Curitibano é destaque na nova temporada do Masterchef

A nova temporada de Masterchef, um dos principais programas de gastronomia do país, conta com um curitibano para chamar de seu. Eduardo Richard, de 31 anos, foi um dos 19 selecionados dentre os 44 concorrentes que disputaram um dos aventais na fase televisionada do programa. Antes disso, disputou com mais de 30 mil pessoas que enviaram vídeos e passaram por seletivas para ingressar no reality show. Advogado por formação, se afastou do escritório em que trabalhava há 11 anos para participar do Masterchef. “Não sou desiludido com o Direito, mas gosto de cozinhar”, resume. A ousadia deu certo, e Eduardo já está se destacando nas primeiras exibições do Masterchef 2019.

O amor à cozinha veio das influências de seu pai. “Ele sempre cozinhou muito em casa, assistia programas de televisão e comprava livros de culinária. E eu estava sempre ajudando ele, mexendo a panela e cortando as coisas”, diz. Por coincidência, a prova técnica que lhe credenciou a disputar o avental foi justamente fazer o mise en place de diferentes tipos de legumes, exigindo agilidade e conhecimento. Depois, Eduardo R – como diz o seu avental no Masterchef – conquistou os jurados Paola Carosella, Érick Jacquin e Henrique Fogaça com um tempurá de camarão.

De acordo com ele, o Masterchef apareceu em um ótimo momento profissional. “Tenho vontade de ter um negócio relacionado com a comida. O programa me traz visibilidade e a possibilidade de ganhar um prêmio em dinheiro, o que pode facilitar um empreendimento na área de gastronomia, uma das coisas que mais gosto na vida”, diz.

O Masterchef permite um reencontro em sua vida

Ao ter a cozinha como um hobby desde sempre, participar de um reality show de culinária passou a fazer parte do imaginário de Eduardo quando as pessoas mais próximas, como a esposa e amigos, passaram a elogiar as suas receitas e sugerir que participasse do programa em jantares e eventos realizados em sua casa. “Minha esposa me incentivou a me inscrever. Tentei no ano passado, mas mandei o vídeo na última semana. Neste ano, fiz com um pouco mais de antecedência”, relata.

Embora o próprio site do programa o descreva como tendo o porto forte na culinária asiática, o concorrente diz gostar de preparar também massas frescas, além de buscar referências de outros países. “Gosto de comidas mais despretensiosas, mas que tenham alguma sofisticação. Por isso, estudo técnicas, receitas e influências de outros países”, relata. Sem nunca ter feito qualquer tipo de curso profissional, o advogado conta que o Masterchef é um reencontro com uma profissão que já havia imaginado na época do vestibular. “Pensei em trabalhar com gastronomia, mas, na época, não havia esse curso superior em Curitiba. Como queria um diploma, optei pelo Direito e fui ser advogado”, completa.

Para acompanhar a nova fase do curitibano Eduardo Richard, sai o perfil do curitibano no Instagram (@du_mr).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba celebra 330 anos com extensa programação. Programe-se e festeje com a capital

Curitiba celebra 330 anos com extensa programação. Programe-se e festeje com a capital

A comemoração dos 330 anos de Curitiba será marcada pelo resgate histórico da cidade e também por eventos, inaugurações e início de obras que mostram o olhar da capital para o cuidado com as pessoas, a sustentabilidade e a inovação.

O aniversário é só no dia 29 de março, mas uma extensa programação – que começou em janeiro e fevereiro com a volta dos carrosséis e da roda-gigante do Natal – continua em março e entra em abril, por conta da grande quantidade de entregas e eventos especiais.

O espetáculo Auto da Fundação de Curitiba abre a programação nesta quarta-feira (1/3). E a agenda ganha força com a entrega de um CMEI no Ganchino e da Pirâmide Solar do Caximba. Está previsto, ainda, o início da construção da Rua da Cidadania CIC, além do lançamento da pedra fundamental da Fazenda Urbana da CIC e do Restaurante Popular do Tatuquara.

