Ações virtuais do MON alcançam mais de 3 milhões de pessoas

O Museu Oscar Niemeyer (MON) intensificou a produção de conteúdo virtual, aumentando o público nas redes sociais e propiciando conhecimento e descontração neste período de distanciamento social. As atividades realizadas pelo MON já alcançaram mais de três milhões de pessoas pelas redes sociais da instituição.

“As ações virtuais deixaram de ser apenas informativas para se transformarem em vivências e experiências que proporcionam trocas enriquecedoras com quem acessa”, afirma a diretora-presidente do MON, Juliana Vosnika. Ela destaca que as ações online nasceram de um desafio, mas tornaram-se uma maneira de integrar, conectar e fazer com que as equipes internas do Museu conduzissem esse momento. “O enorme alcance obtido demonstra que as ações têm sido muito bem-aceitas pelo público”, diz.

Tradicionalmente realizadas às quartas-feiras e domingos no Museu, as oficinas artísticas, por exemplo, foram adaptadas e podem ser feitas a distância, com materiais simples, que geralmente as pessoas têm em casa.

Em cinco meses, foram disponibilizadas mais de 40 oficinas, via YouTube, Instagram e Facebook – com alcance superior a 260 mil pessoas.

Todo o material pode ser encontrado nas redes sociais, com a hashtag #monemcasa, no canal do YouTube ou no hotsite: museuoscarniemeyer.org.br/mon/monemcasa/.

Muitas outras ações foram lançadas pelo MON durante a quarentena, como quiz semanal sobre o mundo das artes, séries temáticas de mediações sobre diversos assuntos, entre eles design, retratos do acervo e curiosidades sobre a arquitetura do Museu, entre outras atividades.

O programa Arte Para Maiores, direcionado para o público com mais de 60 anos, também ganhou uma versão virtual, que já alcançou seguidores até mesmo fora do país.

Atualmente há 13 exposições disponíveis na página do MON na plataforma Google Arts & Culture, incluindo “Man Ray em Paris”, “África, Mãe de Todos Nós” e “Ásia, a Terra, os Homens, os Deuses”. O site do Museu oferece visita virtual 3D a 88 exposições promovidas pelo MON desde 2010. São mostras de artes plásticas, fotografia, vídeo, arquitetura e design, incluindo exposições de artistas do acervo e sucessos internacionais. Com o recurso disponível, o visitante percorre as salas e os corredores da instituição, que é o maior museu de arte da América Latina em área construída.

Artistas do Acervo

O programa Artistas do Acervo também ganhou versão virtual, com encontros transmitidos ao vivo pelo canal do MON no YouTube.

Até novembro, com o tema “Conforto em Confronto”, haverá diálogos conduzidos pelo professor e curador Paulo Reis e convidados, como a artista e fotógrafa Milla Jung, os designers Carol Armellini e Paulo Biacchi, e a artista e professora Fernanda Magalhães. O encontro com a artista Tatiana Stropp já está disponível no canal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Restaurante indiano Tuk-Tuk está de casa nova

O restaurante Tuk-Tuk, especializado em comidas tradicionais e originais indianas e tailandesas está de casa nova: há 800 metros do antigo restaurante, o espaço está localizado na rua Camões, 1122, no Alto da XV. Atende de segunda a sexta-feira das 11h às 15h e 18h às 22h30, e aos sábados e domingos das 11h às 16h e 18h às 22h30.

O empreendimento é comandado pelo chef de cozinha Yuri Ogurtsova, que construiu sua carreira gastronômica em suas viagens pela Ásia, onde aprendeu técnicas e receitas diretamente com o chef indiano Murli. No cardápio do restaurante, entre as receitas mais famosas estão o Pad Thai, o Chicken Tikka Masala e Palak Paneer. Além de opções de comidas para clientes veganos e vegetarianos.

A inspiração do nome Tuk-Tuk é uma referência aos pitorescos carrinhos que circulam nas ruas e vielas da índia e da Tailândia. Simboliza a proposta de ser um restaurante comprometido em oferecer uma experiência gastronômica completa, servindo de maneira informal, como se o cliente estivesse viajando para provar a famosa comida de rua de Bangkok, um dos principais destinos gastronômicos do mundo.

O Tuk-Tuk conta também com uma unidade no bairro Bigorrilho, na rua Euclides da Cunha 1636.

SERVIÇO

Tuk-Tuk Restaurante

Rua Camões, 1122 – Alto da Xv

Aberto de segunda a sexta-feira das 11h às 15h e 18h às 22h30, e aos sábados e domingos das 11h às 16h e 18h às 22h30

Instagram: @tuktuk.br

Contato: Unidade Alto da XV (41) 99287- 7149 e unidade Bigorrilho (41) 9184-2913

Crédito da foto: Rafael Ribeiro.

Frutos da Terra comemora 20 anos de tradição

A palavra tradição é marca registrada no Caminho do Vinho, rota turística de São José dos Pinhais. Caracterizado por bons vinhos e negócios familiares que passam de geração em geração. Tradição que é presente no restaurante Frutos da Terra, que neste mês de janeiro completa 20 anos de história. O restaurante foi o primeiro da região que veio a se tornar um centro gastronômico anos depois. A família que hoje comanda o restaurante, foi uma das fundadoras do Caminho do Vinho, e hoje o local é um dos maiores da rota, possuindo atrações para além da gastronomia. O espaço também possui pedalinhos, parquinho, Mirante e uma nova Trilha na Natureza, estendendo o lazer dos clientes.

O restaurante que começou, na verdade, como uma leiteria teve que usar do poder de reinvenção para fazer o negócio sobreviver em meio a uma crise de leite vivida à época, passando a ser pesque e pague e servindo almoços. “Todo mundo achava que era loucura fazer um restaurante do meio do ‘nada’, ‘no meio do mato’. ‘As pessoas não iriam ir tão longe apenas para almoçar’, e também diziam que o restaurante não iria vingar. No início realmente foi muito difícil, atendíamos apenas com reserva. Tinha final de semana que amanhecia aquela chuva, aquele frio, e ficávamos esperando para ver se haveria alguma reserva”, recorda Wilma Snchuke, fundadora, proprietária e chefe de cozinha do restaurante. 

O que parecia impossível para muitos, tornou-se realidade com a dedicação de Wilma e seus familiares. Hoje, o Frutos da Terra conta com vasta opção de comida, com os buffets de pratos quentes, saladas e sobremesas. Os pratos continuam sendo preparados por Wilma até hoje, que sempre zelou pela qualidade de cada alimento produzido e não abre mão de fazer cada opção do cardápio.

Os planos para o restaurante não param, o espaço que já foi ampliado até para uma petiscaria e segue firme para os próximos 20, 40, 100 anos, e ainda zelando pelo carinho na produção da comida, que também se estende ao cliente. “Nesses 20 anos temos orgulho de dizer que tínhamos clientes que eram crianças que vinham com os pais e hoje já são adultos e trazem seus filhos também. É um privilégio poder ter clientes que acabam criando um vínculo de amizade e se tornando parte da nossa grande família frutos da terra”, finaliza Wilma.

Serviço:

Horário: aos sábados, domingos e feriados, das 11h30 às 15h

Endereço: Rua Augusto Micrute, 3555. São José dos Pinhais.

Telefones: (41) 3635 1201 – (41) 99644 2038

Crédito da foto: Rafael Ribeiro.

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com