Comida di Buteco 2019: Conheça os 24 bares participantes e os petiscos concorrentes

O Comida di Buteco tem uma edição mais do que especial em 2019. São 20 anos da criação do concurso e a 5ª edição em Curitiba. Desta vez 24 bares concorrem ao título de melhor boteco da cidade. Essa disputa acontece de 12 de abril a 05 de maio, período em que público e jurados irão até as casas avaliar os bares e escolher o campeão. Nesta edição, em comemoração a essa história de transformação de vidas através da cozinha de raíz, todos os petiscos do Brasil terão preço fixo: R$ 20.

O processo de seleção para participar do Comida di Buteco começa com a indicação do público. Após visita técnica saem os escolhidos. Para fazer parte do concurso é importante que o bar se encaixe em um perfil: os estabelecimentos devem ser familiares, com o proprietário literalmente à frente do negócio e atrás do balcão no dia a dia.

O principal objetivo do Comida di Buteco é Transformar Vidas através da Cozinha de Raiz – Buteco como extensão da casa. Ou seja, ser uma plataforma de transformação social para esses botecos, que não pagam nada para participar do concurso. “São duas décadas contando histórias de vidas de pequenos comércios familiares, carinhosamente conhecidos como ‘butecos’. O concurso que teve origem em 2000 na cidade de Belo Horizonte, hoje cobre todo o país, e é realizado em 21 cidades. Desde 2016 elege também o melhor buteco do Brasil”, comenta Filipe Pereira, organizador do projeto.

Como funciona – Criado há 20 anos em Belo Horizonte, Minas Gerais, hoje o concurso já está em todas as regiões do País. Além de Curitiba, outras 20 cidades recebem a competição simultaneamente: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Florianópolis, Goiânia, Juiz de Fora, Manaus, Montes Claros, Poços de Caldas, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São Paulo, Uberlândia e Vale do Aço.

Nesta trajetória, muitas histórias de vidas foram contadas e transformadas, e o concurso já extrapolou sua natureza e se tornou um grande movimento nacional de valorização da cultura de buteco e cozinha de raiz. Ele é, propositadamente, realizado simultaneamente e na mesma época do ano (abril/maio) em todas as cidades, para demarcar abril como o mês do buteco no Brasil, e assim, valorizar e dar importância de calendário a esse ícone da sociabilidade brasileira: o Buteco.

Na prática, ao longo dos 24 dias de concurso todos os botecos são avaliados pelo público que vai até o bar comer o petisco participante, e por um corpo de jurados mantidos sob sigilo. O peso dos votos de cada um deles é de 50% e vai decidir o melhor boteco da cidade. Além do tira-gosto, que contempla 70% da nota, a qualidade do atendimento, a higiene do local e a temperatura da bebida também são avaliadas e têm o peso de 10% cada.

O Comida di Buteco é o único concurso que elege o vencedor com votação presencial. Cada cliente que provar o petisco recebe uma cédula de votação no bar e tem que dar sua avaliação no local. Cada critério é avaliado com nota de 0 a 10. É possível votar apenas uma vez em cada bar. A avaliação é qualitativa e não quantitativa.

Ao final um instituto de pesquisa faz a apuração do grande vencedor, que recebe premiação dos patrocinadores do evento. Após a escolha do melhor boteco de cada uma das 21 cidades participantes ainda acontece uma eleição nacional para eleger o melhor boteco do Brasil. Essa eleição é decidida apenas com o voto de um júri especializado que viaja o País para dar sua nota.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas.

Empresas patrocinadoras em Curitiba

Cerveja oficial: Brahma Extra

Apresentador: Perdigão

Patrocinadores: Coca Cola, Mc Cain

Banco Oficial:  Santander/Getnet

Apoiadores: Reserva 51, Trident, Chandon, Jornal Metro, Abrasel, Convention & Visitors Bureau, Instituto Cultural Curitiba Turismo, Paraná Turismo, SEHA, IMAP, ASCESME, Hotel Nacional Inn, Germer Porcelanas,  Dickies

Promoção: RPC

 

Banco Oficial: Santander/Getnet

Esta iniciativa faz parte da estratégia de patrocínios do Banco, que tem como objetivo associar a marca Santander a renomados eventos de gastronomia, ser reconhecido como o Banco da Gastronomia e, principalmente, gerar negócios em toda a cadeia, desde o produtor rural, passando pelos restaurantes e bares, até o consumidor final.

