Curitiba Jazz Festival leva música, arte e gastronomia à Pedreira Paulo Leminski

Um dos principais eventos da cena musical curitibana e um dos maiores festivais de jazz do Sul do Brasil promete agitar Curitiba nos dias 17 e 18 de dezembro. Pela primeira vez, o Curitiba Jazz Festival será na Pedreira Paulo Leminski, com uma estrutura diferenciada para levar muita música, arte e gastronomia ao público. A entrada é gratuita, com programação no sábado (17) a partir das 11 horas e no domingo (18), das 10 horas às 20 horas. A capacidade de público é limitada, por isso a recomendação é chegar cedo ao local.  

“Nos últimos anos, o festival foi na Praça Afonso Botelho, mas nesta edição buscamos inovar, em um local maior, próprio para grandes shows, para que todos possam aproveitar as apresentações, com música de qualidade em um ambiente seguro e cercado pela natureza”, afirma Fredy Ferreira, um dos organizadores do evento.

Entre as atrações da 6ª edição do Curitiba Jazz Festival estão grandes nomes do jazz nacional e reconhecidos internacionalmente como por exemplo o compositor, arranjador e multi-instrumentista Hermeto Pascoal. O alagoano, de 86 anos, é conhecido em todo o mundo por experimentar sons inusitados, mesclando ritmos regionais como o forró e o baião com o jazz americano. Participou de inúmeros festivais internacionais e, em 2018, ganhou o Grammy de Melhor Disco de Jazz Latino.

Pela segunda vez, o compositor e instrumentista Filó Machado sobe ao palco do Curitiba Jazz Festival. Ele já esteve no evento na edição de 2019, e é um dos principais nomes da música instrumental brasileira. Sua carreira tem projeção internacional, com muitos trabalhos no exterior e foi reconhecido como melhor autor/compositor pelo Prêmio Profissionais da Música de 2017.

Quem também se apresenta no palco do Curitiba Jazz Festival é a percussionista e baterista Simone Sou, ao lado de Oleg Fateev, acordeonista da Moldávia. A música instrumental dos artistas mistura arranjos eslavos e brasileiros em uma combinação única de sons.

Outra atração já confirmada é a banda ‘Francisco, El Hombre’, formada pelos irmãos mexicanos naturalizados brasileiros Sebastián e Mateo Piracés-Ugate. Misturando estilos da música latino-americana, o grupo foi indicado em 2017 ao Grammy Latino como melhor canção em língua portuguesa, pela música “Triste, Louca ou Má”.

E o Curitiba Jazz Festival também tem curitibanos no palco, como por exemplo o rapper Mano Cappu e a banda Mulamba. Formada somente por mulheres, a banda é conhecida por canções que falam do empoderamento feminino, combate à violência contra a mulher e ao machismo e sobre a igualdade de gênero, entre outros temas sociais.

Gastronomia e Economia Criativa

Com programação durante todo o dia e à noite, o Curitiba Jazz Festival traz opções de cultura e lazer para toda a família, com mais de 20 atrações gastronômicas, para agradar a todos os gostos, com hamburguer, churrasco, comida vegana, fish and chips, pizza, comidas de rua e muito mais, além de bebidas como vinhos, drinks e cervejas da Maniacs e Brooklyn Brewery. E as crianças também têm atenção especial no evento, com uma área kids desenvolvida especialmente para acolher os pequenos durante o festival.

Outra marca do Curitiba Jazz Festival é o tradicional Bazar de Economia Criativa, que reúne marcas autorais nos segmentos de moda, decoração, sustentabilidade e produtos naturais. “O festival tem essa característica de ser uma vitrine para produtos autorais da nossa região e tem se tornado um evento que valoriza a diversidade ao longo dos anos. Os produtos que estarão em exposição passaram por uma curadoria e ainda teremos uma feira de vinil no local”, destaca Valdemir Krause Junior, um dos organizadores do evento.

O Curitiba Jazz Festival faz parte do calendário oficial de eventos de Curitiba e já recebeu artistas renomados da cena musical nacional e internacional, como por exemplo, Flora Purim, Raul de Souza, Airto Moreira, Guinga, Bixiga 70 e Rosa Armorial.

Serviço: 6ª edição do Curitiba Jazz Festival

Data: 17 e 18 de dezembro

Local: Pedreira Paulo Leminski (Rua João Gava, 970 – Abranches)

Horário: Sábado – das 13h à 01h / Domingo – das 10h às 20h

Ingressos: entrada gratuita, sujeito à lotação do espaço

Classificação: livre

Programação Musical:

