Como pensa um sensato policial do choque

Como pensa um sensato policial do choque

“No fim da manifestação de hoje (17/06) em Curitiba eu estava indo embora quando umas meninas passaram por mim gritando “corre por que o choque chegou”. Continuei andando e passei pelos policiais do choque e percebi que estavam todos bem tranquilos conversando entre si e alguns outros manifestantes. Comecei a gravar esse video depois que ouvi o policial dizendo “por mim eu tirava minha farda agora e ia protestar com voces”. Acho que alguns minutos depois desse video, alguns manifestantes invadiram o Palácio Iguaçu e eles tiveram que agir. Se a policia teve de agir hoje, tenho certeza de que foi por merecido e acho foda que depois de uma longa manifestação pacifica com aproximadamente 10 mil pessoas, Curitiba nao possa se orgulhar por que 50 indivíduos acham que vandalizar é a solução.”
E foi que isso que escreveu Jonas Sanson, quem postou o vídeo.

0 Comments

  1. Me orgulhei quando vi! Policial também é cidadão, mas como em qualquer outra área, há os bons e ruins. Respeite o patrimônio, e a nossa voz será apoiada por eles!

  2. Ha algum tempo atraz assisti um filme chamado Marcados para morer, ele começa bem assim:
    “Eu sou da Policia, to aqui para te prender, você violou a lei, não fui eu quem fez a lei, posso ate discordar da lei, mas terei que assegurá-la, não importa o tanto que você pense, suplique, implore ou tente me convencer, nada do que vc fizer vai-me impedir de colocar vc em uma cela com barras de ferro…
    Se vc fugir eu corro atrás, se vc me enfrentar eu luto com vc, se atirar eu atiro de volta, pela lei não posso dar respostas, sou a conseqüência, a conta que não foi paga, sou o destino com distintivo e arma…
    Atrás do distintivo tem um coração como o seu, eu sangro, eu penso, eu choro, eu amo e também posso ser morto, embora eu sou só um tenho milhões de irmãos e irmãs, que vingaram a minha morte e eu a deles…“

    Acho q cabe bem na situação atual, a policia não existe para estabeleçer o paraiso e sim p evitar q o infermo se instale…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Restaurante japonês promove 1º Festival do Atum de Curitiba a R$ 10

Atenção amantes do mar! A partir desta sexta-feira, dia 1º de julho, o Ken’eki, restaurante de culinária japonesa contemporânea comandado pelo chef Dudu Sperandio, vai promover a primeira edição do Festival do Atum, que irá oferecer dez opções de preparos que levam o atum como protagonista pelo preço fixo de R$ 10 cada.

Entre os destaques do evento estão o Atum Grelhado com Crosta de Gengibre, o mini Tartare de Atum; o Carpaccio de Atum e Tartufata; e o Tuna Salad, com cubos de atum, rúcula, botarga e molho especial da casa. O restaurante ainda oferece diversas porções de niguiri, sashimi, uramiki, entre outros preparos de excelência.

Propondo uma harmonização completa, o Ken’eki trabalha com drinks a base de sake e gin. Além disso, os amantes de atum poderão aproveitar o festival em um ambiente refinado e aconchegante, que vai da parte interna ao deck frontal do empreendimento.

O 1º Festival do Atum do Ken’eki (Rua Myltho Anselmo da Silva, nº 1439) vai acontecer durante todo o mês de julho. Mais informações no Instagram oficial do empreendimento (@keneki.sushi).

Começa amanhã o 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano do Ernesto Ristorante

Produzido na planície de Padana, na Itália, o queijo grana padano conquistou o paladar dos amantes da gastronomia ao redor do mundo, em especial dos brasileiros. Afinal, quem não gosta de uma boa massa artesanal preparada dentro de uma enorme peça do queijo, não é mesmo? O fettucine, típico da culinária italiana, ganha ainda mais sabor neste preparo irresistível.

Pensando nesta combinação perfeita, o Ernesto Ristorante, clássico restaurante italiano de Curitiba, comandado pelo chef Dudu Sperandio, vai promover durante todo o mês de julho o 7º Festival do Fettucine no Grana Padano. “Aqui no Ernesto, finalizamos o preparo dentro do Grana Padano, queijo que passa por 12 meses de maturação, seguindo uma forte tradição italiana. Desde que fizemos o primeiro festival, o preparo logo se transformou em uma marca registrada do nosso restaurante”, comenta Dudu Sperandio.

Grande responsável pelo evento, o chef Dudu Sperandio cuida diretamente do preparo do prato, que já na apresentação conquista os apaixonados por gastronomia. “A massa, quase pronta, é finalizada dentro de uma enorme peça de queijo Grana Padano flambado, para aproveitar o máximo do sabor do queijo, bem no meio do salão. Assim, a experiência gastronômica deixa de ser apenas para o paladar, passando a ser, também, uma experiência visual”, destaca o chef.

Durante o 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano, os clientes podem escolher entre diversas receitas exclusivas do preparo: fettuccine no grana padano flambado (R$ 79 ou R$ 129 no menu completo), fettuccine no grana padano flambado e trufado (R$ 89 ou R$ 139 no menu completo); mignon grelhado com molho grana e fettuccini no grana padano (R$ 99 ou R$ 149 no menu completo); mignon grelhado com molho trufado e fettuccini no grana padano (R$ 109 ou R$ 159 no menu completo); e fettuccine no grana padano flambado com lascas de botarga e raspas de limão (R$ 99 ou R$ 149 no menu completo).

Para quem optar pelo menu completo, o restaurante oferece dois pratos de entrada: endívia com brie morno e marmelada de maçã com canela ou polenta brustolada com cogumelos e creme de gana padano. Na parte das sobremesas, são três opções de doces: pudim de ovos do Mosteiro de Alcobaça, pudim de leite condensado da vovó ou mousse de chocolate 70%.

O 7º Festival do Fettuccine no Grana Padano acontece entre os dias 01 e 31 de julho, no Ernesto Ristorante (Rua Myltho Anselmo da Silva, n° 1483), no bairro Mercês. O evento é válido durante o jantar, a partir das 19h30, e nos almoços de domingo, a partir das 12h. As reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 4141-5477. Mais informações no Instagram oficial do empreendimento (@ernesto.risto).