“O Comida Di Buteco é um concurso democrático e que valoriza o potencial gastronômico regional presente em diversas cidades do país”, afirma Patricia Audi, vice-presidente executiva de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander. “Dentro de nossa proposta de apoiar inovações empreendedoras e culturais, enxergamos a gastronomia como uma grande forma de expressão de nosso povo, além de representar uma cadeia geradora de empregos e renda.”

Clientes Santander que efetuarem o pagamento com cartões do banco ou com o Santander Pass terão 10% de desconto no valor da batata frita participante do concurso.

 

Desafio Perdigão

O Comida di Buteco deste ano ainda tem o Desafio Perdigão. A marca que é a apresentadora oficial do concurso promove uma premiação paralela com os bares participantes. Em todo o Brasil, o boteco que topou o desafio preparou também um prato com a linguiça da marca.

O petisco do Desafio Perdigão é vendido nos botecos participantes e terá um vencedor em cada cidade baseado na decisão da comissão de jurados (em votação secreta). A avaliação leva em conta três quesitos: sabor, criatividade e apresentação. O vencedor de cada cidade leva uma premiação em dinheiro. O público pode pedir nos botecos o petisco Perdigão, mas não recebe ficha de avaliação.

SERVIÇO:

Comida di Buteco em Curitiba

De 12/04 a 05/05

www.comidadibuteco.com.br

Facebook: /comidadibuteco

Instagram: _comidadibuteco

Twitter: @_comidadibuteco

Baixe o app ComidadiButeco

Conheça os bares e petiscos participantes da edição 2019 do Comida di Buteco:

 

Alchemia – Exibidinho: Escondidinho de porco ao avesso.
Av. Jaime Reis, 40 – São Francisco
Contato: (41) 3152-0040

Anita Restaurante e Petiscaria – Curitiboca: Homenagem a Curitiba e à Vó Luiza – 4 mini Carnes de Onça, 2 Salsichas Viena enroladas com massa de aipim e especiarias, 3 bolinhos de carne e linguiça Blumenau recheados com creme de queijo e batata-salsa. Acompanham molhos tártaro e barbecue artesanais.

Av. Anita Garibaldi 4596 – Barreirinha
Contato: (41) 3354-0069

 

Armazém do Espetinho – Bolinho do Armazém: Bolinho de carne recheado com cream cheese e bacon, acompanha molho da casa.
Rua Barão de Santo Angelo, 1507 – Xaxim
Contato: (41) 3779-1950

 

Baba Salim – Kebab Especial: Massa assada coberta com gergelim, recheada com uma kafta de carne, queijo e molho especial. Servida com legumes salteados na manteiga e patê árabe de tomate.

Rua Amintas de Barros, 45 – Centro
Contato: (41) 3222-7672

Bar do Durva – Coração flambado: Coração acebolado flambado no conhaque. Acompanha rúcula, pão e molho verde.

Rua Vicente Machado, 783 – Batel
Contato: (41) 3023-3402

Bar do Edmundo – Coxinha baiana: Coxinha feita com ingredientes de moqueca de camarão.

Avenida Erasto Gaertner, 1764 – Bacacheri
Contato: (41) 3257-2407

 

Bar dos Passarinhos – Flor de camarão silvestre: Petisco de camarão, suavemente puxado em ervas silvestres e montado em “pote” de espinafre.

Rua Desembargador Ermelino de Leão, 511 – Centro
Contato: (41) 98731-8149

 

Bar do Giraldi – Trouxinha de tilápia: Trouxinhas empanadas e fritas de filé de tilápia recheadas com farofa de camarão.

Rua Schiller, 200 – Cristo Rei
Contato: (41) 3503-7339

Boteco de Sampa – Pata de onça: Carne de onça servida em canudinhos.

Rua Alferes Poli, 1850 – Rebouças.
Contato: (41) 3332-6441

Cabana Bar & Petiscaria – Mignon à moda da casa: Mignon com molho madeira e champignon. Acompanha pão, alho assado e maionese.

