7 bares com inspirações e referências em Curitiba

Já entrou em um estabelecimento e se perguntou de onde era algum prato ou de que cultura se originava a decoração nas paredes? A arquitetura, o tempero, a combinação nos drinks e até mesmo o atendimento contam para criar a experiência em um bar ou restaurante. Por isso, com ideias diferenciadas e ambientes imersivos, listamos 7 bares com conceitos que você precisa conhecer em Curitiba:

BARBARAN

Localizado no prédio da Sociedade Ucraniana do Brasil, o BarBaran propõe uma imersão à cultura do leste europeu com muita cerveja e pratos típicos da região. Enquanto o cardápio oferece porções como o varenek (pastéis cozidos ucranianos) e holoptchi (charutos de repolho, recheados com trigo sarraceno e temperos), o espaço é rodeado de imagens de pontos turísticos, prêmios acumulados e decorações referentes à cerveja. Há mais de 10 anos, em um corredor escondido no centro da cidade, o bar presta homenagem à colônia em Curitiba e a todos que a apreciam: um gostinho da Ucrânia e sua culinária única.

Serviço

Endereço: Alameda Augusto Stelfeld, 795 – Centro

Horários: Terça a quinta, 16h à 0h; sexta, 16h à 01h; sábado, 12h à 0h; domingo, 16h às 22h.

 

DOM EXPERIENCE BAR

Recém-inaugurado em dezembro, dentro do Souq Curitiba, o .DOM é dividido em duas versões: uma no andar de cima, destinada a drinks exclusivos e ambiente mais intimista; e outra no térreo, com enfoque em bebidas mais populares e trazer amigos em grande número. Focado na experiência, o bar proporciona sensações diferentes em um mesmo bar: a exclusividade e os drinks elaborados ou, para o público mais casual, o alto drinkability em um ambiente espaçoso com diversas operações.

Serviço

Endereço: Avenida Iguaçu, 4399 – Vila Izabel

Horários: Terça a sexta, 17h às 23h; sábado e domingo, 11h às 23h.

 

GINGER BAR

Com senha para entrar e sem placa visível, o bar secreto – localizado nos fundos de uma galeria – é especializado em drinks com gim. O cardápio, por sua vez, oferece opções para uma refeição completa, desde a entrada, até a sobremesa. Tendo como referência os bares secretos de Nova Iorque, o espaço também lembra antigos cabarés, com a cortina vermelha na entrada, que revela o salão exclusivo para poucos clientes sentados em meio a uma decoração elegante.

Serviço

Endereço: Rua Saldanha Marinho, 1220 – Centro

Horários: Terça, 19h à 0h; quarta a sábado, 19h às 2h.

 

OFFICINA RESTÔ BAR

O próprio nome já diz: uma oficina de drinks no centro da cidade. Sob comando do bartender José Augusto Swaiger, a carta de coquetéis oferece variedade e inovação. Tudo isso combinado a opções de pratos refinados no cardápio dos chefs Vitor Verona e Felipe Machoski. O ambiente, inspirado em bares norte-americanos da Costa Leste, mistura a sofisticação e a arquitetura industrial, além de completar o lugar com referências literárias nas paredes e incontáveis lâmpadas no teto repleto de famosas fotografias.

Serviço

Endereço: Alameda Doutor Carlos de Carvalho, 1154 – Centro

Horários: Segunda, 18h às 22h30; terça a quinta, 18h às 23h30; sexta e sábado, 18h às 0h30.

 

PUNCH & CO

O Punch Drink & Co. é um bar de drinques conceitual que apresenta a proposta de trazer novidades, recriar clássicos e valorizar a interação entre os clientes. A carta de drinks foi feita em parceria pelos bartenders Julio Perbichi, Cris Almorin e Rafael Oliveira – este último atualmente é o head bartender da casa. O conceito do bar envolve os Punchs, drinks para serem compartilhados, servidos em jarra. Com origem no século XVIII, no período da guerra entre Inglaterra e Índia, o drink pode ser preparado com vários ingredientes e formar combinações ótimas para pedir e dividir com os amigos.

Serviço

FRESH Live Market – Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 1652.

Horários: Terça e quarta das 16h às 23h. Quinta das 17h à 00h. Sexta e sábado das 13h à 00h. Domingo das 13h às 22h.

 

QUERMESSE

O espaço é colorido, alegre e com clima de festa. Com inspiração nas comemorações paroquiais, comuns nos interiores do país, o Quermesse mescla o tradicional e o inovador em um espaço que faz jus ao nome. Desde carne de onça japonesa a bife de igreja, o cardápio acompanha drinks tão variados quanto. O capilé, por exemplo, transforma a conhecida caipirinha, adicionando um picolé ao copo. A decoração, por sua vez, lembra inúmeras regiões do Brasil e o espaço rústico intimista une o conceito de boteco tradicional à inovação de uma quermesse inovadora.

 

Serviço

Endereço: R. Carlos Pioli, 513.

Horários: De terça a sexta das 17h à 01h. Sábado e domingo das 12h à 01h.

 

TOKYO-U BAR

O bar é escondido e faz referência aos clássicos bares japoneses. Dentro do restaurante japonês Miyako, tem espaço para sentar no balcão, onde é possível conhecer drinks inovadores em misturas com saquê, enquanto aproveita os pratos orientais do restaurante anexo. O ambiente é simples, mas intimista. Com decorações em neon, o espaço conta com as clássicas lanternas japonesas e detalhes inspirados na cultura nipônica.

Serviço

Endereço: Avenida Presidente Getúlio Vargas, 1011

Horários: De terça a quinta das 19h às 23h30. Sextas e sábados das 19h30 às 00h30.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dia Mundial do Cookie: conheça três locais para comemorar a data

Celebrado em 4 de dezembro, os famosos biscoitos tem dia e lugar certo para saborear e se deliciar

Neste dia 4 dezembro é comemorado o Dia Mundial do Cookie, uma guloseima versátil e deliciosa, criada pelos americanos e que caiu no gosto do brasileiro. Os cookies são uma ótima opção para quem gosta de fazer aquele lanchinho da tarde ou dar uma pausa indulgente no meio do expediente. Veja três locais para saborear irresistíveis cookies, que vão dos clássicos aos mais elaborados. 

Biscoitê, rede especializada em biscoitos finos, possui inúmeras sugestões no cardápio. Entre eles, estão os famosos cookies clássicos, como os de baunilha com gotas de chocolate, chocolate com gotas de chocolate ao leite e branco, M&M’s, ovomaltine e até mesmo os recheados com brigadeiro de panela ou recheio de Nutella. Os quitutes servem uma pessoa e os preços variam de R$ 12,90 a R$ 14,90. Confira a loja mais próxima no site biscoite.com.br

Divulgação

No Açougue Vegano, primeira rede de franquias de restaurantes veganos do Brasil, os clientes podem desfrutar dos saborosos cookies de chocolate ou baunilha por R$ 8,90 cada. Para encontrar a rede que oferece um cardápio voltado para o público vegano e flexitariano, acesse o site acouguevegano.com.br 

Na Mais1 Café, rede de cafés especiais, a dica é complementar o pedido que vai acompanhar a bebida com um delicioso cookie de baunilha com gotas de chocolate. Os preços variam de R$ 4,90 a R$ 5,50  Confira a loja mais próxima no site https://mais1cafe.com.br/

Divulgação

Fazenda Urbana vence prêmio nacional de design em inovação e bem-estar

Curitiba já integra a rede Cidade Criativa do Design da Unesco e, na noite de terça-feira (30/11), conquistou com a Fazenda Urbana o Design for a Better World Award (DFBW Award), premiação inédita lançada pelo Centro Brasil Design (CBD). O prêmio valoriza iniciativas que impactam de forma positiva a sociedade em busca de um mundo melhor e que são direcionadas para o bem-estar da população indo além do universo usual do design.

Inaugurada em junho de 2020, a Fazenda Urbana da Prefeitura é um inédito espaço no Brasil dedicado à educação para prática agrícola sustentável nas cidades. O local é administrado pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN).

O Vale do Pinhão, ecossistema de inovação da capital, também foi finalista do DFBW Award pela contribuição com iniciativas relacionadas ao design e à criatividade que impactam o maior número de pessoas.  

O prêmio teve inscritos de todo o país e, entre os finalistas, 15 foram contemplados com troféus em áreas como design, comunicação, arquitetura e construção, cidades e maker kids. Os vencedores foram anunciados em cerimônia transmitida pela internet. 

