Confira algumas atrações para aproveitar no feriadão de 12 de outubro

Com programas seguros para toda a família, a capital paranaense está atraindo cada vez mais turistas

Na próxima semana, o feriado prolongado de 12 de outubro, Dia de Nossa Senhora Aparecida, vai parar o Brasil. Que tal aproveitar a pausa para conhecer os encantos da cidade de Curitiba? Nos últimos anos, a capital paranaense tem se destacado pelo seu apelo turístico e gastronômico. São inúmeros parques e pontos turísticos que fazem os moradores e visitantes sentirem-se em casa. Programas perfeitos e seguros para compartilhar com os amigos e familiares, mergulhando na cultura e na gastronomia local.

Entre os locais de maior visitação da capital paranaense está a Ópera de Arame, que foi inaugurada em 1992. Em meio a lagos, vegetação típica e cascatas, faz parte do Parque das Pedreiras juntamente com a Pedreira Paulo Leminski. Outro lugar de destaque é o Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como MON. Ele é um dos maiores museus da América Latina e seu acervo abriga mais de 2.200 obras de artistas reconhecidos nacional e internacionalmente, e atualmente sedia a badalada exposição “OSGEMEOS: Segredos”, dos irmãos Gustavo e Otávio Pandolfo. O espaço foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, onde a forma do anexo conferiu ao MON o apelido de “Museu do Olho”. Para quem ama a natureza, uma boa pedida é a Esalflores, maior rede de floriculturas do Brasil, que conta com várias unidades na cidade, propondo momentos de tranquilidade em meio a um “mar de plantas”.

Teatro Ópera de Arame. Foto: Orlando Kissner/SMCS
Divulgação

No meio da tarde, que tal uma parada para um café e um lanche saboroso? Curitiba é a capital brasileira dos cafés especiais. Baristas curitibanos e de outras regiões do país transformaram a cidade em um paraíso para os amantes da bebida, que ganhou várias releituras preparadas com muita excelência em dezenas de cafeterias espalhadas pela cidade. Entre os destaques estão a Prestinaria, o Supernova e o Café Cultura. E é lógico que não dá para esquecer de um dos principais símbolos do Paraná: o mate. Curitiba acaba de ganhar a inovadora Ow Mate, com preparos “to go” quentes e gelados que têm mate como grande estrela. Já quem ama pizza precisa conhecer a Pizzaria da Mathilda, que trabalha com o melhor da tradição napolitana em dois endereços da capital paranaense.

Divulgação
Divulgação
Divulgação

Gosta de cerveja artesanal? Então marque uma visita na fábrica da Way Beer, uma das mais premiadas cervejarias do país. Já os fãs de comida de boteco não podem deixar de conhecer o Bar Quermesse, que há mais de 10 anos encanta curitibanos e turistas que buscam comidinhas com inspiração regional. Para quem gosta de comida com características bem urbanas, a Rua Trajano Reis e a Avenida Vicente Machado são ótimas opções. Nelas, os curitibanos e turistas se reúnem na rua para saborear os mais variados preparos gastronômicos e chopes artesanais da região. Nos endereços, destaque para unidades do Porks – Porco & Chope, especializado em carne de porco,do Sirène, maior rede de Fish & Chips da América Latina, e da hamburgueria O Barba, uma das mais tradicionais da cidade.

Divulgação

Quem busca alta gastronomia, Curitiba reúne alguns dos chefs mais badalados e premiados do Brasil. É na capital paranaense que fica o incrível Obst., primeiro restaurante próprio do chef Lênin Palhano, grande nome da culinária paranaense nos últimos anos. Inaugurado no último mês de janeiro, o Obst. conquistou rapidamente o público com um menu criativo, extremamente saboroso e contemporâneo, além de uma coquetelaria de altíssimo nível. Outra ótima opção para os amantes da boa gastronomia é o também recém-inaugurado Raulino Cozinha Autoral, comandado pelo chef André Raulino, que oferece um impactante menu surpresa. Para completar, o Kitsune, empreendimento gastronômico comandado pelo badalado chef Andre Pionteke, curitibano que ganhou popularidade com a participação no Masterchef Profissionais 2018, trabalha com preparos inspirados em ingredientes locais da região da Mata Atlântica – bioma do litoral do Paraná – aliados às técnicas da culinária oriental.

Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Confira a programação do Teatro da Vila na CIC

Inaugurado na última sexta-feira (5/11), o Teatro da Vila, novo espaço cultural de Curitiba na CIC, começou a funcionar já neste fim de semana. Toda programação é de graça e não precisa de agendamento. A entrada será feita por ordem de chegada, mas com limite de público.

O Teatro da Vila será administrado pela Fundação Cultural de Curitiba por meio do Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac). A curadoria para os filmes do Teatro da Vila é feita pela mesma equipe do Cine Passeio.

Confira a programação


Cinema

14/11
11h – Tito e os pássaros
15h30 – Nóis por nóis

21/11
11h – O milagre da rua 34
15h30 – Gremlins

28/11
11h – Um herói de brinquedo
15h30 – Antes só do que mal acompanhado

5/12
11h – Esqueceram de mim
15h30 – Simplesmente amor

12/12
11h – Meu papai é Noel
15h30 – Os fantasmas contra-atacam

19/12
11h – O Grinch
15h30 – A felicidade não se compra

Dança

De 17/11 a 15/12
Todas as quartas-feiras, às 15h30
Curso de Danças Urbanas


Música e Teatro

12 e 13/11
15h – A galinha Pim Pim (teatro infantil)

20/11
15h – Alejandro Di Núbila Trio (música)

23/11
16h – Composições paranaenses – A música pede passagem, com quarteto de cordas e soprano (música)

26 e 27/11
10h (dia 26) e 15h (dia 27) – Grupo Viola Quebrada (música)

2 e 3/12
15h – O Príncipe e a Aviadora (teatro)

4/12
15h – Big Belas Band (música)

10 e 11/12
10h (dias 10 e 11) e 15h (dia 11) – Zum zum zum dos pererês (teatro infantil)

17 e 18/12
15h – A maré de Maria (dança e circo)

*Programação sujeita a alterações

Novos radares começam a funcionar nesta segunda e terça em Curitiba

Nesta semana, dois novos pontos de Curitiba passam a ter fiscalização eletrônica de trânsito. Os radares foram instalados na Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes com a Rua Arnaldo Francisco Scremin, no bairro Atuba, e na esquina da Rua Ubaldino de Amaral com a Rua Amintas de Barros, no Alto da XV.

Segundo a prefeitura, em ambos os locais, o alto índice de acidentes foi fator decisivo para implantação dos equipamentos.

No Atuba, o cruzamento entre a Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes com a Rua Arnaldo Francisco Scremin acumulou 30 acidentes de trânsito no período de cinco anos. O radar começou a fiscalizar os veículos nesta segunda-feira (8). São fiscalizados os veículos que passarem pelas duas vias, com diferentes velocidades máximas permitidas. Pela Mascarenhas de Moraes, o limite é de 60 km/h. Já pela Arnaldo Francisco Scremin, 50 km/h.

Conforme a Setran, a velocidade excessiva é uma infração recorrente na Mascarenhas de Moraes, que está recebendo reforço na sinalização de regulamentação de velocidade. Neste cruzamento, os equipamentos de fiscalização também estão programados para registrar as seguintes infrações de trânsito: avanço do sinal vermelho, parada sobre a faixa de pedestres, conversão obrigatória, conversão proibida e retorno proibido.

A partir desta terça-feira (9) entram em operação os radares na esquina das ruas Ubaldino do Amaral e Amintas de Barros, trecho que concentrou 101 acidentes em cinco anos. No entorno estão localizados hospitais e unidades de ensino, incluindo a Reitoria da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Neste cruzamento, os equipamentos vão fiscalizar limite de velocidade, avanço de sinal, parada sobre a faixa de pedestres e conversão obrigatória pela Rua Amintas de Barros. Este é um dos principais acessos de saída da Área Calma, além de escoamento do transporte coletivo da região central para os bairros. Já a Ubaldino do Amaral é a ligação entre os bairros Alto da Glória e Jardim Botânico.