1º Arraiá Rock traz para Curitiba Blitz e Lobão

Que tal curtir uma festa junina embalada por muito rock´n´roll em um dos espaços mais descolados de Curitiba? No próximo dia 15 de junho, Curitiba será palco do 1º Arraiá Rock, com realização da Planeta Brasil, Crossroads e Prime. O evento terá como grande atração os shows da clássica banda Blitz e do sempre polêmico Lobão, que será acompanhado pela banda Os Eremitas da Montanha.

No melhor espírito rock´n´roll, o Arraiá Rock será realizado na Usina5, um antigo complexo industrial que se tornou referência em eventos multiculturais da cidade. Nos últimos meses, o espaço, que fica bem próximo da região central de Curitiba e que conta com uma infraestrutura completa, sediou eventos de grande porte, se consolidando como um dos principais endereços do entretenimento curitibano.

Comandada pelo multiartista Evandro Mesquita, a Blitz surgiu no início da década de 1980 e logo, com muita irreverência, se transformou em um dos maiores sucessos do rock nacional. Ao longo de sua carreira, a banda emplacou vários hits, entre eles “A Dois Passos do Paraíso”, “Você Não Soube Me Amar”, “Biquini de Bolinha Amarelinha Tão Pequenininho”, “Betty Frígida”. Após idas e vindas, a Blitz teve mudanças em sua formação original e retornou aos palcos com muito entusiasmo nos últimos anos.

No Arraiá Rock, a Blitz vai apresentar a turnê que celebra 35 anos de carreira com seus hits inoxidáveis, além do seu disco de inéditas: “Aventuras II”, indicado ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Rock ou Alternativo em Língua Portuguesa. O trabalho ferve com uma mistura intensa de rock, pop, funk, reggae, samba e blues, inspirações que sempre marcaram a banda.

Já o músico Lobão, que tocará em Curitiba acompanhado pela banda Os Eremitas da Montanha, trará para o Arraiá Rock sucessos como “Me Chama”, “Revanche” e “Vida Louca Vida”. O artista iniciou sua carreira musical como baterista, tocando com nomes como Lulu Santos, Ritchie, Luiz Melodia e Marina Lima. Curiosamente, Lobão foi um dos fundadores da banda Blitz, onde permaneceu até 1982, quando decidiu se lançar em carreira solo.

Em Curitiba, Lobão vai apresentar seu show com o repertório do disco duplo “Antologia Politicamente Incorreta dos Anos 80 pelo Rock”. Com uma roupagem extremamente moderna e atual às diversas canções que foram a trilha sonora da juventude brasileira há quase 40 anos, Lobão irá passar pelos melhores momentos do gênero criado em solo nacional, indo de “Ôrra Meu”, sucesso na voz de Rita Lee; até “Eu Não Matei Joana D’Arc”, do Camisa de Vênus; “Primeiros Erros (Chove)”, do Capital Inicial; “Toda Forma de Poder”, do Engenheiros do Hawaii, e “Lanterna dos Afogados”, hit dos Paralamas do Sucesso. Em meio a essas e outras releituras, o cantor ainda mostrará uma nova versão para “Esfinge de Estilhaços”, canção lançada por ele em 1988, e “Azul e Amarelo”, gravada ao lado de Cazuza no ano seguinte.

Para completar a programação musical, o evento contará ainda com shows das bandas Lenhadores da Antártida, Afoostic, Válvula Vapor e Super Saiyajeans (homenagem aos Mamonas Assassinas). Como toda boa festa junina, o Arraiá Rock contará também com brincadeiras de São João, quadrilha, fogueira, comidas e bebidas típicas, além de muita animação.

A primeira edição do Arraiá Rock será realizada no dia 15 de junho, na Usina5 (Rua Constantino Bordignon, 5 – Prado Velho), a partir das 15h. Os ingressos custam a partir de R$ 60 e estão disponíveis no sitewww.eventim.com.br/arraiarock.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Câmara de Curitiba aprova suspensão de reajuste e limita correção do IPTU em 2022

O projeto da Prefeitura que adia a revisão da Planta Genérica de Valores e garante que o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) não sofra reajuste em 2022 foi aprovado, por unanimidade, nesta segunda-feira (06/12) em primeiro turno na Câmara Municipal de Curitiba (CMC). A proposta, que recebeu 38 votos favoráveis, será votada em segundo e último turno nesta terça-feira (07/12).

Confirmada a aprovação, a atualização da Planta Genérica de Imóveis fica adiada para outubro de 2022, sendo que o reajuste que será aplicado valerá para 2023.

Dessa forma, os reajustes que estavam em vigor nos últimos anos, de 4% para imóveis residenciais, e de 7% para terrenos (mais a inflação), não serão praticados no IPTU 2022, que terá apenas a correção pela inflação, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

A revisão da Planta Genérica de Valores atualizaria o valor venal dos imóveis da cidade, de acordo com o mercado. Com isso a cobrança do IPTU poderia variar acima da inflação para aqueles imóveis com valor venal defasado.

“A atual pandemia de Covid-19 teve repercussão no campo econômico, diminuindo a renda de muitas famílias e a receita de muitas empresas, que foram obrigadas a paralisar suas atividades. Fazer essa correção, neste momento, traria inúmeros prejuízos para população”, diz a mensagem da Prefeitura no projeto.

A revisão da Planta Genérica é prevista pela legislação. A Lei Complementar nº 40, de 18 de dezembro de 2001 determina, no § 2º do art. 36, que o Poder Executivo deve encaminhar ao Poder Legislativo, até o dia 15 de outubro do primeiro ano do mandato, projeto de lei com proposta de atualização dos valores unitários de metro quadrado de construção e de terrenos, constantes na Planta Genérica de Valores Imobiliários

No entanto, a valorização imobiliária observada nos últimos quatro anos e a entrada em vigor da nova Lei de Zoneamento, em agosto de 2020, provocaram consideráveis alterações na ocupação urbana, com reflexos diretos no valor venal dos imóveis na capital.

Banda da Guarda Mirim do Paraná faz Concerto de Natal no sábado (11)

A Banda Marcial da Guarda Mirim do Paraná – Mudart apresenta neste sábado (11), o seu tradicional especial concerto de Natal. A atração é gratuita e ocorre a partir das 19:30, na sede do Colégio Estadual Guarda Mirim (Avenida Anita Garibaldi, 2395 – Curitiba).

O repertório da apresentação, sob regência do maestro Kevin Moltocaro, contará com músicas variadas de estilo natalino e religioso, além de apresentação do corpo coreográfico. O concerto ocorre após dois anos de pausa devido a pandemia.

Presença em diversos eventos cívicos e competições, a Banda Marcial da Guarda Mirim do Paraná é uma das bandas marciais mais tradicionais do Brasil, já sendo premiada em diversas competições Brasil agora. Em mais de 20 anos de estrada, o grupo já esteve em apresentações em vários estados brasileiros e também no Chile.

A BMGM-Mudart é parte da Guarda Mirim do Paraná, instituição com mais de 50 anos de atuação. Hoje vinculado à Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR), o colégio possibilita a jovens de ambos os sexos, com idade entre 14 e 18 anos, residentes em Curitiba e/ou nos municípios que compõem a sua Região Metropolitana, o ingresso formal no mundo do trabalho através da aprendizagem.