Cantora italiana Tiziana Tosca fará show de encerramento do Festival Mia Cara

Com a retomada dos eventos presenciais, a edição deste ano do Festival Mia Cara será encerrada em grande estilo: com uma apresentação da cantora italiana Tosca, dia 11 de setembro, às 19h, no Guairão. Na ocasião, a artista apresentará seu mais recente e aclamado álbum, Morabeza.


Vencedora do famoso Festival di Sanremo em 1996, Tiziana “Tosca” Donati é uma das mais conceituadas cantoras e atrizes italianas. Ao longo de uma carreira com mais de 30 anos, lançou 15 discos, venceu inúmeros prêmios, e colaborou com alguns dos maiores artistas italianos e internacionais, como Ennio Morricone, Nicola Piovani, Chico Buarque, Ivano Fossati, Renzo Arbore, Ron e Lucio Dalla.

O álbum

Morabeza representa uma nova etapa criativa de uma viagem que tem levado Tosca a grandes palcos, numa extensa turnê mundial com passagens em Dubai, Argélia, Tunísia, Brasil, França, Itália e Espanha.


O álbum apresenta canções originais e interpretações de clássicos da música do mundo, cantadas com alguns dos artistas que conheceu nesta viagem, entre os quais os brasileiros Ivan Lins, Arnaldo Antunes, Marisa Monte e Lenine. O trabalho rendeu dois prêmios Tenco nas categorias Melhor Canção (Ho amato tutto) e Álbum de Interpretação.

Ho amato tutto também levou o prêmio de Melhor Composição no Festival de Sanremo de 2020. Composta pelo italiano Pietro Cantarelli, foi adaptada em português por Adriana Calcanhotto, sob o título Amado Tudo. A faixa está disponível pela Biscoito Fino em streaming em todas as plataformas digitais e tem vídeo oficial no YouTube dirigido por Márcio Pulcini.

Uma canção de amor com uma estrutura sem refrão, a música, diz Tosca, “me levou a uma Sanremo inesperada, me fez ganhar prêmios, abriu portas que pensava estarem entreabertas, mas sobretudo deu-me três colaborações com três artistas incríveis. A catalã, magnética Sílvia Pérez Cruz que, subindo comigo no palco de Sanremo e assim vivendo comigo toda a força desta canção, foi a primeira a adaptá-la em sua língua. Depois veio a grande Adriana Calcanhotto, que se apaixonou pela música e fez sua própria versão em português. A bela Awa Ly, uma delicada cantora que mora entre Paris e Itália, finalmente me deu sua reinterpretação do texto em francês. Sinto-me honrada por este trabalho totalmente feminino, também por desmascarar o que é trivialmente dito, ou seja, que as mulheres são competitivas e não cooperativas. Na realidade, há uma harmonia incrível que, ao cruzar as fronteiras, se torna uma emoção única”.

Dez anos de Mia Cara 

Com o mote “Salute a Tutti” (saúde para todos), a décima edição do Mia Cara 2022 retorna com eventos presenciais, de 02 a 11 de setembro, nas cidades de Curitiba e Colombo (PR). Durante dez dias, o festival oferece uma rica programação cultural com festivais de cinema, teatro, danças folclóricas, apresentações musicais, exposições, ações de gastronomia, turismo e esportes.

Realização, apoios e patrocínios 

Com patrocínio da Havan, Santa Maria, Helisul Aviação, Celepar e Sanepar. A realização do 

evento é feita pelo Consulado Geral da Itália em Curitiba, pela ONG Unicultura e pela Trento Edições, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura com apoio da ENIT, ITALOCAM – Câmara Ítalo Brasileira de Comércio e Indústria do Paraná, Sociedade Garibaldi, Sistema SESC Fecomércio Paço da Liberdade, Museu Oscar Niemeyer, Solar do Rosário, Comites Paraná e Santa Catarina, UFPR, Shopping Itália, Centro Cultural Dante Alighieri Curitiba, BRDE, Editora LT, Hospital Angelina Caron, Festval, Prefeitura Municipal de Curitiba, Fundação Cultural de Curitiba, Instituto Curitiba de Arte e Cultura – Icac e Cine Passeio.

