CCXP Worlds começa nesta sexta (4/12) com 150 horas de programação e tecnologia dos games para experiência imersiva

A Journey of Hope começa nesta sexta, 4/12, com mais de mil convidados, entre quadrinistas e estrelas de Hollywood, como Penélope Cruz e Andy Garcia. Festival usa tecnologia dos games e efeitos especiais para experiência imersiva, além de ter quatro estúdios montados para produção de conteúdo ao vivo, respeitando todas as regras de convivência durante a pandemia. Serão seis streamings simultâneos e mais de 150 horas de conteúdo, com expectativa de alcançar 100 milhões de pessoas ao redor do mundo.

São Paulo, 3 de dezembro de 2020 – Está preparado para a edição virtual do maior festival de cultura pop do mundo? Então marque na sua agenda: a CCXP Worlds: A Journey of Hope começará amanhã (4/12), a partir das 14h e vai até domingo (6), com mais de 150 horas de conteúdo exclusivo e mais de mil artistas, incluindo Andy Garcia de O Poderoso Chefão, ZENDAYA e Sam Levinson da série Euphoria, Jessica Chastain e Penélope Cruz no painel da Diamond, os irmãos Joe e Anthony Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, além dos prestigiados quadrinistas Neil Gaiman, Art Spiegelman e Tom King. Todos os conteúdos poderão ser acessados de forma gratuita por meio da plataforma https://www.ccxpworlds.com, desenvolvida com tecnologia dos games para transportar os fãs para um ambiente imersivo.

Os visitantes também poderão contar com uma série de atrações promovidas por estúdios, incluindo um Megapainel da Warner com seis horas de novidades, conteúdos da Globo com inúmeros lançamentos de Globoplay e convidados como Claudia Raia, Mariana Ximenes, Alexandre Nero, Lazaro Ramos e Tais Araújo, Seu Jorge, Marjorie Estiano; e das séries de sucesso internacional, como os atores Kristofer Hivju, de ‘Twin’, e Terry Crews de ‘Todo Mundo Odeia o Chris’. Ainda haverá um estande virtual do Globoplay com experiências imersivas e muitas novidades.

Todo o conteúdo estará em uma plataforma especialmente desenvolvida para o festival com tecnologias do universo dos games. Pela primeira vez no mundo, um evento ao vivo vai usar a tecnologia Unreal (a mesma do Fortnite) para criar um cenário virtual em que 100 mil avatares irão reagir ao conteúdo divulgado pelos estúdios – os sons usados foram captados do espaço físico em edições anteriores para tornar a experiência ainda mais real.

Por meio de um mapa virtual 3D, inspirado em League of Legends, ainda será possível navegar por 12 mundos diferentes: Thunder Arena, Artists’ Valley, Oi Game Arena, Creators & Cosplay Universe, Omelete Stage by Santander, CCXP Store, Meet & Greet, Hollywood Strip, Chiaroscuro Studios, Iron Studios, Geek Hall e CCXP Tips. E mais: não terá fila ou limitação de pessoas por atração – inclusive o Thunder Arena, um dos auditórios mais disputados da CCXP. Tudo isso foi fruto do trabalho de uma equipe de 200 pessoas que trabalharam por quatro meses de forma remota para criar o maior festival de cultura pop do universo, inclusive Tatiana Leite, diretora de efeitos especiais brasileira que tem no currículo produções de Hollywood como “O Rei Leão”, “Animais Fantásticos” e “Capitã Marvel”.

Com a expectativa de impactar 100 milhões de pessoas em mais de 50 países, serão seis transmissões simultâneas – incluindo a Live das Lives, com todo o que acontece de melhor do festival sendo transmitido pelo Facebook e por influenciadores ao redor do mundo. Tudo estará em português e inglês, com opções de acessibilidade por meio de legendas ao vivo e de closed caption.