Av. Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco, 655 – Cristo Rei
Contato: (41) 3153-0935

Casa do Jão – Fraldinha da Vó Rufina: Fraldinha marinada, recheada com dois queijos e mix de legumes grelhados, coberta com molho cremoso de mostarda. Acompanha pão caseiro de torresmo e limão.

Av. Três Marias, 287 – São Braz.
Contato: (41) 3148-0188

Casa Velha – Enrolando a berinjela: Bolinho de berinjela com carne recheado com ricota e tomate seco.

Rua Mateus Leme, 5981 – Abranches
Contato: (41) 3354-4050

Dom Rodrigo – Papá de Los Hermanos: Carne com batatas rústicas e torresmos, cobertos com molho quatro queijos.

Avenida Toaldo Túlio, 2275 – Santa Felicidade
Contato: (41) 99138-6566.

Jacobina – Meu Xodó: Releitura de um amor antigo. A tradicional quesadilla fatiada e empanada. Metade a tradicional, de queijo temperado com vinagrete, e a outra metade de carne-seca com requeijão.

Rua Conselheiro Carrão, 348 – Juvevê
Contato: (41) 3016-6111

Jambu Bar Jardim – Abapuru: Discos de mandioquinha salsa chapeados, maionese picante, porco fatiado e jambu com cebola caramelizados.

Rua Petit Carneiro, 790 – Água Verde

Contato: (41) 3029-2396

 

Jardinete Café, Bar e Restaurante – Coxinha de farofa: farofa úmida de legumes com cogumelo ou de frango com legumes, moldada em formato de mini coxinhas envoltas na massa de pastel.
Rua Manoel Ribas, 297, Loja 2 – Mercês
Contato: (41) 98844-3485

 

O Portão – Tilápia com molhos especiais: Tilápia em tiras empanada sem glúten com acompanhamento de três molhos: apimentado, agridoce e refrescante.

Rua Augusto Demari, 4069 – Portão.
Contato: (41) 3329-5541

 

Paraguassu – Bolinho de mandioca recheado com carne-seca e banana da terra caramelizada: massa do bolinho feita de mandioca amarela recheado com carne-seca desfiada, saborizada com cebola tostada no azeite de oliva e cubos de banana-da-terra caramelizada.

Rua Machado de Assis, 525 – Juvevê.
Contato: (41) 3029-1020

Petiscaria Germânia – Molleja di Gertrudes: Moela de frango cozida ao vinho e temperos especiais salteadas com pétalas de cebola e um toque de shoyu. Acompanha batatas rústicas temperadas.

Rua Lodovico Geronazzo, 1793 – Boa Vista
Contato: (41) 3528-2675

PickNick Bar – SantaPorka: Costelinha de porco temperada com especiarias, marinada em mostarda e limão. Servida com purê de aipim com bacon e calabresa.  Acompanham molhos barbecue e três queijos.

Av. Manoel Ribas, 5966 – Santa Felicidade
Contato: (41) 3273-4279

Puinas Bar – PuinaSteak: Steak tartar preparado artesanalmente a partir de especiarias da casa.

Av. Ver. Toaldo Túlio, 1136 – Santa Felicidade
Contato: (41) 3022-1968

Schnaps – O Ninho do Ossobuco: Ninho de purê de batata gratinado, recheado com ossobuco em cubos; linguiça Blumenau recheada com provolone à milanesa e ameixa preta envolta por bacon. Acompanha molho especial.

Rua André Zaneti, 129 – Vista Alegre
Contato: (41) 3408-2027

 

Vallentina – Sassami da Vallentina: Sassami com mix de especiarias e ervas aromáticas em base de alho, sal e pimenta. Crocante, resulta da mistura com farinhas especiais, queijo parmesão e segredos da Tia Raimunda. Acompanha molhos variados e farofa.
Rua Almirante Gonçalves, 2848 – Rebouças
Contato: (41) 3092-3353

 

Zezito’s – Buraco Quente – Minipão francês quentinho recheado com carne moída especial bovina com um toque final de cheiro-verde fresco.

