Acidentes no transporte coletivo caíram 46%

O número de acidentes no sistema de transporte coletivo de Curitiba caiu 46% desde 2019. Segundo levantamento da Urbanização de Curitiba (Urbs), ocorreram 834 acidentes envolvendo ônibus de janeiro a setembro de 2021 entre colisões, atropelamentos e quedas de passageiros. No mesmo período de 2019 foram 1.537 acidentes.

Mesmo com a retomada do movimento nas ruas em 2021, provocada pela flexibilização das restrições sanitárias e pelo avanço da vacinação, o número de acidentes está 10% abaixo do registrado no mesmo período de 2020, quando foram apuradas 924 ocorrências de janeiro a setembro.

Em todo o transporte coletivo da capital, o número de colisões envolvendo ônibus diminuiu 43%, de 1.197 para 681, e o de atropelamentos reduziu 47%, de 90 para 47. O número de quedas de passageiros foi 51% menor, passando de 187 para 91.

Também houve diminuição de outros acidentes, como situações em que o ônibus colide com grade de terminal, atropelamento de animais e quebra de vidros devido a galhos e fios baixos. Essas ocorrências tiveram redução de 76%, de 63 para 15.

Por que?

Novas tecnologias, renovação da frota de ônibus, treinamento de motoristas e aperfeiçoamento dos serviços de manutenção dos veículos ajudam a explicar a diminuição nos acidentes, na avaliação do presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

“Curitiba avançou nos últimos anos,  com recorde de renovação de frota – foram 535 novos ônibus desde 2017. O volume representou uma renovação de 40% da frota”, disse.

Os veículos têm novas tecnologias de segurança, como a que garante a redução automática da velocidade dos biarticulados nas canaletas quando próximos a locais de grande fluxo, como shoppings, praças e escolas. Os ônibus novos também possuem pneus e sistemas de frenagem mais eficientes.

Além disso, para maior segurança dos passageiros, os 535 ônibus possuem dispositivos para evitar a aceleração com as portas abertas e também para impedir que estas sejam abertas com o veículo em movimento.

Os ônibus articulados e biarticulados possuem câmeras exclusivamente dedicadas à orientação do motorista para o acoplamento na estação-tubo e também ao desembarque de passageiros no caso daqueles veículos com acesso por escadas, como os da linha Interbairros II.

As novas tecnologias têm ajudado a reduzir os acidentes nas canaletas dos expressos – onde circulam os biarticulados e articulados. O número de acidentes nos corredores exclusivos caiu 41%, de 384 para 225 na comparação entre janeiro e setembro de 2019 e o mesmo período de 2021.

Inspeção

Os sistemas de segurança embarcados são especificados pela equipe técnica da Urbs para os fabricantes dos ônibus. Os veículos são periodicamente inspecionados, inclusive com teste de rodagem para verificar a conformidade de seu funcionamento e assegurar que os ônibus circulem nas linhas do transporte coletivo com segurança operacional.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba (Setransp), Mauricio Gulin, a queda no número de acidentes é resultado de um conjunto de ações, com destaque também ao investimento das empresas na capacitação.

O treinamento dos motoristas tem como foco a direção defensiva, isto é, conduzir o ônibus de maneira a prevenir acidentes. Além disso, as equipes de manutenção das empresas estão em constante evolução. Em algumas garagens, o mecânico fica encarregado de cuidar sempre dos mesmos veículos. Dessa forma, ele conhece o histórico do carro, as inspeções já realizadas e suas características, explica Gulin.

Conscientização

Apesar dos avanços, ainda há muito que se fazer, na avaliação do presidente da Urbs, principalmente em relação à maior conscientização da população para evitar condutas de risco, como o uso de canaletas dos expressos por ciclistas e pedestres.

A circulação de pedestres e ciclistas nas canaletas é proibida. As canaletas são exclusivas para circulação do transporte coletivo e para veículos que fazem atendimentos de emergência hospitalares e de segurança pública, mas continuam sendo utilizadas por uma parcela dos ciclistas na cidade.

Agentes de trânsito e guardas municipais desenvolvem ações educativas, de forma periódica, para alertar motoristas sobre o respeito a ciclistas e, também, atividades específicas com ciclistas sobre condutas perigosas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Prefeitura de Curitiba e CIEE oferecem 575 vagas em cursos gratuitos; veja como se inscrever

A Prefeitura de Curitiba está oferecendo neste mês 575 vagas em dez diferentes cursos de desenvolvimento comportamental. Os cursos são gratuitos e ofertados pela Fundação de Ação Social, em parceria com o Centro Integrado Empresa-Escola (CIEE-PR). A programação teve início na última quarta-feira (1/12) e vai até o dia 16.

Divididos em 23 turmas, os cursos têm duração de quatro horas e serão realizados em oito regionais da cidade, nas unidades dos Liceus de Ofícios, nas Ruas da Cidadania, nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e em unidade de acolhimento para pessoas em situação de rua.