Todos os mundos da CCXP Worlds

Um meteoro caiu no deserto, abrindo uma cratera que se transformou no principal palco da CCXP Worlds: a Thunder Arena, que chega à edição virtual totalmente repaginada. A cenografia criada por meio de tecnologia Unreal colocará os novos apresentadores do espaço, Marcelo Forlani e MariMoon, em meio a 100 mil avatares que representam a diversidade do público da CCXP. Para lá também serão transportados os artistas dos principais estúdios do mundo, que participam de painéis contagiantes, tanto os fãs virtuais quanto os reais – já que os sons dos anos anteriores foram captados para representar a reação do público no local. Dentre os artistas confirmados estão os atores Henry Golding, Milla Jovovich, J. K. Simmons, Lana Parrilla, Vince Vaughn, Kathryn Newton, Dafne Keen e Amir Wilson. Para ter acesso a prévia da programação geral basta entrar neste link: https://www.ccxp.com.br/media/ccxpworlds-programacao_1.pdf

O Artists’ Valley será mais um ponto alto da CCXP Worlds. Com mais 500 artistas nesta edição, o público poderá aproveitar duas experiências diferentes. Será possível navegar por 536 mesas virtuais para interagir com artistas de 11 países e comprar trabalhos que representam a diversidade da área, com obras de temas como super-heróis, jornalismo, LGBTQIA+, charge, aventura, erótico e ficção-científica, entre outros. Na plataforma, os visitantes podem buscar as obras não só pelo nome do quadrinista, mas também por assunto, personagens, gênero etc. Cada artista terá uma página onde será possível conversar com o fã por chat e abrir a câmera para realizar sua própria live. Quem preferir, poderá aproveitar a programação do palco que vai reunir outros 146 artistas de peso, como Art Spielgman, Dave Gibbons, Jill Thompson, Jeff Lemire, Trina Robbins, Tom King e Emil Ferris. Entre os conteúdos, estão entrevistas exclusivas que prometem grandes revelações, batalhas de desenhos e muito entretenimento para os fãs.

A representatividade também é destaque no Creators & Cosplay Universe, que reúne dois espaços da CCXP em um único mundo. Conhecido como o local de interação entre fãs e os principais criadores de conteúdo da web, o Creators contará com conteúdos voltados para diversidade étnica, capacitiva, LGBTQIAP+ e etária. Comandado por uma dupla de apresentadores por dia – Lorelay Fox e Blogueirinha, Foquinha e Matheus Pasquarelli e Bielo e Samir Duarte – o espaço será ainda mais interativo e recheado de brincadeiras, talk shows, podcasts, espetáculos musicais e muito mais. O palco receberá ainda a grande final do Concurso Cosplay – no domingo, 6/12 – e haverá também workshops exclusivos para quem quiser ingressar neste universo.

A Oi Game Arena ganha um novo formato na CCXP Worlds. Além do já tradicional conteúdo competitivo, haverá painéis de mercado e conteúdo até de madrugada para ninguém ficar sem programação. Este ano, o espaço será apresentado por Gordox, Petar Neto, Bruna Balbino, Gab Zambrozuski, Ana Xisdê e Maah Lopes. Já o Omelete Stage by Santander é parada obrigatória para quem quiser saber o que pensam os influenciadores do principal site de cultura pop do Brasil. Na ocasião, o público também poderá saber mais sobre as novidades do Omelete e conhecer os novos apresentadores. E fã nenhum fica em casa e de sacola vazia. Além da CCXP Store, que terá produtos exclusivos da CCXP – como o pôster desta edição – também será possível olhar as vitrines no Geek Hall, onde estarão todas as marcas parceiras do festival. Além disso, haverá o Hollywood Strip, onde estarão as ativações das marcas que participam do desta edição. Para saber as dicas do que comer, como se vestir e estar totalmente pronto para a maratona do festival, o CCXP Tips é o lugar ideal.

Meet & Greet

Quem espera o ano todo para ter um encontro com seu ídolo terá duas opções de Meet & Greet virtuais. Será possível participar de uma chamada em grupo (com até 10 pessoas) de 45 minutos. Haverá ainda o encontro individual, que será uma chamada de vídeo privada entre fã e artista, com até 2 minutos de duração. Quem quiser ter uma recordação para guardar, poderá optar por receber um vídeo do seu artista preferido com um “alô” especial. Além disso, o fã ainda poderá comprar um autógrafo.

Parceria global com o Facebook

Pela primeira vez, a CCXP tem uma parceria com a rede social para exibição de conteúdo do festival. Durante todos os dias, será possível conferir ao vivo trechos dos principais painéis e conteúdos na Live das Lives, exibida na página oficial da CCXP no Facebook. Serão mais de 20 horas de programação em tempo real, além dos comentários oficiais do evento pela página do Omelete.

Outra novidade é que o desafio de cosplayers acontecerá com exclusividade no Reels pelo Perfil da CCXP no Instagram. Quem quiser participar, precisa apenas entrar no Reels da CCXP, usar o áudio original da CCXP Worlds e postar o seu vídeo marcando o Perfil da CCXP no Instagram com a hashtags #CCXPWorldsCosplay e #ReelsCCXP.

Em todo o mundo, mais de 200 milhões de pessoas assistem a streamings de jogos todos os meses no Facebook. Para reunir essa comunidade, o Facebook Gaming e a CCXP vão promover um campeonato de três dias com diversos nomes dos games, como Gordox e Petar Neto, que será também transmitido na plataforma pela Página do The Enemy BR.

“Ter o Facebook entre os nossos parceiros vai nos ajudar a expandir ainda mais o conteúdo da CCXP Worlds. Apesar de todos os desafios que vieram com 2020, estamos criando algo totalmente inovador e é importante ter marcas que acreditam no potencial da experiência que estamos entregando ao público. Mais uma vez faremos algo único e levaremos o Brasil para o mundo”, celebra Pierre Mantovani CEO da CCXP. Ao todo, a CCXP Worlds tem cerca de 60 marcas e estúdios, presentes com conteúdos, vitrines e ativações.

Pacotes deixam a CCXP Worlds mais interativa

Todas as transmissões da CCXP Worlds são gratuitas, mas quem adquirir um dos pacotes disponíveis terá acesso a funcionalidades, mais interatividade e conteúdos exclusivos. Será possível conversar com fãs do mundo inteiro por meio de um chat e aparecer nos painéis, em alguns momentos do festival, usando o recurso de Fan Cam a partir de um link gerado pela própria plataforma. Os que não querem perder nenhum detalhe poderão acessar os vídeos on demand – que serão disponibilizados na plataforma em até 24 horas após a exibição ao vivo e ficarão no ar até o dia 13 de dezembro. Já os mais exclusivos dos conteúdos são as masterclasses com três grandes quadrinistas: Jill Thompson, Kim Jung Gi e Mark Waid.

Além dos serviços que fazem parte de todos os pacotes, cada um oferece ao público detalhes que podem incrementar ainda mais a experiência da CCXP. No Digital Experience (R﹩ 35,00), o fã recebe por e-mail uma credencial virtual. Os que fizerem questão de ter em casa o item colecionável podem adquirir o Home Experience (R﹩ 35,00 + RS 21,00 de frete), que tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450,00 + RS 21,00 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP – incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.

Um festival de causas e cuidados com a pandemia

Em 2020, o público poderá perceber uma CCXP ainda mais engajada. A programação colocará em pauta temas relevantes para as diversas comunidades que fazem parte do universo geek, como racismo e homofobia, em apoio aos movimentos LQBTQIA+ e Black Lives Matter. A representatividade estará presente entre os convidados e artistas convidados para os palcos e Artists’ Valley. No Creators & Cosplay Universe, o quadro CCXP Talks vai reunir influenciadores de diferentes podcasts para um bate-papo ao vivo sobre esses e outros assuntos como diversidade étnica e capacitiva. Tudo de forma leve e interativa.