“Nossa Curitiba chega aos 330 anos. Eu estou especialmente feliz por ter a honra de ser o prefeito em dois momentos marcantes da história da capital: os 300 anos e agora os 330. Temos muito o que comemorar, pois a cidade está cada vez mais comprometida com iniciativas de desenvolvimento urbano sustentável”, afirma o prefeito Rafael Greca.

Aniversário com educação e cultura

A história de Curitiba, desde a criação da Vila de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, em 1693, é o tema do espetáculo Auto da Fundação de Curitiba, que abre nesta quarta-feira (1/3) a programação de março. Uma versão ampliada vai ser apresentada também no Memorial de Curitiba, Passeio Público, Câmara Municipal de Curitiba e Teatro da Vila.

Ainda na área cultural, Curitiba ganha de presente nos seus 330 anos a reabertura do Teatro do Paiol, no primeiro fim de semana de março. Neste sábado (4/5) e domingo (5/3) sobem ao palco Alaíde Costa, Eliana Pittmann e Rosa Marya Colin, que se unem no show Pérolas Negras.

Durante todo o mês estão previstas muitas outras atividades culturais como exposições, concertos e outras atrações.

800 km de asfalto e 1 milhão de refeições gratuitas servidas

A programação de aniversário é um presente para os moradores da cidade, já que traz serviços, entregas e lançamentos de obras, eventos, promoções, prêmios e a conquista de marcas históricas para a cidade. “Curitiba chega aos 330 anos inaugurando e colecionando conquistas que beneficiam os curitibanos e todos aqueles que escolheram a capital paranaense para viver”, reforça Greca.

Lançado em 2017, o programa de recuperação da malha viária de Curitiba vai chegar a 800 km de asfalto novo. São mais de 1.389 ruas beneficiadas com intervenções concluídas ou em andamento, sendo que algumas ruas receberam mais de uma intervenção em diferentes trechos.

O programa Mesa Solidária vai comemorar 1 milhão de refeições servidas. A iniciativa do município, em parceria com mais de 70 entidades, tem garantido dignidade à mesa para desempregados, idosos carentes e pessoas que vivem em situação de rua.

Entrega da Pirâmide Solar do Caximba

Quando o assunto é meio ambiente, a capital paranaense chega à marca de 330 mil árvores plantadas na continuidade do desafio das 100 Mil Árvores.

Além disso, uma entrega vai reforçar a vocação de cidade sustentável de Curitiba e está programada para o dia 29 de março. É a da Pirâmide Solar do Caximba, que faz parte do Curitiba Mais Energia, uma das estratégias da cidade para combater e mitigar as mudanças climáticas, por meio da produção de energia renovável, o que também resultará em economia aos cofres públicos.

A Pirâmide Solar do Caximba será a primeira do mundo a produzir energia limpa em um antigo aterrro sanitário.

Os cerca de 8,6 mil painéis serão responsáveis pela captação da radiação solar. A usina do Caximba terá potência instalada de 4,55 MWp de geração e ajudará a economizar 30% da energia consumida pelo município.

Nova creche, Rua da Cidadania, Fazenda Urbana, Restaurante Popular e biblioteca

Na lista das obras que serão entregues durante as celebrações dos 330 anos da capital está também o CMEI Maestrina Esmeralda Rovani, no Ganchino, que quando for aberto terá capacidade para atender 150 crianças, em período integral.

Está previsto, ainda, o início da construção da Rua da Cidadania CIC, que vai ser instalada na Vila Nossa Senhora da Luz, o conjunto habitacional mais antigo de Curitiba.

Para março também está programada a instalação da pedra fundamental da Fazenda Urbana da CIC e também a do Restaurante Popular do Tatuquara. Vai ter, ainda, a inauguração da Biblioteca Darcy Ribeiro, no Centro, aberta a todo público, integrada à Gerência de Faróis e Bibliotecas de Curitiba.

Cidade inovadora e centro dos debates internacionais

Pelo quarto ano consecutivo, Curitiba se torna o centro dos debates internacionais sobre soluções inovadoras para as cidades inteligentes.

