quinta-feira, setembro 28, 2023
spot_img
InícioCuritibaCuritiba está no top 3 das cidades mais inteligentes, tecnológicas e inovadoras...

Curitiba está no top 3 das cidades mais inteligentes, tecnológicas e inovadoras do Brasil de 2023


Curitiba foi eleita nesta segunda-feira (4/9) a segunda cidade mais inteligente, tecnológica e inovadora do Brasil, pelo ranking Connected Smart Cities 2023. Este é mais um reconhecimento nacional dos esforços da Prefeitura e do seu ecossistema de inovação, o Vale do Pinhão, em integrar soluções tecnológicas e inovadoras para promover a melhoria da qualidade de vida dos curitibanos.

O anúncio do resultado foi feito na manhã desta segunda-feira (4/9), na abertura do Connected Smart Cities & Mobility Nacional (CSCM), no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP).

“Ter nossa cidade reconhecida por uma premiação tão prestigiosa nos anima a trabalhar ainda mais para fazermos da inovação um processo social, impactando positivamente a vida das pessoas que vivem em Curitiba. Somos sim uma cidade inteligente, conectada e inovadora. Mas somos também uma cidade criativa, inclusiva, resiliente, sustentável, tecnológica e humana”, destacou o prefeito Rafael Greca.

A capital paranaense ficou em 2º lugar no ranking geral, atrás de Florianópolis (SC). São Paulo (SP) completou o Top 3. Curitiba também ficou em 2º lugar na categoria Tecnologia e Inovação e em 5º lugar no eixo Empreendedorismo.

O diretor jurídico da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Fred Lacerda, recebeu o troféu no evento, em nome do prefeito Rafael Greca, ao lado do diretor-presidente do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Mauricio Pimentel.

Cidade inteligente

O resultado do ranking Connected Smart Cities 2023 referenda os trabalhos realizados por Curitiba na implantação de soluções tecnológicas para melhorar a vida dos curitibanos e se une a outros reconhecimentos nacionais e internacionais.

Somente em 2023 ano, a cidade foi eleita

  • Uma das 7 das Comunidades mais Inteligentes do Mundo de 2023 (Intelligent Community Forum -ICF);
  • 2º ecossistema emergente mais promissor para startups na América Latina (ranking Global Startup Ecosystem Report 2023);
  • 2ª melhor cidade do Brasil para as startups pelo 3º ano consecutivo (relatório Startup Ecosystem Index Report 2023).
  • Finalista do Seoul Smart City Prize (Coreia do Sul), com o case do Vale do Pinhão;
  • Finalista do Latam Smart City Awards, o mais importante reconhecimento de iniciativas de cidades inteligentes da América Latina, com o case do Programa Curitiba Mais Energia.

 

Cidade tecnológica e inovadora

Desde 2017, durante as gestões do prefeito Rafael Greca, Curitiba investe intensamente em ações de inovação e tecnologia, desde a criação do Vale do Pinhão, integrando ainda mais o ecossistema de inovação da cidade (que une sociedade civil, empresas, universidade e poder público), em prol do desenvolvimento socioeconômico, até as ações que permitem o avanço da integração de novas tecnologias.

As startups curitibanas são um exemplo de que o retorno não tarda a chegar. Sede das únicas três startups-unicórnios (avaliadas em mais de US$1 bilhão – Ebanx, MadeiraMadeira e Olist) que estão fora de São Paulo, em nove anos, Curitiba multiplicou por sete número de startups: de 84, em 2014, subiu para 604, em 2022.

Curitiba é a cidade brasileira com maior uso do 5G, graças à antecipação da cidade a adequar sua legislação para receber as antenas da nova geração de transmissão de dados.

A Prefeitura levou para a palma da mão do cidadão o acesso aos serviços de Saúde, com o app Saúde Já; o Curitiba App oferta mais de 600 serviços disponíveis. No esporte e no lazer, os curitibanos podem solicitar suas inscrições para as atividades físicas e corridas de rua pelo Portal Curitiba em Movimento.

Curitiba tem mais de 300 pontos wi-fi gratuitos pela cidade, com mais de 170 mil usuários cadastrados. Na segurança pública, as 1,9 mil câmeras interligadas da Muralha Digital já resultaram na redução da criminalidade em 40% nas regiões em que estão instaladas.

A inovação em Curitiba está em todos os setores e também vai à escola, com Faróis do Saber Inovação, que estimulam a cultura maker, e os projetos de robótica para estudantes da rede pública.

Na mobilidade, a cidade oferta o pagamento do transporte público com cartão-transporte, e também com cartões de crédito ou débito, por aproximação. O pagamento do estacionamento das áreas centrais, com o Estar, também é feito por aplicativos.

A cidade também tem investido no uso de energias renováveis e se mantém na vanguarda da sustentabilidade, com realizações como a pioneira Pirâmide Solar de Curitiba, e a instalação dos painéis fotovoltaicos em diversos pontos da cidade.

O transporte público tem os primeiros ônibus elétricos em teste, que vão operar a partir de 2024, além de veículos elétricos na frota da Guarda Municipal e em táxis.

O projeto do Bairro Novo da Caximba está construindo um bairro inteligente para 1.693 famílias recuperando uma Área de Preservação Ambiental.

Na segurança alimentar, a capital paranaense une inovação e sustentabilidade como o incentivo à agricultura familiar e urbana, tendo criado a primeira Fazenda Urbana do Brasil, desenvolveu 147 hortas urbanas e conta com 90 Jardins de Mel, que contribuem com a preservação do meio ambiente.

Na cultura, foi a primeira capital brasileira a lançar todos os editais da Lei Paulo Gustavo, com R$ 14,5 milhões para artistas.

O ranking

Em sua 9ª edição, o Ranking Connected Smart Cities avalia e seleciona as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil.

No levantamento que avalia cerca de 656 municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes, são considerados 75 indicadores, divididos em 11 eixos temáticos de avaliação, que atestam os serviços inteligentes nas cidades.

O Connected Smart Cities

O Connected Smart Cities & Mobility Nacional (CSCM) é um fórum que propõe o debate de iniciativas para tornar as cidades brasileiras mais inteligentes e conectadas, reunindo empresas do setor privado, entidades e governo.

Na programação, desta terça-feira (5/9) estão palestras, apresentações, rodadas de negócios e a presença de empresas nos estandes montados na área de exposições.

Curitiba participa com estande da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação e com os palestrantes: a assessora de projeto do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Ana Paula Bertolin; a procuradora do município Cintia Estefania Fernandes; o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto; e o diretor-presidente do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Mauricio Pimentel.



Leia a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão