terça-feira, novembro 28, 2023
spot_img
InícioCuritibaA Trilha Sonora de um Bairro retrata o rap e a cultura...

A Trilha Sonora de um Bairro retrata o rap e a cultura da Cidade Industrial


Com menção honrosa no Festival Internacional de Cinema de Curitiba – Olhar de Cinema, o filme A Trilha Sonora de um Bairro faz um recorte sociológico corajoso, honesto e profundo da periferia de Curitiba.

Sem qualquer vanguarda acadêmica, mas com uma linguagem fiel à vida na comunidade, o curta-metragem expressa o desejo de quem mora na “quebrada” da CIC (Cidade Industrial de Curitiba) para mostrar, ao mundo, a riqueza cultural e a perseverança escondida na mente, no espírito, nas rimas, nas músicas, na dança, no rap, no hip-hop, no break, em todas as faces da cultura alternativa, do underground e da experiência real dos moradores.

Apoio cultural

Produzido com apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), o documentário inspira-se na música CIC, do grupo J.A.C, formado pelos rappers Menthor, Hauly MC e Betinho Celanex.  

“O movimento, o rap, a cena musical, o filme, tudo se mistura à vida de cada um na comunidade, na ‘quebrada'”, destacou Menthor, integrante do J.A.C. “Quando lançamos a música CIC, que inspira o documentário e sintetiza a nossa vida no bairro, quando batíamos de empresa em empresa da região para conseguir empregos, começamos a promover encontros, aos sábados, para amenizar as ‘tretas’ (brigas) nos bairros e nas vilas da Cidade Industrial. Chamamos o pessoal do rap do Caiuá, da Conquista, do Sabará, da Diadema. Juntamos todo mundo, formamos um grupo apenas e isso uniu a Cidade Industrial e a comunidade. Hoje somos espelho para a moçada e criamos uma identidade da CIC para o mundo”, destacou Menthor, integrante do J.A.C.

Humanização

O filme A Trilha Sonora de um Bairro também retrata o cotidiano, os sonhos, os desafios, os dramas e a realidade complexa dos moradores da CIC.

“A história (do documentário) é uma representação mais plural da realidade da comunidade, com o protagonismo dos moradores em várias cenas. Algo que extrapola até mesmo a música, ao criar um recorte fiel e honesto da realidade de uma periferia de uma grande cidade”, disse o diretor Danilo Custódio, da produtora responsável pelo documentário, Real Cultural.

O rapper Betinho Celanex protagonizou e dirigiu o filme. Ele virou integrante do J.A.C em 2006. “Eu sou um personagem do filme também, assim como vários moradores protagonizaram as cena”, contou.

Lente social

Com apenas 15 minutos de duração, o filme consegue amplificar o contexto no bairro com a lente social da música e da vivência prática dos rappers na comunidade, a realidade contemporânea dos moradores da CIC, dos artistas do rap local, a expressão cultural e as relações humanas. 

Premiado na estreia pela Associação de Cinema e Vídeo do Paraná (Avec-PR), durante o Festival Internacional de Cinema de Curitiba, A Trilha Sonora de Um Bairro faz, essencialmente, um mergulho social, cultural e político pelas regiões da Cidade Industrial de Curitiba. 

Da CIC para o mundo

O filme será exibido, em breve, no espaço cultural Teatro da Vila, mas ainda sem a programação definida. Os produtores também pretendem inscrever o documentário em festivais nacionais e internacionais, com a ideia de propagar a realidade da comunidade, destacar a cena musical e também exportar o slogan Da CIC para O Mundo.



Leia a matéria no site da Prefeitura de Curitiba

MATÉRIAS RELACIONADAS
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img
- Publi -spot_img

As últimas do Busão