3 passeios que ficam pertinho de Curitiba

Foto capa: viagensecaminhos.com

O Paraná tem diversas opções de passeios turísticos e alguns deles ficam localizados bem pertinho da capital. Por isso, separamos algumas opções de passeios, confira:

Cachoeira da Mariquinha: A Cachoeira da Mariquinha fica localizada a cerca de 30 km de Ponta Grossa. Com uma cascata de 30 metros e, sendo uma unidade de preservação, a Cachoeira da Mariquinha é o destino ideal para quem curte contato com a natureza. O local tem a formação de um pequeno balneário com areia em volta da cachoeira. O acesso se dá após percorrer uma pequena trilha, sem dificuldade de acesso.

Foto: @jimmypalhano

Colônia Witmarsum: A colônia é o lugar ideal para conhecer um pouco mais da cultura alemã presente em nosso estado. A Colônia Witmarsum está apenas a 60 km da capital, no município de Palmeira. 

Restaurante de comida típica alemã | Foto: via Turismo Colônia Witmarsum

Na região também tem o Museu de História Witmarsum, ideal para conhecer as histórias da colônia. Já as crianças podem aproveitar a diversão garantida na Na região também tem o Museu de História Witmarsum, ideal para conhecer as histórias da colônia. Já as crianças podem aproveitar a diversão garantida mini fazenda Witmarzoo.

Lapa: A cidade da Lapa, localizada a 70 km de Curitiba é o destino ideal para quem gosta de cultura e história. O município é o mais antigo do Paraná, fundada em 1769.

Na região você poderá conferir o Monumento Tropeiro, caminhar pelo Centro Histórico da cidade e conhecer o Teatro São João, o terceiro mais antigo do Brasil.  

Theatro São João – Foto: Acervo SEBRAE – Mauro Frasson / Paraná Turismo

Outros pontos que podem ser visitados são a Casa Lacerda, Museu Histórico da Lapa, Museu das Armas, Casa Vermelha e a Casa da Memória. Além disso, a cultura gastronômica da cidade é muito boa, com muitos pratos tradicionais.

Foto: Acervo SEBRAE – Mauro Frasson / Paraná Turismo

E, claro, sempre lembrando que ainda estamos passando pela pandemia do novo coronavírus, então todo cuidado se faz necessário. Por isso, use máscara.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas para curtir o verão paranaense (longe do litoral)

Apesar do verão estar geralmente associado à praia, a temporada também é convidativa para atividades em outro ambientes. Parques, espaços culturais e áreas abertas também são atrativos para dias quentes, em especial para quem busca aproveitar o período de férias. Longe do litoral, o Paraná também tem várias atrações interessantes, como Ponta Grossa e região, que agregam opções para agradar os mais diferentes tipos de passeio.

Confira dicas para curtir Ponta Grossa e região no verão:

Vila Velha – Tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Estadual, o Parque Vila Velha é uma das mais conhecidas atrações de lazer e aventura no Paraná. São quase quatro mil hectares que conservam fragmentos da mata de Araucária e vegetação de Campos Nativos, além de formações rochosas milenares, lagoas, furnas e outras atrações naturais. O parque abre de quarta a segunda-feira. Mais informações em paranaturismo.pr.gov.br.

Buraco do Padre – Outro parque da região que tem ganhado cada vez mais atenção é o Buraco do Padre. O passeio começa com uma trilha pela natureza e chega à cachoeira de 30 metros de altura deságua em um anfiteatro rochoso e termina em um amplo lago. O parque tem ainda outros pontos interessantes como o Poço Encantado e mirantes. Há limite de visitantes diários, por isso é melhor garantir ingresso antecipado no site buracodopadre.com.br.

Centro de Cultura – Um prédio centenário resgata a tradição cultural de Ponta Grossa e abre espaço para novidades. O casarão, tombado como Patrimônio Cultural de Ponta Grossa, agrega um auditório, uma área externa e uma galeria, nos quais acontecem com frequência atrações culturais. O Centro de Cultura fica na R Dr. Collares, 436.

Catedral Sant’Ana – Os vitrais da Catedral Sant’Ana são uma atração à parte. A construção é de 1978, mas remonta uma história de quase dois séculos da Paróquia na cidade. Fica localizada em um dos pontos mais altos da cidade, em frente à Praça Marechal Floriano Peixoto, outra parada interessante para uma caminhada leve em área verde no centro da cidade.

Lanche da tarde – Uma parada saborosa no dia é na Padá Padoca. O espaço tem um cardápio variado que vai de pratos para almoço até sanduíches e saladas. As torradas estão entre as favoritas de quem já conhece o endereço, na R. DR. Paula Xavier, 977, em sabores que vão do ovo com bacon ao salmão curado com sour cream.  Os cafés especiais também ganham destaque. Mais sobre a Padá no Instagram @pada.padoca.