Rua Dom Pedro I, 345 – Água Verde
Contato: (41) 3014-0828

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba ilumina pontos turísticos de laranja pela prevenção ao câncer de pele

Nesta terça-feira (7/12), a Praça do Japão e a Torre de Cronometragem do Parque Náutico estarão iluminados de laranja, em alusão à adesão de Curitiba ao Dezembro Laranja, a campanha nacional de Prevenção ao Câncer de Pele, promovida pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

A iluminação nesses locais foi feita para essa segunda-feira (6/12) e hoje ainda pode ser contemplada pela população. O objetivo é chamar a atenção dos curitibanos sobre a importância do diagnóstico e do tratamento precoce, além de orientar sobre os cuidados que devem ser incorporados à rotina diária.

O câncer de pele é o tipo de neoplasia mais incidente no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano. Em Curitiba, dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam a projeção de 1.820 novos casos por ano. A boa notícia é que a maior parte, 95%, é do tipo não melanoma, menos agressivo. Além disso, quando descoberto no início, tem mais de 90% de chances de cura.

“Por isso é importante que a população fique atenta aos sinais e sintomas, e procure logo um serviço de saúde”, afirma a dermatologista do Centro de Especialidades de Santa Felicidade da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, Simone Viola Ampuero Gehlen.

Prevenção

De acordo com a médica, a orientação é para que as pessoas fiquem atentas a lesões na pele que não cicatrizam, principalmente nas áreas que comumente ficam expostas ao sol. Sangramentos e pruridos neste tipo de lesões também são sinais de alerta. Segundo Simone, é importante observar pintas com mudança na cor e bordas irregulares.

Em qualquer um desses casos, a orientação é procurar o mais breve possível, um serviço de saúde, para uma avaliação. No SUS Curitibano, a porta de entrada é a unidade de saúde. Caso seja necessário, a unidade faz o encaminhamento do paciente para um especialista.

Além de observar os sinais de alerta, é importante também se prevenir. Medidas básicas do dia a dia que podem ajudar são o uso de filtro solar nas áreas que ficam expostas (com mínimo de fator de proteção solar de 30); evitar o sol entre as 10h e 16h; além de usar chapéu e roupas que protejam a pele o máximo possível da exposição direta ao sol.  

Câmara de Curitiba aprova suspensão de reajuste e limita correção do IPTU em 2022

O projeto da Prefeitura que adia a revisão da Planta Genérica de Valores e garante que o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) não sofra reajuste em 2022 foi aprovado, por unanimidade, nesta segunda-feira (06/12) em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba (CMC). A proposta, que recebeu 38 votos favoráveis, será votada em segundo e último turno nesta terça-feira (07/12).

Confirmada a aprovação, a atualização da Planta Genérica de Imóveis fica adiada para outubro de 2022, sendo que o reajuste que será aplicado valerá para 2023.

Dessa forma, os reajustes que estavam em vigor nos últimos anos, de 4% para imóveis residenciais, e de 7% para terrenos (mais a inflação), não serão praticados no IPTU 2022, que terá apenas a correção pela inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

A revisão da Planta Genérica de Valores atualizaria o valor venal dos imóveis da cidade, de acordo com o mercado. Com isso a cobrança do IPTU poderia variar acima da inflação para aqueles imóveis com valor venal defasado.

“A atual pandemia de Covid-19 teve repercussão no campo econômico, diminuindo a renda de muitas famílias e a receita de muitas empresas, que foram obrigadas a paralisar suas atividades. Fazer essa correção, neste momento, traria inúmeros prejuízos para população”, diz a mensagem da Prefeitura no projeto.

A revisão da Planta Genérica é prevista pela legislação. A Lei Complementar nº 40, de 18 de dezembro de 2001 determina, no § 2º do art. 36, que o Poder Executivo deve encaminhar ao Poder Legislativo, até o dia 15 de outubro do primeiro ano do mandato, projeto de lei com proposta de atualização dos valores unitários de metro quadrado de construção e de terrenos, constantes na Planta Genérica de Valores Imobiliários

No entanto, a valorização imobiliária observada nos últimos quatro anos e a entrada em vigor da nova Lei de Zoneamento, em agosto de 2020, provocaram consideráveis alterações na ocupação urbana, com reflexos diretos no valor venal dos imóveis na capital.