Curitiba já é a 4ª no ranking Cidades Amigas da Internet 2021

Iniciativas como o decreto municipal de implantação das Estações de Transmissão de Radiocomunicação (ETRs) e instalação de antenas de telefonia e telecomunicações em propriedades particulares, fundamentais para a chegada da futura tecnologia 5G na capital, garantiram a Curitiba avançar mais uma posição no ranking brasileiro Cidades Amigas da Internet 2021. A capital já tinha saltado 20 posições em 2020 para ocupar o 5º lugar e, no levantamento deste ano, chega a 4ª posição.  O primeiro lugar ficou com Uberlândia (MG). 

O ranking Cidades Amigas da Internet tem como objetivo identificar, dentre os 100 maiores municípios brasileiros, aqueles que mais estimulam a oferta de serviços de telecomunicações no Brasil, por meio da elaboração de políticas e ações públicas que incentivem e facilitem a instalação de infraestrutura necessária à expansão de serviços de telecom, bem como os municípios que ainda não adotaram as polítivas necessárias.

Esforço 

“O resultado do ranking 2021 demonstra o esforço que Curitiba tem feito, nos últimos quatro anos, para discutir e aprovar novas legislações para implantação de infraestrutura. Modernizar normativas, alinhá-las à legislação federal e desburocratizar os processos de licenciamento fazem parte da preparação da capital para receber os investimentos do 5G, que trará desenvolvimento econômico, poderá ajudar na redução da desigualdade social e irá estimular ainda mais os avanços do Vale do Pinhão”, afirma Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

Esta é a sexta edição do estudo, feito pela Conexis Brasil Digital e pela Abrintel, que têm mostrado avanços importantes de algumas cidades que já alteraram sua lei municipal ou já promoveram mudanças nos processos de licenciamento.

“Ter uma legislação moderna, que incentive a instalação de infraestrutura de telecomunicações, prazos curtos e processos descomplicados para a obtenção de licenças para as antenas de celular e baixo custo de implantação são os principais quesitos que fazem uma cidade ser amiga da internet”, avalia o presidente-executivo da Conexis, Marcos Ferrari.

Ranking brasileiro Cidades Amigas da Internet 2021

  1. Uberlândia (MG)
  2. São José dos Campos (SP)
  3. Porto Alegre (RS)
  4. Curitiba (PR)
  5. Cascavel (PR)
  6. Feira de Santana (BA)
  7. Santo André (SP)
  8. Suzano (SP)
  9. Bauru (SP)
  10. Fortaleza (CE)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rede abre agendamentos para castrações de cães e gatos em novembro

Nesta sexta-feira (15/10), às 12h, começam os agendamentos para 325 castrações de cães e gatos em clínicas contratadas pelo município. As cirurgias fazem parte do Programa Municipal de Castração Gratuita e podem ser marcadas pelo site da Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba

Para escolher a data, o cidadão, protetor ou responsável pela ONG deve estar logado em seu cadastro. “Apenas dessa forma é possível ter acesso às vagas disponíveis”, reforça o diretor do departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, Edson Evaristo. 

Outras 2,7 mil vagas ainda serão ofertadas no mês de novembro, no mutirão de castração da Regional Pinheirinho. Agendamentos serão abertos a partir do dia 8 de novembro (segunda-feira). 

Cuidados

A Rede de Proteção Animal reforça que os tutores devem ir sozinhos ou com, no máximo, um acompanhante ao agendamento e respeitar a antecedência recomendada para evitar aglomerações e manter o distanciamento necessário para prevenção ao contágio da covid-19. 

O uso de máscaras e a higienização frequente das mãos também são obrigatórios durante todo o tempo de permanência nos locais. Quem apresentar sintomas de infecção respiratória, deve pedir para outra pessoa levar o animal ou cancelar o atendimento.
 

Instabilidade começa a se afastar, mas ainda há risco de temporais na região de Curitiba

As áreas de instabilidade que chegaram ao Paraná na última quinta-feira (14) começam a se afastar, mas ainda há previsão de temporais em alguns setores do estado. Segundo o Instituto Meteorológico Simepar, o fim de semana promete ainda ser úmido na metade leste, mas o risco de chuvas fortes diminui bastante a partir deste sábado (16).

Reprodução

O meteorologista Lizandro Jacóbsen explica que muitos raios ainda são esperados nesta sexta-feira. “A frente fria que evolui pelo Sul do país, somada pelas áreas de instabilidade presentes entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul, reforça a condição de tempo muito instável. Para o fim de semana, o sistema frontal se afasta”, explica.

Para algumas regiões, porém, como no caso da Região Metropolitana de Curitiba, chuvas ainda são esperadas de forma persistente, mas com instensidade bem mais fraca.

Na capital, a temperatura varia pouco e as máximas não passam dos 16°C.

A partir de terça-feira, a perspectiva é se sol na região.