Serviço:

Festival Mia Cara – show de encerramento

Data: 11 de setembro de 2022

Local: Guairão

Horário: 19h

Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Link para compra: https://bit.ly/3KdWAFB

Para conhecer o trabalho de Tosca:

Site: tizianatoscadonati.it

Facebook: http://bit.ly/FbTosca

Instagram: http://bit.ly/ToscaIG

Spotify: http://bit.ly/ToscaSP

YouTube: http://bit.ly/ToscaYT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Supercores estreia com Outros Outubros 

Lançada nas plataformas digitais na última sexta-feira (16), Outros Outubros é a canção de estreia do quarteto curitibano Supercores. Produzida pela banda de maneira independente, a canção vem embalar um momento histórico do país. 

Inspirada no clássico do cinema novo ˜Terra em Transe˜, do diretor Glauber Rocha, a canção se lambuza na poesia marginal para contextualizar e traçar um paralelo entre presente e passado.

A própria banda é quem assina a produção do trabalho, que foi registrado no mês de julho no estúdio Casa do Fundo, em Curitiba, com mixagem e masterização de Matheus Bittencourt.


Fundada em maio de 2022 por Eduardo Souza (bateria), Felix Dee (guitarra e voz), Gustavo X (guitarra) e Renato Rigon (baixo, teclas e voz) a Supercores traz em suas raízes a sede pela música brasileira produzida no fim dos anos 60 e toda a década de 70. Artistas como Os Mutantes, Milton Nascimento, Clube da Esquina e Arnaldo Baptista são a base para as composições do grupo que também mergulha de cabeça na influência dos clássicos do rock’n roll dos anos 60 e toda a onda psicodélica que eles geraram e reverberaram.

A banda planeja mais um lançamento para este ano: a música Verticalidade que, segundo o compositor Felix Dee, fala da vida nas grandes cidades verticalizadas pelos edifícios. A previsão de lançamento é o mês de novembro. Além disso, o grupo comenta que tem se dedicado a novas composições e tem se reunido para fazer a pré-produção de mais um trabalho a ser lançado no ano que vem. 

Para saber mais sobre a Supercores acesse: www.instagram.com/supercoresoficial

Ficha Técnica

Felix Dee: Voz, guitarra e composição.

Gustavo X : Guitarra.

Renato Rigon: Baixo, teclas e voz.

Eduardo Souza: Bateria.

Matheus Bittencourt: Gravação, mixagem e masterização.

Produzida por Supercores.

Aberta seleção de músicas para o 16º Fejacan

Estão abertas até o dia 12 de outubro as inscrições para a 16ª edição do Fejacan – Festival Jacarezinhense da Canção. O evento promovido pelo Sesc PR será realizado em Jacarezinho (PR), nos dias 24 e 25 de novembro, no Sesc Jacarezinho.

Cantores, intérpretes, instrumentistas e compositores de todo o Brasil, maiores de 18 anos, podem submeter para análise até três músicas, de caráter popular ou erudito, em língua portuguesa ou em idiomas indígenas, e que não tenham sido apresentadas no Fejacan em edições anteriores.

Os trabalhos inscritos serão avaliados em conceito, qualidade e execução das obras, formato, linguagem, relevância artística, singularidade e inovação por uma comissão que selecionará até 26 músicas inéditas para apresentação no palco do evento.

Os trabalhos selecionados receberão remuneração de acordo com o número de músicas que foram selecionadas e com a distância da cidade de residência do artista até Jacarezinho. Os valores das remunerações variam de R$ 2.400 a R$ 5.950.

De acordo com os organizadores do evento, o Fejacan é uma oportunidade de apresentação e divulgação de artistas, de intercâmbio entre artistas e produtores, de apreciação musical pelo público.

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pelo site do Sesc PR, por meio de formulário on-line, até o dia 12 de outubro.

Clique aqui para acessar.  <https://www.sescpr.com.br/edital/edital-de-selecao-fejacan-2022/>