Curitiba vacinou 1.388.895 pessoas contra a covid-19

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou, até quinta-feira (9), 1.388.895 pessoas com a primeira dose da vacina anticovid ou com o imunizante de dose única (Janssen).

Até o momento, 1.350.963 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Desse total, foram vacinados: 831.431 pessoas da população em geral (convocadas por idade); 213.384 idosos com 65 anos ou mais; 116.745 pessoas com comorbidades; 12.890 gestantes e puérperas; 8.200 pessoas com deficiência; 82 indígenas; 1.141 pessoas em situação de rua; 7.008 moradores, funcionários e cuidadores de instituições de longa permanência; 97.909 profissionais dos serviços de saúde da cidade (incluindo as equipes de vacinação); 16.354 trabalhadores das forças de segurança; 42.589 educadores (entre professores e trabalhadores da Educação Básica e Ensino Superior) e 1.252 trabalhadores da limpeza pública.

Imunização completa

Em Curitiba, 676.104 pessoas receberam a segunda dose da vacina até quinta-feira (9) e outras 37.932 pessoas receberam a vacina em dose única, completando o esquema vacinal anticovid.

A cidade já aplicou 2.067.062 unidades da vacina anticovid – primeira, segunda doses, dose única e dose de reforço.  Ao todo, 95,56% da população de Curitiba acima de 18 anos já receberam ao menos uma dose.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 2.172.219 doses de vacinas, sendo 1.322.084 para primeira dose, 811.060 para segunda dose e 39.075 doses de aplicação única. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar até 30 mil pessoas por dia e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.

Primeiras doses

Curitiba está vacinando com primeira dose nesta sexta-feira (10) gestantes e puérperas maiores de 12 anos com prescrição médica. Também estão sendo aplicadas segundas doses do imunizante contra covid-19 em pessoas que tomaram a primeira dose da Coronavac em 16 de agosto e nas que tomaram a primeira dose de AstraZeneca ou Pfizer em 14 de junho.

Além deste grupo, a Secretaria Municipal da Saúde antecipou para esta sexta-feira (10) a aplicação da segunda dose das vacinas da AstraZeneca e Pfizer para as pessoas com 53 anos ou mais que receberam a primeira aplicação em 16 de junho.  Inicialmente estas doses estavam programadas para serem aplicadas em 14 de setembro.

A antecipação foi decidida pelo Comitê de Técnica e Ética Médica da SMS, após levantamento feito pelo Centro de Epidemiologia que demonstrou que o grupo de 50 a 59 anos é hoje o mais vulnerável para o agravamento da covid-19 – com maior número de internamentos e mortes.

Curitiba aguarda chegada de nova remessa de imunizantes destinados para primeira aplicação para dar continuidade a campanha de vacinação contra covid-19.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Park Shopping Boulevard, novo shopping de Curitiba, anuncia data de inauguração

Finalmente, veio aí! Um dos shoppings mais esperados da capital, o Park Shopping Boulevard, anunciou a data de inauguração: dia 11 de novembro.

A expectativa é de gerar 1.300 empregos diretos com a abertura. O Park Shopping Boulevard está localizado na BR-116, na Linha Verde e terá 250 lojas, sete salas de cinema, academia, e praça de alimentação.

Rede abre agendamentos para castrações de cães e gatos em novembro

Nesta sexta-feira (15/10), às 12h, começam os agendamentos para 325 castrações de cães e gatos em clínicas contratadas pelo município. As cirurgias fazem parte do Programa Municipal de Castração Gratuita e podem ser marcadas pelo site da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba

Para escolher a data, o cidadão, protetor ou responsável pela ONG deve estar logado em seu cadastro. “Apenas dessa forma é possível ter acesso às vagas disponíveis”, reforça o diretor do departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. 

Outras 2,7 mil vagas ainda serão ofertadas no mês de novembro, no mutirão de castração da Regional Pinheirinho. Agendamentos serão abertos a partir do dia 8 de novembro (segunda-feira). 

Cuidados

A Rede de Proteção Animal reforça que os tutores devem ir sozinhos ou com, no máximo, um acompanhante ao agendamento e respeitar a antecedência recomendada para evitar aglomerações e manter o distanciamento necessário para prevenção ao contágio da covid-19. 

O uso de máscaras e a higienização frequente das mãos também são obrigatórios durante todo o tempo de permanência nos locais. Quem apresentar sintomas de infecção respiratória, deve pedir para outra pessoa levar o animal ou cancelar o atendimento.