Alimentação pós-pandemia: o que veio para ficar?

A pandemia chegou e, com ela, todos tiveram que fazer mudanças nas suas rotinas, tanto para preservar a saúde e evitar a contaminação quanto para diminuir o estresse causado pelos ajustes repentinos na rotina. E o que mais mudou? A forma de comprar produtos e até de preparar. Muitos passaram a comer em casa e, consequentemente, alteraram os hábitos alimentares, priorizando a escolha de alimentos mais naturais que fortalecem a imunidade e ajudam na manutenção do organismo.

Em um primeiro momento, as pessoas passaram a comprar mais on-line ou por aplicativos e essa também é uma tendência que ficará fortalecida. Mas, com o tempo, alguns  passaram a apreciar o conforto de fazer as suas próprias refeições, tanto para economizar quanto para manter uma alimentação mais equilibrada. A pesquisa “Alimentação na Pandemia – Como a Covid-19 impacta os consumidores e os negócios” feita pelo Instituto Qualibest junto à consultoria Galunion mostrou que, quando perguntados sobre as tendências culinárias que continuarão depois que a pandemia passar, 74% dos pesquisados responderam: comida saudável, dietas funcionais; outros 73%, citaram a priorização da escolha pela naturalidade e frescor dos alimentos.

“A busca por uma alimentação mais equilibrada que impacta diretamente na saúde do organismo é uma realidade. Indiferente de idade ou se a pessoa é atleta ou não, a pandemia mudou valores, condutas e rotinas. Por isso, a procura pelos alimentos saudáveis cresceu nos últimos anos e, acreditamos que isso continuará. Há muitas informações disponíveis sobre o tema e quem experimentou, não vai voltar atrás”, afirma Anninha Baptista, que, junto com Carol Cerqueira, fundou a MadeReal, empresa que, desde 2018 vem oferecendo granolas, bombs e crackers – tudo 100% plant-based, ou seja, sem uso de origem animal.

A preocupação com a alimentação veio para ficar. Segundo relatório de tendências de alimentos divulgado pelo Whole Food Market, as pessoas estão dispostas a fazer escolhas mais saudáveis e sustentáveis. E esse tipo de alimentação inclui hábitos como menos açúcar e sódio para prevenir doenças como diabetes, colesterol e obesidade e, também, escolhas conscientes com a busca por alimentos orgânicos e do tipo plant- based, que priorizam o uso de legumes, frutas e castanhas.

“É possível comer bem fazendo escolhas saudáveis. O mercado vem se adaptando ao gosto do público, oferecendo produtos saudáveis e que também são saborosos. Na RealMade, priorizamos a qualidade, com o objetivo de oferecer alimentos práticos, facilitando a vida de quem não tem muito tempo para preparar suas refeições, sem deixar de lado os princípios ativos que fazem bem ao organismo”, completa Carol Cerqueira.

Um dos preferidos dos consumidores é a granola vegana de caramelo salgado. Perfeita para ser saboreada com fruta ou até mesmo na salada e o melhor: sem perder a crocância. Rica em fibras e com baixos índices de gordura, pode ser incluída em dietas mais restritivas e é composta por pistache, noz pecan, cranberry, lascas de coco e semente de abóbora. Já a granola proteica, sem adição de açúcar, tem um leve sabor de coco, finalizada com toque suave de canela e de cardamomo. Completam esse cenário degustativo castanha de caju, amêndoa, semente de girassol e de abóbora e flor de sal.

A MadeReal também chama a atenção dos consumidores com os famosos Bombs – combinados que aliam nutrientes e sabor em favor da saúde. 

Tem bomb para fortalecer a imunidade; probiótico; pré-treino; para evitar a fadiga, para promover boas noites de sono e detox. Tem o Bomb 01 (indicado para dar um “up” na Imunidade; O Bomb 02 (indicado para auxiliar na digestão) que tem como principal ativo o vinagre de maçã; o Bomb 03 (Xô Preguiça), que é um excelente pré-treino; o Bomb 04 (Xô Fadiga); o Bomb 05 (Bons Sonhos) que ajuda a melhorar as noites de sono através da combinação de tintura de mulungu, alface, maracujá e erva doce; e o Bomb 06 (Detox) que é indicado para quem quer fazer um detox.

Quem busca um lanchinho saudável não pode deixar de experimentar os crackers, disponíveis nos sabores Original, Lemon Pepper e Canela. São todos sem glúten, veganos, crocantes e preparados com ingredientes ricos em nutrientes como a castanha do Pará, semente de girassol, semente de chia e gergelim. Os de lemon trazem na combinação de ingredientes um toque suave de pimenta do reino e do limão. Já os de canela, trazem o toque do açúcar de coco e da canela. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.