As inscrições devem ser feitas pelo Portal Aprendere da Prefeitura, no link https://aprendere.curitiba.pr.gov.br/

Mais informações podem ser obtidas na Central Liceu de Ofícios, nos telefones 3250-7442 e 3250-742, ou no CIEE, pelo telefone (41) 3313-4300.

Programação de cursos

Segunda -feira (6/12) 
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 13h, na Rua da Cidadania Boa Vista.
Marketing pessoal – a arte de se relacionar bem / 13h, na Unidade de Acolhimento Institucional Boqueirão (pessoa em situação de rua).

Terça-feira (7/12)
Atitudes comportamentais – empregabilidade / 8h, no Liceu de Ofícios Pinheirinho.
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru.

Quarta-feira (8/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 8h, no Liceu de Ofícios CAIC Cândido Portinari, na CIC

Quinta-feira (9/12)
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 8h, no Cras Alto Boqueirão
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo, 13h, na Rua da Cidadania Fazendinha
Projeto de vida pessoal e profissional / 13h, Cras Iguape, no Boqueirão

Segunda-feira (13/12)
Auxiliar administrativo – administração – gestão de documentos / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita, no Tatuquara

Terça-feira (14/12)
Auxiliar administrativo – financeiro – contábil / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita
Auxiliar administrativo – administração – gestão de documentos / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, no Liceu de Ofícios Pinheirinho
Qualidade no atendimento ao público: presencial e telefônico / 13h, na Rua da Cidadania Boa Vista

Quarta-feira (15/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em recursos humanos / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita

Quinta-feira (16/12)
Auxiliar administrativo – ênfase em vendas / 13h, no Liceu de Ofícios Santa Rita
Como ter sucesso nos processos seletivos – entrevista e elaboração de currículo / 13h, na Rua da Cidadania Bairro Novo
Inteligências múltiplas no sucesso pessoal e profissional / 8h, na UAI Boqueirão
Qualidade no atendimento ao público: presencial e telefônico / 13h, na Rua da Cidadania Cajuru

Viajantes para o exterior podem antecipar esquema vacinal em Curitiba

Moradores de Curitiba com viagem marcada para o exterior que ainda não completaram o esquema vacinal contra covid-19 podem antecipar a segunda dose ou a dose de reforço, desde que cumpridos os critérios definidos pelo Ministério da Saúde.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) já estava antecipando o esquema vacinal para viagens com fins profissionais ou de estudos, mas agora a antecipação também passa a valer para viagens turísticas.

Com a aproximação das férias e a conclusão de convocação de todos os públicos definidos para receber a primeira dose, a SMS adota essa estratégia para reforçar a imunização, principalmente para aqueles que vão para regiões de menor cobertura vacinal.

“Diante do cenário das variantes que circulam pelo mundo, é importante que os viajantes estejam imunizados para que elas não se espalhem pelo Brasil e para que a população não adoeça”, explica o diretor do Centro de Epidemiologia, Alcides Oliveira.

O viajante deverá comprovar a ida a outro país com a apresentação de passagem em seu nome. A comprovação deverá ser feita diretamente no ponto de vacinação.

Segunda dose

Os vacinados apenas com a primeira dose poderão antecipar a segunda a partir de 21 dias da primeira aplicação para o imunizante da Pfizer e 28 dias para o da AstraZeneca.

Coronavac

As pessoas que receberam as duas doses da Coronavac e irão viajar para países que não reconhecem a eficiência deste imunizante poderão receber uma dose de outra farmacêutica que seja aceita pelo país de destino. Neste caso, deverão ser observadas as normas já estabelecidas para a intercambialidade de vacinas. O intervalo mínimo entre a segunda dose e o reforço de outro imunizante deverá ser de 28 dias.

Além da comprovação da viagem, também deverá ser apresentada a comprovação de que o país de destino não reconhece a Coronavac.

Janssen

Para o imunizante da Janssen, a recomendação do Ministério da Saúde é de que a segunda dose/reforço seja da mesma marca.

Em caso de necessidade de viagem e falta da vacina em estoque, a SMS seguirá a regra da intercambialidade da vacina e fará o reforço com imunizante da Pfizer.

O que fazer para antecipar a vacina

O viajante que se enquadra no intervalo indicado entre 21 e 28 dias a depender do imunizante, deverá procurar um dos pontos de vacinação da cidade das 8h às 17h. Os endereços estão no ImunizaJáCuritiba.

É preciso apresentar documento de identificação com foto, CPF, comprovante de endereço e documentação que comprove a viagem (passagem aérea).

Viagem carro

Aqueles que pretendem viajar para outro país de carro deverão apresentar, além dos documentos exigidos para a vacinação, o comprovante de reserva de hospedagem e um termo autodeclarado de responsabilidade legal pela veracidade das informações apresentadas. O termo está disponível no site da SMS.