Curitibano é destaque na nova temporada do Masterchef

A nova temporada de Masterchef, um dos principais programas de gastronomia do país, conta com um curitibano para chamar de seu. Eduardo Richard, de 31 anos, foi um dos 19 selecionados dentre os 44 concorrentes que disputaram um dos aventais na fase televisionada do programa. Antes disso, disputou com mais de 30 mil pessoas que enviaram vídeos e passaram por seletivas para ingressar no reality show. Advogado por formação, se afastou do escritório em que trabalhava há 11 anos para participar do Masterchef. “Não sou desiludido com o Direito, mas gosto de cozinhar”, resume. A ousadia deu certo, e Eduardo já está se destacando nas primeiras exibições do Masterchef 2019.

O amor à cozinha veio das influências de seu pai. “Ele sempre cozinhou muito em casa, assistia programas de televisão e comprava livros de culinária. E eu estava sempre ajudando ele, mexendo a panela e cortando as coisas”, diz. Por coincidência, a prova técnica que lhe credenciou a disputar o avental foi justamente fazer o mise en place de diferentes tipos de legumes, exigindo agilidade e conhecimento. Depois, Eduardo R – como diz o seu avental no Masterchef – conquistou os jurados Paola Carosella, Érick Jacquin e Henrique Fogaça com um tempurá de camarão.

De acordo com ele, o Masterchef apareceu em um ótimo momento profissional. “Tenho vontade de ter um negócio relacionado com a comida. O programa me traz visibilidade e a possibilidade de ganhar um prêmio em dinheiro, o que pode facilitar um empreendimento na área de gastronomia, uma das coisas que mais gosto na vida”, diz.

O Masterchef permite um reencontro em sua vida

Ao ter a cozinha como um hobby desde sempre, participar de um reality show de culinária passou a fazer parte do imaginário de Eduardo quando as pessoas mais próximas, como a esposa e amigos, passaram a elogiar as suas receitas e sugerir que participasse do programa em jantares e eventos realizados em sua casa. “Minha esposa me incentivou a me inscrever. Tentei no ano passado, mas mandei o vídeo na última semana. Neste ano, fiz com um pouco mais de antecedência”, relata.

Embora o próprio site do programa o descreva como tendo o porto forte na culinária asiática, o concorrente diz gostar de preparar também massas frescas, além de buscar referências de outros países. “Gosto de comidas mais despretensiosas, mas que tenham alguma sofisticação. Por isso, estudo técnicas, receitas e influências de outros países”, relata. Sem nunca ter feito qualquer tipo de curso profissional, o advogado conta que o Masterchef é um reencontro com uma profissão que já havia imaginado na época do vestibular. “Pensei em trabalhar com gastronomia, mas, na época, não havia esse curso superior em Curitiba. Como queria um diploma, optei pelo Direito e fui ser advogado”, completa.

Para acompanhar a nova fase do curitibano Eduardo Richard, sai o perfil do curitibano no Instagram (@du_mr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de Curitiba e CIEE oferecem 575 vagas em cursos gratuitos; veja como se inscrever

A Prefeitura de Curitiba está oferecendo neste mês 575 vagas em dez diferentes cursos de desenvolvimento comportamental. Os cursos são gratuitos e ofertados pela Fundação de Ação Social, em parceria com o Centro Integrado Empresa-Escola (CIEE-PR). A programação teve início na última quarta-feira (1/12) e vai até o dia 16.

Divididos em 23 turmas, os cursos têm duração de quatro horas e serão realizados em oito regionais da cidade, nas unidades dos Liceus de Ofícios, nas Ruas da Cidadania, nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e em unidade de acolhimento para pessoas em situação de rua.

As inscrições devem ser feitas pelo Portal Aprendere da Prefeitura, no link https://aprendere.curitiba.pr.gov.br/

Mais informações podem ser obtidas na Central Liceu de Ofícios, nos telefones 3250-7442 e 3250-742, ou no CIEE, pelo telefone (41) 3313-4300.

