4 ótimas opções gastronômicas no Jardim das Américas

Com a correria do dia a dia, nada mais prático que matar a fome com uma opção gostosa e fácil, não é mesmo? E se, para melhorar ainda mais, essa opção fosse por até “vintão”? A febre, agora, está alcançando outros bairros além das regiões centrais, como o Jardim das Américas. Os estabelecimentos que valorizam o custo benefício estão ganhando cada vez mais espaço, atraindo quem quer comer bem e se divertir por um preço camarada.

Confira quatro opções deliciosas no Jardim das Américas para matar a fome com bom gosto e preço justo:

Mr. Hoppy

A novidade do bairro já está dando o que falar! Uma casa cercada de energia boa, cheia de charme e pensada com muito carinho, que com poucas semanas de funcionamento atraiu muitos moradores e visitantes do Jardim das Américas pelos famosos hambúrgueres de “deizão” e o chope artesanal . Próximo à UFPR e alguns centros comerciais, é o novo ponto de encontro da região, com muita música boa, gente legal e, claro, comida e bebida de primeira qualidade.

SERVIÇO

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Lourdes, 426 – Jardim das Américas – Curitiba, PR

Horário: de terça a domingo, das 17h30 às 0h

Mais informações pela página da unidade no Facebook e no Instagram:facebook.com/mrhoppyjardimdasamericas | @mrhoppyjardimdasamericas

Bellavi Grill

Tá passando pelo shopping Jardim das Américas e bateu aquela vontade de comida caseira? Esse buffet com opções de prato a partir de R$9,90 é uma ótima opção de custo benefício para quem prefere um cardápio tradicional e com qualidade. Localizado na praça de alimentação do shopping, o buffet agrada todos os gostos por um peço bacana.

SERVIÇO

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Lourdes, 63 – Jardim das Américas – Curitiba, PR

Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos, das 11h30 às 21h

Madero

Conhecido dos curitibanos, o Madero é uma boa opção para quem quer fugir da refeição tradicional e almoçar um hambúrguer bem servido. Os combos custam a partir de R$ 22, mas os sanduíches avulsos ficam R$ 19. Além disso, há diversas opções de pratos e sobremesas.

SERVIÇO

Endereço: Avenida Nossa Senhora de Lourdes, 63 – Jardim das Américas – Curitiba, PR

Horário: de segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos, das 11h30 às 21h

Pastelaria Hayashida

O famoso pastel de “comer com garfo e faca” mais famoso do bairro não pode ficar de fora nessa lista! Bem recheado e com várias opções de sabores, os pastéis variam entre R$ 3 e R$ 10 com sabores doces, salgados e especiais, idealizados especialmente pelos donos do estabelecimento.

SERVIÇO

Endereço: Avenida Coronel Francisco H. dos Santos, 847 – Jardim das Americas, Curitiba – PR

Horário: de terça a sábado, das 08h às 22h;

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curitiba ganha o 1º Festival da Chapa de Alcatra e Vinho

O Pezzo, uma das principais operações da tradicional Rua 24 Horas, vai promover evento gastronômico imperdível até 30 de dezembro

Que tal curtir a noite de Curitiba na Rua 24 Horas, um dos endereços mais tradicionais da cidade, saboreando uma incrível chapa de alcatra harmonizada por vinhos selecionados? Até o dia 30 de dezembro, o Pezzo, uma das principais operações da Rua 24 Horas, vai promover a primeira edição do Festival da Chapa de Alcatra e Vinho, disponível nos jantares de segunda a sábado.

Durante o evento, o Pezzo vai disponibilizar uma chapa de alcatra acompanhada por pão brioche, que serve duas pessoas, e duas taças de vinhos selecionados por apenas R$ 99. Entre as opções de vinho estarão o Condor Peak Malbec 2018 (Argentina), o Collegiata M D Ambruzzo 2019 (Itália) e o Demeure Francois Bordeux 2018 (França).

1º Festival da Chapa de Alcatra e Vinho será realizado entre os dias 18 de novembro e 30 de dezembro, das 18h às 22h, no Pezzo – Rua 24 Horas (Rua Visconde de Nácar – sem número), no Centro de Curitiba. Mais informações pelo telefone (41) 3078-9777.

Paraná tem 16 cidades sustentáveis e 12 entre as 100 mais competitivas do Brasil

Dezesseis cidades paranaenses aparecem entre as mais sustentáveis e 12 estão entre as 100 mais competitivas do Brasil na segunda edição do Ranking de Competitividade dos Municípios. O relatório, que pela primeira vez incluiu a análise de Governança Ambiental, Social e Corporativa (ESG, da sigla em inglês) e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) dos municípios brasileiros, foi divulgado nesta segunda-feira (22) pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com a plataforma Gove e o Sebrae.

A análise do ranking leva em conta as cidades com população acima de 80 mil habitantes, de acordo com a estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para o ano de 2020. Dos 411 municípios brasileiros incluídos nesse recorte, 27 são do Paraná.

Destes, os que aparecem entre os 100 mais competitivos são Curitiba (6º), Maringá (17º), Francisco Beltrão (31º), Londrina (37º); Cascavel (39º); Toledo (58º); Pato Branco (63º); Campo Mourão (77º); Paranavaí (78º); Umuarama (90º); Ponta Grossa (96º); e Foz do Iguaçu (97º).

O Ranking de Competitividade dos Municípios é composto por 65 indicadores, organizados em 13 pilares, que tratam de temas como economia, acesso e qualidade da saúde, educação, meio ambiente, saneamento, segurança e funcionamento da máquina pública.

SUSTENTÁVEL – Curitiba é destaque no indicador de sustentabilidade, aparecendo em primeiro lugar entre as capitais e na quarta posição geral com relação ao índice ESG, que se refere às melhores práticas sociais, ambientais e de governança de um setor e é também um critério para investimentos. Levando em conta os ODS, elencados pela Organização das Nações Unidas (ONU), a paranaense fica na terceira posição entre as 26 capitais brasileiras.

No Estado, também pontuam entre as 100 primeiras, dentro do índice ESG, as cidades de Maringá (12º), Cascavel (18º), Toledo (28º), Francisco Beltrão (37º), Pato Branco (42º), Campo Mourão (44º), Londrina (49º), Pinhais (50º), Umuarama (63º), Paranavaí (65º), Foz do Iguaçu (71º), São José dos Pinhais (80º), Arapongas (91º), Cianorte (92º) e Ponta Grossa (98º).

Já com relação aos ODS, também foram elencados os municípios de Maringá (20º), Cascavel (24º), Francisco Beltrão (26º), Toledo (44º), Londrina (46º), Pato Branco (51º), Campo Mourão (54º), Foz do Iguaçu (76º), Paranavaí (81º), Umuarama (85º), Pinhais (88º), Ponta Grossa (89º), Cianorte (94º) e São José dos Pinhais (99º).