“A conquista do DFBW Award reforça minha convicção de que cidades inteligentes precisam resgatar o contato do homem com a terra, como fazemos na Fazenda Urbana e no apoio às mais de 100 hortas cultivadas pela comunidade. Nestes espaços, estamos proporcionando aos curitibanos uma experiência vivencial nas principais etapas do ciclo alimentar, desde o plantio da mudinha ao preparo do alimento para o consumo consciente e sustentável”, afirmou o prefeito Rafael Greca, ao comemorar o prêmio.

O prefeito ainda destacou o reconhecimento do Vale do Pinhão como finalista da premiação. “A Prefeitura e os demais atores do ecossistema de inovação têm trabalhado em conjunto para o fomento de novos produtos e serviços, transferência de tecnologia e incentivo ao setor produtivo e formação de novos designers com foco na inovação e na sustentabilidade, além da valorização dos produtos locais”, disse Greca.

Um mundo melhor

Letícia Castro, diretora superintendente do Centro Brasil Design, lembrou que, desde 2018, o hub é signatário do Pacto Global da ONU e vem compartilhando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). “Criamos uma iniciativa chamada Design for a Better World que vinha debatendo o papel do design por um mundo melhor e percebemos que havia uma oportunidade para lançar o prêmio que tem como objetivo dar visibilidade para essas iniciativas e soluções”, acrescentou ela.

O DFBW Award é direcionado a pessoas, negócios, startups, organizações e iniciativas como a Fazenda Urbana e o Vale do Pinhão que contribuem com soluções para transformar o mundo, nas diversas áreas e nos mais variados usos e aplicações.

O juri avaliou questões como economia circular, inclusão física e cultural, eficiência energética, redução de resíduos, redução do uso de água, redução da poluição, redução do consumo, materiais menos impactantes, melhoria do meio ambiente ou melhoria do bem-estar das pessoas, maior reciclabilidade, reutilização, reaproveitamento, viabilidade econômica, obsolescência, intercambialidade, design universal, manutenção mais fácil e durabilidade estendida em produtos, processos, serviços e projetos.

Pilares 

Segundo Luiz Gusi, secretário municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, design, inovação e sustentabilidade são pilares da estrutura da Fazenda Urbana de Curitiba. Os canteiros das hortas serão sustentados com troncos de madeira, canos de PVC ou garrafas PET. Também há hortas suspensas para que cadeirantes possam vivenciar o local plenamente e “jardins comestíveis”, que integram em uma mesma área o cultivo de plantas paisagísticas, hortaliças e frutas, além do uso de materiais reciclados. Já parte da energia para o funcionamento da estrutura vem de fontes renováveis, como a solar, instaladas de forma harmônica no complexo. Os cursos ofertados, por outro lado, orientam a população sobre aproveitamento integral de alimentos e até reaproveitamento da água das chuvas, aspecto importante para o desenvolvimento das plantas”, exemplifica.

A Fazenda Urbana recebeu ainda o projeto Jardins de Mel, de criação de abelhas nativas sem ferrão. Os insetos ganharam cinco caixinhas, espalhadas pelo complexo, que vão ajudar, por meio da polinização, a aumentar a qualidade e a produção das hortaliças.

Na cerimônia de premiação, a Prefeitura foi representada pelo superintendente da SMSAN, Edson Rivelino Pereira.  

Troféu “curitibano” 

O troféu do DFBW Award já vem com DNA curitibano, pois foi criado pelo premiado escritório Furf Design Studio, com sede na capital e que tem como fundadores Maurício Noronha e Rodrigo Brenner. A dupla é responsável por criaçõs como a Confete TT, uma capa em várias cores para próteses de perna hoje produzida em massa e que vem resgatando a autoestima de quem teve amputação abaixo do joelho (transtibial).

O troféu tem como maior inspiração o curupira, a entidade protetora das florestas na cultura tupiniquim. “Pés que apontam para o lado contrário servem também de convite para olhar para o passado para caminhar para o futuro. Reconhecer sabedorias ancestrais para desenhar um mundo melhor”, contou Noronha.

Selo Unesco 

Curitiba integra a rede Cidade Criativa do Design da Unesco ao lado de cidades como Buenos Aires (Argentina), Nagoya (Japão), Shenzhen (China), Shangai (China), Bilbao (Espanha) e Graz (Áustria). Por integrar a rede, a capital tem o direito de usar o selo Curitiba Cidade do Design da Unesco.