Os profissionais do entretenimento, tão afetados pela pandemia da COVID-19, também serão lembrados nesta edição. A CCXP Worlds apoia o movimento Backstage Invisível, que tem como objetivo ajudar trabalhadores que atuam por trás dos palcos das produções. No dia 3 de dezembro, a live que fará o papel da Spoiler Night nas edições físicas, terá uma QR Code para que todos os fãs do festival possam fazer suas doações para estes profissionais. Outra iniciativa que a CCXP apoia é a campanha de financiamento coletivo do quadrinho “Noite de Spoiler”, no qual a história de passa no festival, que será a primeira edição física lançada após a reestruturação da editora Universo Guará.

A pandemia também mudou a forma de trabalho da CCXP. Mesmo com um formato totalmente virtual e grande parte da equipe trabalhando remotamente, a organização tomou diversas medidas para evitar o contágio da doença. Todos os profissionais envolvidos na montagem e filmagens nos estúdios realizam PCR semanalmente. Também são feitos testes rápidos em qualquer pessoa que precise acessar o ambiente. Regras de convívio social como o uso de máscaras e álcool gel, assim como o distanciamento social também estão sendo seguidas pela produção.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope

Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em https://www.ccxp.com.br.

FREE EXPERIENCE – Sem custo, com cadastro

• Acesso à plataforma CCXP Worlds*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo a Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe**

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.

**Não inclui acesso a Masterclasses exclusivas

DIGITAL EXPERIENCE – Valor: R﹩ 35,00

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo a masterclasses

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente

Opção ideal para quem mora fora do Brasil ou não deseja pagar o frete.

HOME EXPERIENCE – Valor: R﹩ R﹩ 35,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo a masterclasses

• Home Kit: receba em casa sua credencial física em um kit com cordão, tag de porta, pin e stickers da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.

EPIC EXPERIENCE – Valor R﹩ 450,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo a masterclasses

• Epic Kit: receba em casa sua credencial física e produtos oficiais CCXP Worlds, como pôster, moletom, camiseta, boné, copo, balde de pipoca, pins, stickers, dois cordões e tag de porta

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

• Valor especial em ingressos da Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Governo encaminha à Assembleia proposta para criação da Polícia Penal; entenda

A criação da Polícia Penal teve mais um avanço no Paraná com o envio, pelo Poder Executivo, de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) à Assembleia Legislativa. O documento foi encaminhado pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior e propõe alterações legais para oficializar este departamento como instituição policial voltada à atividade de execução penal.

O poder de polícia ao Departamento Penitenciário é tratado há mais de um ano pela Secretaria de Estado da Segurança Pública. O tema foi estudado pelo secretário Romulo Marinho Soares, junto com a direção da secretaria. A ideia é dar uma nova perspectiva ao sistema penitenciário do Paraná. Com apoio do Governo do Estado, a proposta de criação da Polícia Penal foi aperfeiçoada e adequada.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

“A Secretaria da Segurança Pública organizou a minuta sobre a criação da Polícia Penal do Paraná. É um passo muito importante esse assunto ser deliberado na Assembleia Legislativa”, disse o secretário Marinho Soares. “Após a sua criação, haverá a regulamentação, que inclui a análise do plano de carreira, as promoções e progressões dos profissionais. Tudo isso envolve uma integração entre as secretarias da Segurança Pública, Administração, Planejamento, Fazenda e Procuradoria-Geral do Estado”.

O envio da mensagem do governador está em consonância com a Emenda Constitucional número 104 de dezembro de 2019, que estabelece a criação da Polícia Penal nas esferas federal, estadual e distrital. O Governo do Paraná, focado em aprimorar o texto, deliberou sobre uma gama de atividades já desenvolvidas pela Polícia Penal do Estado e que precisam ser normatizadas.