O Smart City Expo Curitiba será realizado de 22 a 24 de março, reunindo especialistas em smartcities, representantes governamentais, empresas e startups, profissionais e interessados no tema do mundo todo. Este ano, o evento tem como tema “Cidades que conectam pessoas e tecnologias”, com estimativa de receber 15 mil pessoas.

Mas o tema inovação já entra na programação de aniversário antes disso. O primeiro Paiol Digital de 2023, além de retornar à sua casa original, o Teatro Paiol, vai ser especial em celebração ao Dia Internacional da Mulher, no dia 8 de março.

Logo depois, nos dias 10 e 11, vai ser realizada a Feira de Inovação no Calçadão da XV. Produtos, processos e serviços inovadores criados por startups, empreendedores e representantes do ecossistema criativo do Vale do Pinhão em Curitiba e Região Metropolitana são apresentados no Calçadão da XV.

Linha Turismo mais barata; Nota Curitibana com prêmio maior

Para quem ainda não teve a oportunidade de circular por Curitiba com a Linha Turismo, o preço do bilhete será reduzido de R$ 50 para R$ 30 entre os dias 29 de março e 9 de abril, domingo de Páscoa. E que tal engordar a conta bancária? O Nota Curitibana terá um sorteio especial de R$ 330 mil para o aniversário de Curitiba.

Uma série de atividades esportivas e recreativas está prevista para os 330 anos de Curitiba. Haverá aulões de ginástica em todas as regionais, atividades de lazer nos fins de semana nas ruas e em parques, provas de corrida e ciclismo e os Jogos do Piá.

Março terá também o Ônibus Lilás na Praça Rui Barbosa em uma ação de conscientização e orientação sobre o direito das mulheres e o enfrentamento à violência; ações descentralizadas dos serviços da Casa da Mulher Brasileira; mutirão de emprego para mulheres; mutirão social para pessoas em situação de rua; e evento Amigo Bicho especial de aniversário para adoção de animais resgatados.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Fórum de Mobilidade discute integração e eletromobilidade a partir desta quarta-feira

Fórum de Mobilidade discute integração e eletromobilidade a partir desta quarta-feira

Integração metropolitana, eletromobilidade, marco regulatório e financiamentos na área de mobilidade serão os principais temas do 8º Fórum Paranaense de Mobilidade Urbana, que começa nesta quarta-feira (1/3), às 9h, no Salão de Atos do Parque Barigui. O evento vai até quinta-feira (2/3) com a participação de especialistas nacionais e internacionais e representantes do governo federal, de estados e municípios, além de bancos e agências de financiamento.

O evento promovido pela Urbanização de Curitiba (Urbs) e Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP) deve reunir cerca de 100 pessoas.

Na manhã do primeiro dia do Fórum, os debates se concentrarão em integração metropolitana, com referências de modelos e experiências bem-sucedidos em arranjos metropolitanos e governança.

“O Fórum discutirá o futuro do transporte nas cidades, com a integração metropolitana e seus desafios, o uso de combustíveis renováveis e também as formas de financiamento do setor. É uma oportunidade para que experiências sejam compartilhadas e sejam debatidos temas importantes para a mobilidade urbana”, diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs.

O Fórum será uma espécie de preparação para as discussões sobre mobilidade no âmbito do Tomorrow.Mobility, maior evento de mobilidade urbana do mundo, que vai compor a programação do Smart City Expo Curitiba, de 22 a 24 de março, no Centro de Eventos Positivo, no Parque Barigui.

Na manhã do primeiro dia do Fórum, os debates se concentrarão em integração metropolitana, com referências de modelos e experiências bem-sucedidos em arranjos metropolitanos e governança.

No período da tarde, eletromobilidade no Brasil e combustíveis renováveis, o novo marco de mobilidade e gestão de dados e tecnologias vão dominar as discussões nos painéis.

No segundo dia, os temas centrais serão financiamento da mobilidade urbana, auxílio para gratuidade dos idosos e o papel do investimento privado nos projetos de mobilidade.

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com