Sorveteria – Saindo da Catedral, a região é ótima para aproveitar o pôr do sol. Novidade na cidade, a SOFT Ice Cream foi inaugurada no fim de 2022. A empresa curitibana instalou sua primeira unidade fora da capital paranaense em Ponta Grossa, levando seu sorvete artesanal. O destaque fica com o sorvete preto: a massa sabor chocolate leva três blends de cacau, que ganham cor intensa, e também a casquinha, produção paranaense. Localizada em ponto alto, da loja se tem uma vista da cidade, que no fim da tarde ganha um tom especial. Mais sobre a rede no Instagram @soft.icecream.co.

Pôr do Sol – Para encerrar o dia, a Praça do Pôr do Sol é a melhor escolha. Um dos pontos do lazer mais atuais da cidade, também fica na região mais alta da cidade, favorecendo a vista. Outro destaque da atração é ter sido construída com quase 90% de materiais reaproveitados, destacando o caráter ecológico da praça. A Praça do Pôr do Sol fica na R. Visconde de Nácar.

Casa Eliseu Voronkoff inicia as atividades de 2023

A Casa Eliseu Voronkoff, único Centro Cultural privado da cidade de Araucária, inicia suas atividades de 2023 em 01 de fevereiro. Além do início das aulas dos Cursos Permanentes, voltam a acontecer também os encontros dos projetos Tricontando e Café com Prosa, as gravações do podcast Livro na Ponta da Orelha, o Cineclube Gengibirra, e a programação artística do espaço, que durante o ano realiza e recebe exposições, shows, espetáculos, oficinas, mostras e festivais. 

O Tricontando une trabalhos manuais e literatura. A conversa começa sempre com a leitura de um conto ou crônica, e depois de refletir sobre as situações literárias o grupo papeia livremente enquanto confecciona peças em tricô ou crochê. Os encontros são mensais e já acontecem há 4 anos. Durante a pandemia o projeto se manteve de maneira on line e foi muito importante como forma de conexão entre as participantes. O Tricontando é uma parceria da Casa Eliseu Voronkoff, a página de incentivo à leitura, Capitu Lê, e a Gato de Gola, artigos em tricô, de Nayamim Moscal.  

O Café com Prosa é um grupo de leitura, onde todos leem o mesmo livro e se reúnem uma vez por mês para conversar sobre a obra, enquanto compartilham um delicioso café da tarde, patrocinado pela Pausa pro Bolo, de Adriana Cecere Vaz. O projeto é também uma parceria com a página Capitu Lê, criada por Jacqueline Carteri, que faleceu em agosto de 2022, mas deixou vários projetos que são mantidos pela Casa Eliseu Voronkoff e por sua afilhada, Nycole Gayer Bruschini Wuhan. Ainda são ideias de Jacqueline as Bibliotecas Livres, localizadas uma na área externa e outra na área interna do Centro Cultural, e o podcast Livro na Ponta da Orelha, que traz a contação de Histórias Infantis. Parceria com o Estúdio Bunker Cultural, Simone Nunes e Nicolas Daher.  

Ainda como extensão do Café com Prosa, os livros do acervo do projeto ficam disponíveis para empréstimo para professores da rede pública de ensino que queiram realizar rodas de leitura.  

O Cineclube Gengibirra, projeto de Jhonny Castro e Michele Cas, deve voltar repaginado, não mais realizando exibições mensais, mas algumas mostras de filmes durante o ano, assim como a já tradicional parceria com o Dia Internacional da Animação. O acervo do Cineclube também fica disponível para empréstimo dos moradores de Araucária. Podem ser emprestados dois filmes, que devem ser devolvidos no prazo de duas semanas.  

Os Cursos Permanentes são Dança Cigana, Dança Moderna, Desafia – Dança e Empoderamento Feminino, Desenho, Musicalização e Teatro. As matrículas estão abertas e as aulas começam a partir de 01 de fevereiro. A Casa Eliseu Voronkoff também mantém uma campanha de financiamento coletivo na plataforma Apoia.se, que possibilita a concessão de bolsas em seus cursos.  

Para saber de tudo que rola por lá e como participar dos projetos e cursos acesso o site: www.casaeliseuvoronkoff.com.br 

Serviço: 

Casa Eliseu Voronkoff 

Rua Julieta Vidal Ozório, 413 Centro Araucária 

Telefone: 41 3031 5355 – 41 99850 6246  

https://www.facebook.com/CasaEliseuVoronkoff
https://www.instagram.com/casaeliseu/
https://apoia.se/casaeliseuvoronkoff

Crédito fotos: 

E(las): Carlos Poly

O Medo Que Ela Sentia Enquanto Você Não Vinha (ou Por Que Você Nunca Veio?): Rhayra Fracaro 

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com