Chegam ao Paraná 107.640 doses de imunizantes contra a Covid-19

Chegaram no Paraná, na noite deste domingo (22), 107.640 doses do imunizante Cominarty, produzidos pela Pfizer/BioNTech. Esta é a segunda parte do 42° lote de vacinas contra Covid-19 enviado pelo Ministério da Saúde, que contempla 435.290 novas doses para o Estado.

A primeira parte, com 95,4 mil doses de Coronavac (Instituto Butantan/Sinovac), chegou ao Paraná no domingo pela manhã. A terceira e última parte, com 232.250 da Covishield (AstraZeneca/Oxford/Fiocruz), são esperadas para a noite de segunda-feira (23).

O lote aterrissou no Aeroporto Internacional Afonso Pena, na região metropolitana de Curitiba, às 19h10, e na sequência foi encaminhado para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar). Lá, será organizado e reunido às doses de Coronavac já recebidas para posterior encaminhamento às 22 Regionais de Saúde do Estado.

As doses da Pfizer são divididas entre primeiras e segundas doses, além da reserva técnica. Serão 63.180 unidades para D1, avançando a vacinação do público em geral de 18 a 59 anos, e 33.895 para D2 de pessoas que já começaram seu ciclo vacinal. Os demais 10% vão para reserva técnica.

Das Coronavac, 85.860 doses serão divididas igualmente entre D1 e D2 para a população em geral – sendo 42.930 para primeira e 42.930 para a segunda dose. Os outros 10% serão destinados para reserva técnica. As doses da AstraZeneca, por sua vez, são integralmente destinadas para aplicação da segunda dose, com 10% de reserva técnica.

VACINAÇÃO – Até este domingo, o Paraná aplicou 9.804.230 doses de vacinas contra a Covid-19. Foram 6.909.276 primeiras doses, 2.581.486 segundas doses e 313.468 doses únicas. 82,82% da população recebeu pelo menos uma dose (D1 ou DU), e 33,2% já está completamente vacinada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde aplica 15,2 mil doses no Dia D da multivacinação

Dia D da Vacinação. Curitiba, 23/07/2022. Foto: Lucilia Guimarães/SMCS

O curitibano aproveitou o dia ensolarado para atender ao chamado da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e colocar a carteira de vacinação em dia. No Dia D, promovido neste sábado (23/7), a SMS aplicou 15.211 doses de imunizantes. O atendimento ocorreu em 19 unidades de saúde. 

Foram ofertadas todas as vacinas do calendário geral da rede municipal – como hepatite B, pentavalente, rotavírus – e as da gripe e covid-19. Foram aplicadas 4.567 vacinas de rotina, 4.308 contra a gripe e 6.336 contra a covid-19.

Este foi o segundo Dia D deste ano, mas quem não conseguiu comparecer neste sábado vai poder aproveitar os horários estendidos de cinco unidades na próxima semana.

Para o superintendente executivo da SMS, Juliano Gevaerd, a participação é essencial. “A vacinação em massa nos ajuda a atenuar e reduzir casos de doenças como a covid-19, por exemplo, em que foi possível perceber a queda nos casos graves e internações com a imunização”, reforçou.

Oportunidade

Com a vacina contra a covid e as demais em dia, a projetista Nathalee Borges Paruker Stankewitz aproveitou o sábado de folga para tomar a vacina contra a gripe, na unidade de Saúde Mãe Curitibana. “A carteirinha sempre esteve em ordem, desde criança. Promover uma ação como essa no sábado é bem importante para que mais gente possa regularizar”, comentou.

Foi o que fez o químico Rafael Lorini, que tinha a segunda dose da vacina contra a hepatite B pendente. “Já havia comparecido a uma unidade em um dia normal para regularizar outras doses, é importante estar com as vacinas em dia”, reconheceu.

 

Programa de família

Já que tinha que levar o filho Pietro, de 11 anos, para a dose da vacina contra o HPV, o engenheiro Luiz Henrique Carnevalli verificou suas pendências e tomou vacinas contra a febre amarela e a hepatite. “Agora estamos mais sossegados”, disse.

A dona de casa Ana Clara Rodrigues foi com a família toda à unidade Mãe Curitibana. A filha Helena Rodrigues Muniz, de 1 ano e meio, saiu com a carteirinha preenchida e com uma foto do Zé Gotinha de lembrança. “Eu só tenho que tomar a da gripe, mas meu marido e a minha mãe também precisam tomar algumas”, contou. 

Dia D

O Dia D é realizado na esteira do lançamento da campanha de divulgação Quem ama, Vacina da Prefeitura de Curitiba, que reforça a importância da vacinação. 

Este Dia D é feito em conjunto com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), como parte das ações do movimento Vacina Mais, lançado em 29 de junho pela Organização Panamericana da Saúde (Opas), com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional da Saúde (CNS) e o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).
 