Após os trâmites legais na Assembleia Legislativa, com a aprovação do texto, será editada uma Lei Complementar para regulamentação da Lei Orgânica da instituição.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

“É um avanço para o sistema penal no Brasil, principalmente no Estado do Paraná, que é um dos primeiros a elaborar um projeto de criação da Polícia Penal”, afirmou o diretor-geral do Departamento Penitenciário, Francisco Caricati. “Também significa a valorização a todos os funcionários que atuam no sistema penitenciário. Esperamos que isso venha para aprimorar o trabalho que já vem sendo realizado”.

PODER DE POLÍCIA

Com a criação da Polícia Penal, o Departamento Penitenciário do Paraná passará a se chamar Departamento de Polícia Penal (Deppen) e a instituição terá poder de polícia como os demais órgãos de segurança pública do Estado (polícias Militar, Civil e Científica).

Assim, o Deppen terá gestão sobre fiscalização, controle e segurança de unidades penais, além da fiscalização do cumprimento das medidas alternativas à prisão. O texto da proposta prevê os valores da hierarquia e disciplina como norteadores à instituição, bem com a transformação dos cargos de agente penitenciário em policial penal.

TRAMITAÇÃO 

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) terá de aprovar a admissibilidade da PEC. Após isso, será criada uma Comissão Especial que vai analisar o documento. Nessa Comissão os deputados também poderão apresentar alterações ao texto. Somente após os trabalhos da Comissão Especial é que a PEC seguirá para votação em plenário, sendo necessário o voto favorável de 33 deputados, em dois turnos, para a aprovação.

Saiba quais as principais mudanças do Código de Trânsito Brasileiro

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) lançou um e-book com explicações sobre as principais alterações do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A lei 14.071/2020 começa a valer nesta segunda-feira (12). Dentre as diversas mudanças estão a ampliação do prazo de validade do exame de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), aumento do limite de pontos para suspensão do direito de dirigir e a criação do registro de bons condutores. 

Os exames de aptidão física e mental para renovação da CNH não serão mais realizados a cada cinco anos. A partir de agora, a validade será de dez anos para motoristas com idade inferior a 50 anos; cinco anos para motoristas com idade igual ou superior a 50 anos e inferior a 70; e três anos para motoristas com idade igual ou superior a 70 anos.

Há mudanças na quantidade de pontos que podem levar à suspensão. Atualmente, o motorista que atinge 20 pontos durante o período de 12 meses pode ter a carteira suspensa. Agora, a suspensão ocorrerá de forma escalonada. O condutor terá a habilitação suspensa com 20 pontos (se tiver duas ou mais infrações gravíssimas na carteira); 30 pontos (uma infração gravíssima na pontuação); e 40 pontos (nenhuma infração gravíssima na pontuação). 

O diretor-geral do Detran-PR, Wagner Mesquita, destacou que a iniciativa do e-book ajuda a orientar os motoristas paranaenses. “Algumas mudanças trazem grande impacto na população, por isso é importante que todos leiam atentamente as alterações e sigam as leis corretamente”, disse.

O nova lei também torna o recall das concessionárias uma condição para o licenciamento anual do veículo a partir do segundo ano após o chamamento. As mudanças aprovadas pelo Congresso ainda retiram a obrigatoriedade de aulas à noite e mantêm a obrigatoriedade de exames toxicológicos para motoristas das categorias C, D e E a cada dois anos e meio.

As mudanças também impactam a vida dos ciclistas e da vida urbana. Entre as alterações estão o aumento da gravidade da infração para quem não reduz ao passar ciclista e a criação de multa para quem para em ciclovia ou ciclofaixa. Para os pedestres, é necessário prestar atenção na mudança da luz baixa. Não será mais exigidda a luz baixa de dia quando o veículo já dispuser da luz DRL, quando em pista duplicada ou dentro do perímetro urbano.

Confira o e-book completo do Detran-PR AQUI.