Sábado (17) – das 11 horas à 01 hora de domingo

Palco Curitiba Jazz Festival

13h – Priscila Nogueira, Jeff Sabbag e Markus Jaste

15h – Klüber

17h – Francisco, el Hombre

19h30 – Filó Machado Trio

21h30 – Mulamba

Palco Jazz and Beats

12h – Morenno Mongelos

16h – Noe Carvalho

18h30 – Marinonio Trio

20h30 – Vane Mrqs

22h45 – Morenno Mongelos

Domingo (18) – das 10 horas às 20 horas

Palco Curitiba Jazz Festival

11h – André Ribas

14h – Hermeto Pascoal

16h30 – Raíssa Fayet

18h30 – Marília Giller

Palco Jazz and Beats

15h30 – Simone Sou e Oleg Fateev

17h20 – Mano Cappu

Apoio: Fundo Nacional da Cultura, Fundação Cultural de Curitiba, Prefeitura de Curitiba, Santa-Produção, Oxigene Cultural, A Caiçara Cozinha Litorânea, A Caiçara Canto das Pedras, Pangea Narrativas Ilimitadas, Pedreira Paulo Leminski, Bristol Hotéis, Rádio Paraná Educativa FM e Rádio Mundo Livre FM. Patrocínio: Copel e Maniacs Brewing Co. Realização: Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania, Governo Federal. Projeto realizado com recursos do Programa de Apoio e Incentivo à Cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outono disponibiliza single inédito “Brighter Than The Sun”

A banda OUTONO lançou na primeira sexta-feira 13 deste ano o seu segundo single, “Brighter Than The Sun”, uma peça que confirma sua identidade musical com versos densos e aspectos sonoros surpreendentes. A canção está disponível em todas as principais plataformas de streaming.

Confira o single “Brighter than the Sun”: https://open.spotify.com/track/0sYm0gx6rXwQvBDlZtvGJg

A letra de “Brighter Than The Sun” cria um cenário fantástico ao colocar como protagonistas o primeiro casal do mundo, surgidos do barro, Adão e Eva, como fossem vampiros imortais, que até hoje acompanham as coisas que aconteceram na terra nesta jornada pela eternidade. Segundo o vocalista e baixista Guto Diaz, autor da narrativa,  a letra é “como se fosse a jornada deste casal, que assume diversas identidades”. Em parte da letra, cito que ela é Madalena e ele, o Cristo crucificado. Outra hora, ela é a condessa Bathory, se banhando no sangue dele mesmo. Eles têm este pacto de sangue que os une desde o início dos tempos”.

A OUTONO, que porta consigo um espectro musical bastante rico, é formada, além de Guto Diaz, por Fabiano Cavassin (guitarra) e Wlad Zechner (bateria). Estreando em 2022 com o single “Shades Before Dawn”, o grupo surgiu no cenário como a continuação do trabalho anteriormente desenvolvido pelo The Secret Society, com o álbum Rites of Fire e shows memoráveis – no Brasil e América Latina – ao lado de grandes nomes do rock e do metal mundial, como Dee Snider, Europe, The Sisters of Mercy, Deathstars e Uli Jon Roth, entre outros.

Apostando em climas tétricos e arranjos minimalistas, o OUTONO leva a obra criada por Guto e Fabiano para novos e ramificados caminhos musicais. O primeiro single, “Shades Before Dawn”, foi a declaração de um novo começo e “Brighter Than The Sun”,  a ratificação que o OUTONO é um nome que veio para ficar. Siga o grupo nas redes sociais para acompanhar todas as atividades @outono_band.

Fotos: Dani Duraes

Venha soltar sua voz na Maratona Musical da Cena Hum! Matrículas abertas!

Quem fica em Curitiba durante o mês de janeiro tem a opção de passar as férias de uma maneira bem mais criativa e divertida. Entre os dias 23 de janeiro e 05 de fevereiro, a Cena Hum Academia Multiares oferece a sua já tradicional Maratona Musical, um workshop que mistura canto, dança e teatro.

As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 19 às 22 horas, e nos sábados à tarde. São voltadas para adultos, adolescente e crianças com idade mínima de nove anos, com ou sem experiência artística. É um jeito diferente de ter contato com as diversas formas de manifestações artísticas e também de trabalhar a timidez e desenvolver habilidades sociais, fazendo novas amizades.

A edição de 2023 terá como tema “Quando eu soltar a minha voz”, onde serão trabalhadas músicas do cantor e compositor brasileiro Gonzaguinha. Nascido no Rio de Janeiro e filho de Luiz Gonzaga, ele é um dos principais nomes da MPB, sendo responsável por sucessos como “O Que é o Que é”, “Lindo Lago do Amor”, “Sangrando”, “É”, “Explode Coração”, entre outras canções.

Ao final da Maratona, nos dias 04 e 05 de fevereiro, o resultado do trabalho poderá ser apreciado pelo público através de duas apresentações realizadas pelos participantes no Teatro Cena Hum, localizado junto à Cena Hum Academia Multiartes, no bairro São Francisco.

As matrículas para o curso já estão abertas. Para mais informações: whatsapp (41) 99943-9396.

Serviço:

Maratona Musical – “Quando eu soltar a minha voz”

De 23de janeiro a 05 de fevereiro de 2023 – Matrículas abertas

Faixa etária: a partir de 09 anos de idade

Horários: segunda à sexta, no período da noite, e nos sábados à tarde.

Onde: Cena Hum Academia Multiartes (Rua. Senados Xavier da Silva, 166, São Francisco, Curitiba-PR)

Apresentações: 04 e 05 de fevereiro

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com