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

Cinco unidades de saúde terão horário estendido até 21h para multivacinação

Cinco unidades de saúde terão horário estendido até 21h para multivacinação

Na próxima semana, Curitiba terá mais uma ação para que os moradores coloquem em dia as carteiras vacinais. De segunda (25/7) a sexta-feira (29/7), a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai estender até as 21h o horário de multivacinação em cinco unidades de saúde: Hauer, Mãe Curitibana, Bairro Alto, Santa Felicidade e Vila Feliz (endereços abaixo).

Serão ofertados os imunizantes do calendário nacional para pessoas de todas as idades, além das vacinas contra a covid-19 e contra a gripe (influenza) para o público convocado.

O objetivo é oferecer horários alternativos de acesso à imunização, para que a população fique protegida contra doenças que podem causar internamentos, sequelas ou até a morte. 

“A vacina é a principal ferramenta que temos para combater doenças. Por isso, desenvolvemos diversas ações, como o atendimento no período noturno, para que as pessoas sejam imunizadas”, diz a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Beatriz Battistella. 

 

Todas as vacinas 

Estarão disponíveis todas as vacinas oferecidas na rede municipal: as do calendário geral (como hepatite B, pentavalente, rotavírus e as demais da lista abaixo), para crianças, adolescentes, adultos e idosos (leia mais abaixo).

Todas as pessoas acima de 6 meses também podem receber a vacina contra a gripe (aquelas que ainda não receberam este imunizante em 2022).

Podem procurar a vacina contra a covid-19 todas as pessoas com 5 anos ou mais já chamadas e que ainda não compareceram, além das crianças de 3 e 4 anos, conforme convocação por faixa etária escalonada deste grupo. Confira aqui o cronograma para os curitibinhas.

Além da semana com atendimento em horário estendido, Curitiba também realiza neste sábado (23/7) o segundo Dia D de multivacinação deste ano, em 19 Unidades de Saúde, das 9h às 17h. 

Imuniza Já Curitiba

A oferta a vacinação até as 21h em cinco unidades de saúde na próxima semana é um dos esforços que Curitiba tem feito para ampliar o acesso da população aos imunizantes.

Esta ação é feita em conjunto com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), como parte das ações do movimento Vacina Mais, lançado em 29 de junho pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), com o Conselho Nacional de Secretarias Municipais da Saúde (Conasems), o Conselho Nacional da Saúde (CNS) e o Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

Para imunizar a população, SMS também vacina de segunda a sexta-feira em 107 unidades de saúde, tem feito campanhas de multivacinação aos sábados, como o Dia D, e oferta informações sobre as vacinações da covid no site Imuniza Já Curitiba e em seus canais oficiais (site e redes sociais).

A Prefeitura também lançou a campanha de comunicação Quem Ama, Vacina, espalhada pelo mobiliário urbano da cidade, e levou a carteira vacinal para a palma da mão dos curitibanos com o Aplicativo Saúde Já Curitiba, que informa as doses já recebidas pelo usuário, as que estão em atraso e as que ele ainda tem a receber.

Como consultar doses pendentes

Para verificar se há vacinas pendentes, basta acessar o Aplicativo Saúde Já Curitiba (site ou smartphone), clicar na opção “Carteira de Vacinação” e escolher a aba “Pendentes”, que irá mostrar as doses do calendário nacional de vacinação em atraso.

No caso das vacinas contra a covid-19, confira aqui quais doses você precisa tomar e quais os intervalos entre uma aplicação e outra.

O site Imuniza Já Curitiba também informa quais grupos estão sendo convocados e quais podem comparecer nas repescagens contínuas. 

Vacinas disponíveis

– Vacinas do calendário – BCG, hepatite B, pentavalente, VIP/VOP (pólio), rotavírus, meningo C, febre amarela, tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), varicela, hepatite A, dupla adulto, HPV, dTpa adulto, pneumo 10, pneumo 23, meningo ACWY e DTP (tríplice bacteriana).

– Vacina contra a gripe (influenza) – disponível para pessoas acima de 6 meses de idade que não receberam esta dose em 2022.

– Vacina contra a covid-19 – primeira e segunda doses e doses de reforço (veja aqui o intervalo mínimo entre as doses) para pessoas com 5 anos ou mais. Crianças de 3 e 4 anos também serão vacinadas, conforme convocação por faixa etária escalonada deste grupo (confira o cronograma para os curitibinhas aqui). 

Multivacinação em horário estendido

De segunda (25/7) a sexta-feira (29/7) – das 8h às 21h  

Oferta de todas as vacinas do calendário nacional de imunização, doses contra covid-19 e contra gripe

Distrito Sanitário Boa Vista

Unidade de Saúde Bairro Alto

Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

Distrito Sanitário Boqueirão

Unidade de Saúde Hauer

Rua Waldemar Kost, 650 – Hauer

Distrito Sanitário Matriz

Unidade de Saúde Mãe Curitibana

Rua Jaime Reis, 331 – Alto do São Francisco

Distrito Sanitário Pinheirinho

Unidade de Saúde Vila Feliz

Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

Distrito Sanitário Santa Felicidade

Unidade de Saúde Santa Felicidade

Via Veneto, 10 – Santa Felicidade

Veja a matéria no site da Prefeitura de Curitiba