Curitiba vai receber um dos maiores espetáculos artísticos do Planeta

Sucesso de crítica e público em todo planeta, o grupo argentino Fuerza Bruta vai desembarcar em Curitiba entre os dias 21 de outubro e 27 de outubro. A companhia, que já se apresentou em mais de 40 países, com mais de 6 milhões de espectadores, trará seu espetáculo para um dos palcos e pontos turísticos mais famosos da capital paranaense: a Pedreira Paulo Leminski, que vai receber uma infraestrutura inédita.

Com produção da Planeta Brasil Entretenimento, a passagem do Fuerza Bruta por Curitiba promete emocionar por meio de uma experiência de teatro dinâmica e imersiva, que propõe o uso de diversas demonstrações artísticas e interações para sensibilizar o público presente, que acompanha tudo de dentro do espetáculo. Na apresentação na capital paranaense, os artistas e espectadores vão dividir o palco da Pedreira Paulo Leminski.

Na Argentina e pelas centenas de cidades do mundo que passou desde sua criação, no ano de 2003, o grupo é conhecido por transmitir experiências inovadoras e que mexem com todos os sentidos humanos. Apresentado em 360 graus, o Fuerza Bruta contém a união perfeita entre música, cenografia, dança e efeitos especiais e muita espontaneidade. Nas apresentações, tudo evoca rapidez e uma euforia excitante em meio a uma estética contemporânea que envolve os artistas.

A temporada curitibana do Fuerza Bruta será realizada entre os dias 21 e 27 de outubro, na Pedreira Paulo Leminski. Os ingressos custam a partir de R$ 140 e estão disponíveis no site www.aloingressos.com.br/fuerzabruta. Mais informações nas redes sociais oficiais da Planeta Brasil Entretenimento ou no site www.fuerzabrutaglobal.com.

 

USE O CUPOM: FUERZABUSAO e ganhe desconto! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

McDonald’s inaugura nova unidade no bairro Pinheirinho em Curitiba

No dia 20 de janeiro, foi inaugurado em Curitiba mais um restaurante do McDonald’s – o 29º da capital paranaense e o 32º considerando Região Metropolitana de Curitiba (RCM).

A unidade fica instalada na Linha Verde, uma das mais importantes vias da cidade, sentido Sul, nº 17.518, no Pinheirinho, área que ainda não contava com a presença de um restaurante da marca. Assim, a previsão é que o espaço também seja a opção de outros bairros próximos como CIC, Sitio Cercado, Umbará, entre demais localidades. 

McDonald’s inaugura unidade no Pinheirinho
Divulgação

A nova unidade, que é Drive-Thru, possui 36 vagas de estacionamento e 102 lugares (sendo 86 no salão interno e 16 externas). O estabelecimento possui 280m² e irá gerar mais de 40 empregos diretos com a inauguração.

Para receber os clientes, o restaurante conta com o programa McProtegidos, iniciativa aplicada pelo McDonald’s por todo o Brasil. A ação tem o objetivo de conscientizar sobre a importância de respeitar o distanciamento social e destaca as medidas de higiene que foram reforçadas pela companhia visando um ambiente ainda mais seguro no período da pandemia.

A unidade conta com placas de acrílico nos balcões e Drive-Thru, dispensers de álcool em gel pelo salão, distanciamento nas mesas, adesivos de orientação nas filas, além do uso de equipamentos de segurança pelos funcionários, como máscaras, viseiras e luvas. Devido aos decretos estadual e municipal, os horários e datas de funcionamento dependem das regras estabelecidas pelas autoridades locais.

Modernização

A unidade do Pinheirinho está adequada ao conceito do McDonald’s que vem sendo implementado desde 2017, que apresenta espaço e identidade visual mais modernos, conectados e tecnológicos. São exemplos os quatro totens de autoatendimento presentes no estabelecimento e o menu board digital.

O restaurante possui 102 lugares
Divulgação

Também alinhado aos pilares de sustentabilidade do Méqui, o restaurante trabalhará com os recursos de reutilização de água para sanitários, iluminação natural na cozinha (via claraboia) e espaço natural no jardim.

Serviço

McDonald’s Pinheirinho

Horário de funcionamento (atual decreto Covid-19): De segunda a sábado, das 10h às 22h, atendimento presencial, delivery e Drive-Thru. Domingo, das 10h às 22h, por delivery e Drive-Thru.

Endereço: Linha Verde, sentido Sul, nº 17.518 – Pinheirinho.

Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba investiga variante do novo coronavírus

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba enviou para o Laboratório Nacional da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) coletas respiratórias de casos positivos de covid-19 de pessoas de Manaus, capital do estado do Amazonas, que estão em Curitiba.

A preocupação do município é evitar a circulação na cidade da nova variante do Sars-CoV-2, com grande potencial de transmissão.

“Em Manaus há uma explosão de casos de uma nova variante do vírus, e por isso é importantíssimo que as pessoas dessa região que vierem a Curitiba e apresentarem sintomas respiratórios, permaneçam em isolamento por no mínimo dez dias. Além disso, devem ligar imediatamente para a Central 3350-9000 para serem monitoradas”, alerta Marion Burger, médica infectologista da Secretaria Municipal da Saúde.

A identificação dessa nova variente requer análise de alta complexidade, com sequenciamento genético do vírus, por isso as amostras são encaminhadas para a Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Pacientes de Manaus em Curitiba

A Secretaria foi notificada a respeito de nove manauaras positivos para covid-19 que estão em Curitiba. Três destas nove pessoas estão hospitalizadas, quatro estão em isolamento domiciliar e vêm sendo acompanhados pelo monitoramento da Saúde. Todos vieram espontaneamente à capital paranaense, sem transferência oficial de serviços hospitalares ou de governos.

A preocupação, no entanto, é com um casal que testou positivo em uma UPA de Curitiba e não está atendendo ao monitoramento da Prefeitura.  “Não estamos encontrando essas pessoas através dos contatos que informaram, e caso não atendam nosso monitoramento, poderão ser acionados judicialmente para responder por crime de saúde pública”, explica a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak.

No dia 17 de janeiro, o casal procurou uma UPA da cidade e informou ter testado positivo para covid-19 em Manaus. Na UPA de Curitiba foi coletada amostras e confirmado como caso positivo. “Depois disso, sumiram e não atendem mais nossos contatos. Pedimos encarecidamente que essas pessoas se aprensentem ao município para serem monitorados”, disse Márcia.