Agências do Trabalhador têm 3.158 vagas disponíveis no Paraná; 1.059 são em Curitiba e RMC

As 216 Agências do Trabalhador do Paraná disponibilizam nesta semana 3.158 vagas de empregos com carteira assinada em empresas do Paraná. Do total, 1.059 estão disponíveis nas agências de Curitiba e Região Metropolitana.

As Agências do Trabalhador são vinculadas à Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho. As vagas ofertadas neste período abrangem todos os setores econômicos – indústria, serviços, comércio e construção civil. As principais oportunidades são para auxiliar de linha de produção (2.063 mil vagas), abatedor de aves (165 vagas), operador de telemarketing ativo e receptivo (160 vagas) e auxiliar administrativo (95 vagas).

“A oferta de vagas é um reflexo direto do esforço do governo Ratinho Junior para atrair empresas ao Estado e da política adotada por nossa secretaria de uma gestão proativa de captação de novas vagas de emprego”, afirma o secretário de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost.

ATENDIMENTOS

Os atendimentos presenciais são realizados mediante agendamento prévio, das 9h às 17h. Os interessados nos serviços podem agendar pelo site http://www.justica.pr.gov.br/Trabalho.

O atendimento presencial e os horários podem ser alterados de acordo com decretos municipais relacionados a medidas de combate à Covid-19.

Os interessados nas vagas ofertadas também podem buscar orientação entrando em contato com as Agências do Trabalhador do município, pela página da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho com as regionais ; ou pelo aplicativo Sine Fácil, disponível gratuitamente para celulares Android e IOS, ou ainda pelo site Emprega Brasil 

O trabalhador também pode habilitar o Seguro Desemprego através do Aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível nas lojas de aplicativos de celular Android ou IOS.

SUPORTE

 Empresários e trabalhadores que ofertam ou buscam vagas de trabalho e que tenham dificuldade de finalizar o atendimento nas ferramentas digitais podem buscar o suporte técnico por meio do Chat do Trabalhador

Em Curitiba, para ofertar vagas, o contato pode ser feito através dos telefones (41) 3883-2220, 3883-2228, 3883-2239 e 3883-2236.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Madalosso incentiva campanha de vacinação infantil e oferece descontos para crianças vacinadas

A partir da próxima quarta-feira (19.01), as crianças que apresentarem o comprovante de vacinação contra a COVID-19 ganham uma porção da famosa Polenta Kids – polenta palito servida em uma embalagem divertida e interativa. A promoção que já foi feita pelo restaurante para a população adulta, tem o objetivo de incentivar a campanha de vacinação infantil e será válida de segunda-feira a sexta-feira no Container Express – exceto as terças que o mesmo encontra-se fechado – para crianças de 5 a 11 anos, mediante fornecimento do CPF e disponível apenas para uma retirada por criança.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Curitiba deu início a vacinação contra a COVID-19 em crianças de 5 a 11 anos nessa segunda-feira (17.01), começando pelos grupos prioritários – que acometem crianças acamadas, institucionalizadas e indígenas. Após a vacinação do primeiro grupo, a capital terá no total dez unidades de Saúde disponíveis para a vacinação dos pequenos curitibanos. A campanha serve como um lembrete e um incentivo às famílias a levarem suas crianças para realizar a imunização adequada, além de demonstrar o total apoio do restaurante em relação a importância da vacinação na população infantil.


Serviço:
Família Madalosso
Av. Manoel Ribas 5875, Santa Felicidade
(41) 3372-2121

95% da população vacinável de Curitiba recebeu pelo menos uma dose da vacina anticovid

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba vacinou, até a última sexta-feira (14/1), 1.582.431 pessoas com a primeira dose ou a dose única (Janssen) da vacina anticovid, o que corresponde a 81,2% de toda a população da cidade. Considerando o recorte de pessoas com 12 anos completos ou mais, esse percentual sobe para 95%.

A partir desta segunda-feira (17/1), a cidade passa a contar com um novo público elegível para receber os imunizantes contra o coronavírus: as crianças de 5 a 11 anos começaram a receber a primeira dose da vacina pediátrica da Pfizer, começando pelos públicos prioritários (crianças acamadas, institucionalizadas e indígenas).    

Em relação à população completamente imunizada (com duas doses ou dose única), a cobertura chegou a 76,3% na população em geral. Considerando o recorte de pessoas com 12 anos completos ou mais, o percentual sobe para 89,3%. Assim, a cidade está próxima de ter 9 entre cada dez curitibanos com 12 anos ou mais já completamente imunizados. 

Ao todo, Curitiba já aplicou 3.516.330 unidades do imunizante, sendo 1.544.104 primeiras doses e 1.449.307 segundas doses; 38.327 doses únicas; e 484.592doses de reforço.

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.422.176 receberam a primeira dose; 1.366.791 receberam a segunda dose e 38.327 pessoas receberam a vacina em dose única.

Curitiba também está aplicando as doses de reforço para quem já completou o ciclo de imunização. Até sexta-feira (14/1), 484.592 pessoas receberam a dose complementar.

Adolescentes de 12 a 17 anos

Até o momento, a SMS vacinou 121.928 adolescentes entre 12 e 17 anos. Destes, 82.516 já receberam também a segunda dose.

Doses recebidas

Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 3.762.953 unidades do imunizante, sendo 1.667.812 primeiras doses (incluindo 9.870 doses pediátricas);  1.541.643 segundas doses; 38.290 doses únicas; e 515.208  doses de reforço. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como a quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar mais de 30 mil pessoas por dia, já tendo aplicado 45,6 mil doses em um único dia, e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.

Confira detalhes da vacinação contra a covid-19 no Painel Covid-19 Curitiba.