Conheça o cliente mais fiel de Curitiba

 “O cliente mais fiel de Curitiba”, é como o engenheiro Reinaldo de Oliveira Fernandes se classifica. Mas esse atributo não foi inventado por ele. O título veio dos próprios funcionários da Rua 24 Horas, um dos endereços mais tradicionais da cidade. Jhow, como é conhecido no local, frequenta o empreendimento diariamente desde sua primeira abertura, em 1991.

Quando a Rua 24 Horas foi inaugurada, no Centro de Curitiba, Jhow trabalhava no bairro Pinheirinho e se dirigia ao local todos os dias, no final da tarde, para aproveitar o happy hour com os colegas. “Era novidade, vinha muita gente de fora e sempre tinham pessoas novas pra conhecer”, explica ele. Com o passar do tempo, os colegas de trabalho pararam de acompanhá-lo, mas Reinaldo continuou. “Se fosse só pra tomar uma cervejinha eu poderia ir em qualquer outro lugar, mas continuei a vir aqui porque me sinto acolhido pelas pessoas”, conta.

Reinaldo lembra da primeira vez que se sentiu parte da equipe da Rua 24 Horas. “Era fim de ano e o pessoal que trabalhava aqui ia fazer uma confraternização de Natal. Mesmo sendo um evento interno da empresa, eles me convidaram pra participar. Foi muito legal, tive até que ir embora de taxi de tanto que festamos”, conta ele. Desde então, Jhow só parou de frequentar o local durante o período em que a Rua esteve fechada, de 2007 a 2011.

Foto: Priscilla Fiedler

“Quando vi os tapumes aqui na frente e descobri que iam reabrir a Rua, fiquei muito feliz”, afirma. “O Luiz (proprietário do Grupo Bávaro) abraçou esse lugar, trouxe vida de novo. Admiro essa cabeça dinâmica dele, de sempre querer melhorar. Ele tá sempre pensando ‘tá bom agora? Sim, mas ainda podemos fazer mais’ e por isso aqui é tão bom”, enaltece ele.

Atualmente, Reinaldo trabalha em frente à Rua 24 Horas, o que facilitou ainda mais a concretização do título de cliente mais fiel da cidade. “Eu venho almoçar aqui todos os dias, aí volto pro trabalho e 18h02 já estou de volta pra fazer meu happy hour”, diz. Jhow conta que em dia de futebol é ainda mais divertido encontrar a galera no local. “A Rua 24 Horas respira futebol. Se vai ter futebol, todo mundo vem pra cá”, conta. Reinaldo não possui televisão em casa e nem pensa em comprar, já que prefere assistir aos seus programas preferidos com os amigos do bar.

Depois de tantos anos frequentando o empreendimento, Reinaldo ganhou uma homenagem do Bávaro, seu bar favorito na Rua 24 Horas. Agora ele tem uniforme, cadeira personalizada e crachá de Embaixador. “Em dia de jogo fico na mesa 43, entre a televisão e o telão. Chego aqui e minha cadeira já está posicionada e todo mundo sabe que é meu lugar reservado”, diz animado. Esta foi a forma que o bar encontrou para agradecer o cliente mais fiel da cidade.

A Rua 24 Horas está localizada na Rua Visconde de Nácar (sem número) e funciona diariamente, a partir das 09h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Projeto da Itaipu fará parte de plano para movimentar turismo

O vice-governador do Paraná, Darci Piana, quer a união dos empresários do turismo para sair à frente dos demais estados na retomada do setor, um dos mais impactados pela pandemia da covid-19. Ele anunciou que dois projetos, um de Itaipu e outro do governo do Estado, terão papel fundamental nessa retomada e farão parte do plano global de reativação da economia, que será lançado nos próximos dias.

Em reunião por videoconferência, nesta quarta-feira (24), Piana anunciou ainda um programa que vai dobrar o valor dos créditos do programa Nota Paraná para quem comprar no turismo local, chamado ParanáPay. Foi a 80ª reunião promovida pelo Conselho Paranaense de Turismo (Cepatur), no qual a Itaipu tem uma cadeira.

Foz do Iguaçu foi um dos primeiros destinos brasileiros a reativar seus atrativos turísticos, depois de muitos estudos até se chegar a um protocolo de segurança sanitário que garantisse tanto a segurança dos funcionários como dos visitantes. Os atrativos reabriram com 30% de sua capacidade e visando atender inicialmente apenas o público local e regional.

O vice-governador falou sobre os investimentos que estão sendo feitos no aeroporto de Foz e sobre a futura duplicação da BR-469, com acesso ao aeroporto, à Argentina e às Cataratas do Iguaçu, além de diversos atrativos no trecho. A duplicação será feita em parceria entre o governo do Estado e a Itaipu, que já está investindo cerca de R$ 1 bilhão em obras de grande porte, entre elas a nova ponte sobre o Rio Paraná, entre Brasil e Paraguai, com mais de 20% das obras concluídas.

Importância
Foz do Iguaçu tem 40% da economia baseada no segmento de turismo, que também é responsável pelo maior número de empregos. Em função da pandemia, mais de 6 mil pessoas perderam seu postos de trabalho. O turismo da cidade se uniu para garantir que não haja mais demissões. O Programa Acelera Foz promoveu uma “live” para marcar a retomada do setor, no dia 10 de junho, aniversário de 106 anos da cidade.

O atual momento é de atenção com o avanço da covid-19 na cidade e no Paraná. Em Foz, alguns bairros estão isolados e a Prefeitura vai decidir se será necessário adotar novas medidas de contenção. Na sexta-feira (26), o prefeito Chico Brasileiro vai avaliar o cenário e anunciar as medidas que serão adotadas com base na avaliação do mapeamento epidemiológico.

Curitibano Wanderlei Silva pode enfrentar Mike Tyson em luta épica

O curitibano e lenda do MMA, Wanderlei Silva, disse ao site Combate.com que recebeu uma oferta de R$ 54 milhões da organização Bare Knuckle Fighting Championship, evento de boxe sem luva, por uma luta contra Mike Tyson. Ele já disse que aceita o desafio.

Ontem, em entrevista ao programa Hora da Fama, na Rádio Jovem Pan, disse que Tyson é uma grande inspiração para ele e comentou sobre a proporção mundial que está tomando esta possível luta. Além disso, em descontraída conversa com Guguzinho e CW, o “Cachorro Louco” falou sobre ser 10 anos mais novo que seu oponente e ter grandes chances de vencer a luta.

Ainda não foi divulgada a data para acontecer o evento.