tem sotaque sim, e bastante acentuado, e não concordo principalmente com dizerem que só falam o português pronunciado corretamente, pois não é verdade.
    Tudo bem que verbalizam melhor do que o resto do país, mas mesmo assim não é motivo para dizerem que não tem sotaque e falam tudo correctamente.

    Todos temos sotaques, e todos falhamos…

    1. Curitibano diz LeitE QuentE, não existe a nessesidade de dar tamanho enfase ao 'E' como o povo curitibano dá, o 'E' deve ser pronunciado, mas quase mudo, sem deixar rasto…mais um LEITe QUENTe.

      Não existem duas silabas tônicas nas palavras, e sim apenas uma.

      I, no leite…e o 1º 'E' do Quente,

      Mas tal como todo sotaque, também vem com um dialecto, cujo nao deve ser motivo nem para vergonha nem para orgulho 🙂 trata-se do que somos apenas.

      Agora vamos todos curtir o lek lek lek!!!

    2. Curitibano diz LeitE QuentE, não existe a nessesidade de dar tamanho enfase ao 'E' como o povo curitibano dá, o 'E' deve ser pronunciado, mas quase mudo, sem deixar rasto…mais um LEITe QUENTe.

      Não existem duas silabas tônicas nas palavras, e sim apenas uma.

      I, no leite…e o 1º 'E' do Quente,

      Mas tal como todo sotaque, também vem com um dialecto, cujo nao deve ser motivo nem para vergonha nem para orgulho 🙂 trata-se do que somos apenas.

      Agora vamos todos curtir o lek lek lek!!!

  4. Eu sou gaúcho, nasci em Itaqui, na fronteira com a Argentina, e não falo "leiti quenti" como tu mencionou. E em toda a nossa região, de fronteira, Missões tbm, falamos assim: "leite quente", com exceção de poucas pessoas. Um abraço

  5. "Havia muito CONTACCTO" 😀

    Curitibano tem sotaque, vc que duvida que não tem, eu tenho um teste simples que eu mesmo desenvolvi:

    Diga todos os dias da semana de segunda à domingo, se vc falou SEXTA fonetizando o X como S vc tem sotaque e ponto final, pois o certo é SEXTA e não "SESTA".

  6. claro que tem sotaque, eu sou de Ctba e vivo hoje no MS, faz 2 anos, e todos com quem converso a primeira vez já pergunta, você é do paraná?

  7. e a conjugação verbal corretíssima… nós limo o livro.
    nós voltemo na panificadora…
    e a vina, palavra que nem existe.. kkkkkkkk

  8. e o tal do correndinho, andandinho, chovendinho…. kkkkkkkkkkkk
    gerundio no diminutivo… outro erro gramatical .. tirando que o r pronunciado igual o chico bento.. não é sotaque? kkkkkk

  9. Isso é dolangue. kkkkkk todo mundo tem sotaque sim…
    a começar pelo r pronunciado igual do chico bento… não é sotaque?
    e o correndinho, andandinho, chovendinho… não existe diminutivo do gerúndio…
    sem falar nos erros gramaticais que já ouvi.. tipo: nós "limo" o livro…
    ontem nós voltemo na casa do joão…. kkkkkk
    vina é uma palavra que só existe em curitiba!
    amo curitiba, mas esse vídeo é balela pura. kkkkkkkk

  10. as afirmações dele até poderiam ter alguma fundamentação se os curitibanos como qualquer pessoa de outra cidade, estado, região etc…,não criasse seus próprios substantivos rsrs e palavras regioais tipo. " piá?, vina, mimosa, te apura, de fé..rs, capaz! " então não vejo como rotular e dizer que curitibano fala correto…rs, aliás curitibano tem sotaque sim!