Programação de cursos

Segunda -feira (6/12) 
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 13h, na Rua da Cidadania Boa Vista.
Marketing pessoal – a arte de se relacionar bem / 13h, na Unidade de Acolhimento Institucional Boqueirão (pessoa em situação de rua).

Terça-feira (7/12)
Atitudes comportamentais – empregabilidade / 8h, no Liceu de Ofícios Pinheirinho.
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru.

Quarta-feira (8/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 8h, no Liceu de Ofícios CAIC Cândido Portinari, na CIC

Quinta-feira (9/12)
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 8h, no Cras Alto Boqueirão
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo, 13h, na Rua da Cidadania Fazendinha
Projeto de vida pessoal e profissional / 13h, Cras Iguape, no Boqueirão

Segunda-feira (13/12)
Auxiliar administrativo – administração – gestão de documentos / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita, no Tatuquara

Terça-feira (14/12)
Auxiliar administrativo – financeiro – contábil / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita
Auxiliar administrativo – administração – gestão de documentos / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, no Liceu de Ofícios Pinheirinho
Qualidade no atendimento ao público: presencial e telefônico / 13h, na Rua da Cidadania Boa Vista

Quarta-feira (15/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em recursos humanos / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita

Quinta-feira (16/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, na Rua da Cidadania Bairro Novo
Inteligências múltiplas no sucesso pessoal e profissional / 8h, na UAI Boqueirão
Qualidade no atendimento ao público: presencial e telefônico / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru

Viajantes para o exterior podem antecipar esquema vacinal em Curitiba

Moradores de Curitiba com viagem marcada para o exterior que ainda não completaram o esquema vacinal contra covid-19 podem antecipar a segunda dose ou a dose de reforço, desde que cumpridos os critérios definidos pelo Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já estava antecipando o esquema vacinal para viagens com fins profissionais ou de estudos, mas agora a antecipação também passa a valer para viagens turísticas.

Com a aproximação das férias e a conclusão de convocação de todos os públicos definidos para receber a primeira dose, a SMS adota essa estratégia para reforçar a imunização, principalmente para aqueles que vão para regiões de menor cobertura vacinal.

“Diante do cenário das variantes que circulam pelo mundo, é importante que os viajantes estejam imunizados para que elas não se espalhem pelo Brasil e para que a população não adoeça”, explica o diretor do Centro de Epidemiologia, Alcides Oliveira.

O viajante deverá comprovar a ida a outro país com a apresentação de passagem em seu nome. A comprovação deverá ser feita diretamente no ponto de vacinação.

Segunda dose

Os vacinados apenas com a primeira dose poderão antecipar a segunda a partir de 21 dias da primeira aplicação para o imunizante da Pfizer e 28 dias para o da AstraZeneca.

Coronavac

As pessoas que receberam as duas doses da Coronavac e irão viajar para países que não reconhecem a eficiência deste imunizante poderão receber uma dose de outra farmacêutica que seja aceita pelo país de destino. Neste caso, deverão ser observadas as normas já estabelecidas para a intercambialidade de vacinas. O intervalo mínimo entre a segunda dose e o reforço de outro imunizante deverá ser de 28 dias.

Além da comprovação da viagem, também deverá ser apresentada a comprovação de que o país de destino não reconhece a Coronavac.

Janssen

Para o imunizante da Janssen, a recomendação do Ministério da Saúde é de que a segunda dose/reforço seja da mesma marca.

Em caso de necessidade de viagem e falta da vacina em estoque, a SMS seguirá a regra da intercambialidade da vacina e fará o reforço com imunizante da Pfizer.

O que fazer para antecipar a vacina

O viajante que se enquadra no intervalo indicado entre 21 e 28 dias a depender do imunizante, deverá procurar um dos pontos de vacinação da cidade das 8h às 17h. Os endereços estão no ImunizaJáCuritiba.

É preciso apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de endereço e documentação que comprove a viagem (passagem aérea).

Viagem carro

Aqueles que pretendem viajar para outro país de carro deverão apresentar, além dos documentos exigidos para a vacinação, o comprovante de reserva de hospedagem e um termo autodeclarado de responsabilidade legal pela veracidade das informações apresentadas. O termo está disponível no site da SMS.