Curitiba registra aumento nos casos de Covid-19; novo decreto sai na quarta-feira

Curitiba registrou neste domingo (16), 777 novos casos de covid-19 e 20 óbitos de moradores da cidade infectados pelo novo coronavírus. Dezesseis destes óbitos ocorreram nas últimas 48 horas. O atualização do decreto que está em vigor na cidade, que pode por a capital sob bandeira vermelha, acontecerá na próxima quarta-feira (19).

De acordo com boletim da Secretaria Municipal da Saúde, as vítimas são oito homens e 12 mulheres, com idades entre 19 e 88 anos. Seis pessoas tinham menos de 60 anos.

Desde o início da pandemia foram contabilizadas 5.053 mortes na cidade provocadas pela doença.

Novos casos

Com os novos casos confirmados, 201.950 moradores de Curitiba testaram positivo para a covid-19 nesse período de pandemia, dos quais 188.447 liberados do isolamento e sem sintomas da doença.

Há 8.450 casos ativos na cidade, correspondentes ao número de pessoas com potencial de transmissão do vírus.

Leitos do SUS

Neste domingo (16), a taxa de ocupação dos 525 leitos de UTI SUS exclusivos para covid-19 esteve em 96%, com 23 leitos livres.

A taxa de ocupação dos 726 leitos de enfermarias SUS covid-19 esteve em 80%, com 147 leitos vagos.

Números da covid-19 em 16 de maio

777 novos casos confirmados
20 novos óbitos (16 nas últimas 48h)

Números totais

Confirmados – 201.950
Casos ativos – 8.450
Recuperados – 188.447
Óbitos – 5.053

Decreto

Curitiba continuou sob bandeira laranja por mais uma semana após o decreto divulgado pela Prefeitura na última quarta-feira (12). No entanto, o documento já trazia medidas mais restritivas de combate à pandemia de covid-19 embasadas nas análises feitas Comitê de Técnica e Ética Médica da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba.

“Se não houver colaboração da população, corremos o risco de ter de voltar à bandeira vermelha”, alerta a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak. “Estamos vendo um aumento galopante do número de novos casos”, diz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.