Todas as lives que acontecerão até dia 16 de maio

Separamos aqui todas as lives que acontecerão até dia 16 de maio. Em maioria de cantores sertanejos, mas também contamos com a ajuda de vocês para completar aqui. Confira a lista.

TERÇA


21/04 – Grupo Menos é Mais – 16hrs
21/04 – Raça Negra – 18hrs
21/04 – Dilsinho – 19hrs
21/04 – Sandy e Junior – 20hrs
21/04 – Nando Reis – 21hrs

QUARTA


22/04 – Belo Live – 19hrs
22/04 – Antony e Gabriel – 19hrs
22/04 – Diego Faria – 20hrs
22/04 – Bruna Viola – 20hrs
22/04 – Cleber e Cauan – 21h30

QUINTA

23/04 – Thiaguinho – 18hrs
23/04 – Carreiro e Capataz – 19hrs
23/04 – Thiago Brava – 20hrs
23/04 – Jorge Aragão – 20hrs
23/04 – Maiara e Maraisa – 20hrs

SEXTA


24/04 – Ludmilla – 18hrs
24/04 – Barões da Pisadinha – 19hrs
24/04 – Diego e Victor Hugo – 20hrs
24/04 – Simone e Simaria – 21hrs
24/04 – Felipe Araujo – 22h30hrs

SÁBADO


25/04 – Sorriso Maroto – 15hrs
25/04 – Rick e Renner – 16hrs
25/04 – Netinho de Paula – 16hrs
25/04 – Hugo e Guilherme – 17hrs
25/04 – Bell Marques – 17hrs
25/04 – Rio Negro e Solimões – 18hrs
25/04 – Gusttavo Mioto – 20hrs
25/04 – Gian e Giovani – 22hrs
25/04 – Pedro Sampaio – 22:30hrs

DOMINGO


26/04 – Diogo Nogueira – 12hrs
26/04 – Mumuzinho – 16hrs
26/04 – Luan Santana – 18hrs
26/04 – Léo Chaves – 19hrs

TERÇA


28/04 – Israel Novaes – 20hrs
28/04 – Jeito Moquele – 20hrs

QUARTA


29/04 – Marcos e Belutti – 20hrs

QUINTA

30/04 – Jefferson Moraes – 18hrs
30/04 – Diego e Arnaldo – 19hrs
30/04 – Calcinha preta – 20hrs
30/04 – Chitãozinho e Xororó – 20hrs
30/04 – Matheus e Kauan – 21hrs

SEXTA

01/05 – Thaeme e Thiago – 14hrs
01/05 – Cabaré Live – 20hrs
01/05 – Encontro de Fenômenos – 21hrs

SÁBADO

02/05 – Jorge e Mateus – 17hrs
02/05 – Xande Avião – 20hrs
02/05 – Gino e Geno – 20hrs
02/05 – Maria Cecília e Rodolfo – 21h30

DOMINGO

03/05 – Guilherme e Santiago – 14hrs
03/05 – Festival Samba Live – 14hrs
03/05 – Bruninho e Davi – 16hrs
03/05 – Villa Mix Live – Não divulgado

QUARTA

06/05 – Conrado e Alexsandro – 21hrs

QUINTA

07/05 – Lucas Lucco – 20hrs

SÁBADO

09/05 – Marília Mendonça – 20hrs

DOMINGO

10/05 – Zé Felipe e Leonardo – 17hrs
10/05 – João Neto e Frederico – 18hrs

SEXTA

15/05 – Léo Magalhães – 20hrs
15/05 – Eduardo Costa – 21hrs

SÁBADO

16/05 – Bruno e Marrone 2 – 21hrs

Caixa credita hoje auxílio emergencial para nascidos em junho

A Caixa credita hoje (7) auxílio emergencial para 3,9 milhões de beneficiários nascidos em junho. O auxílio, com parcelas de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), foi criado para reduzir os efeitos da crise econômica causada pela pandemia da covid-19.

A Caixa tem disponibilizado o auxílio em uma poupança digital, acessível pelo aplicativo Caixa Tem. Pelo aplicativo é possível fazer compras online em estabelecimentos autorizados e pagar boletos.

O saque em dinheiro do benefício, em uma agência do banco, é autorizado posteriormente, conforme calendário definido pelo governo, considerando o mês de nascimento do beneficiário. As transferências para outros bancos ou para contas na própria Caixa seguem o mesmo calendário de saque. Nesse caso, os recursos são transferidos automaticamente para as contas indicadas pelo beneficiário.

O crédito para os beneficiários nascidos em junho faz parte do Ciclo 1 de pagamentos do auxílio emergencial. Os saques e transferências estarão liberados no dia 22 de agosto.

No ciclo 1, o crédito na poupança social da Caixa está agendado para o período de 22 de julho a 26 de agosto, conforme o mês de nascimento. Os saques e transferências estão sendo feitos de 25 de julho a 17 de setembro. No total, o pagamento das quatro parcelas será feito para 46,4 milhões de pessoas.

Calendário de pagamentos – Ciclo 1

Crédito em poupança social da Caixa

22 de julho

(quarta-feira)

24 de julho

(sexta-feira)

29 de julho

(quarta-feira)

31 de julho

(sexta-feira)

5 de agosto

(quarta-feira)

7 de agosto

(sexta-feira)

Nascidos em janeiro Nascidos em fevereiro Nascidos em março Nascidos em abril Nascidos em maio Nascidos em junho
12 de agosto

(quarta-feira)

14 de agosto

(sexta-feira)

17 de agosto

(segunda-feira)

19 de agosto

(quarta-feira)

21 de agosto

(sexta-feira)

26 de agosto

(quarta-feira)

Nascidos em julho Nascidos em agosto Nascidos em setembro Nascidos em outubro Nascidos em novembro Nascidos em dezembro
Fonte: Caixa Econômica Federal

Calendário de saques em dinheiro e transferências – Ciclo 1

25 de julho

(sábado)

1º de agosto

(sábado)

8 de agosto

(sábado)

13 de agosto

(quinta-feira)

22 de agosto

(sábado)

Nascidos em janeiro Nascidos em fevereiro e março Nascidos em abril Nascidos em maio Nascidos em junho
27 de agosto

(quinta-feira)

1º de setembro

(terça-feira)

5 de setembro

(sábado)

12 de setembro

(sábado)

17 de setembro

(quinta-feira)

Nascidos em julho Nascidos em agosto Nascidos em setembro Nascidos em outubro e novembro Nascidos em dezembro
Fonte: Caixa Econômica Federal
 

Desbloqueio de contas

Os beneficiários do auxílio emergencial que tiveram contas bloqueadas preventivamente por inconsistência cadastral podem realizar o desbloqueio pelo aplicativo Caixa Tem. Para isso, basta seguir as orientações do aplicativo para enviar a documentação. O processo é digital e o desbloqueio ocorre em até 24 horas.

Os usuários que tiveram as contas bloqueadas por suspeita de fraude serão informados pelo Caixa Tem que devem procurar uma agência para o desbloqueio, de acordo com o calendário escalonado por mês de aniversário. Agora é a vez dos nascidos entre abril e maio.

Guedes diz que anunciará três ou quatro privatizações em até 60 dias

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou hoje (6) que, dentro de 30 a 60 dias, anunciará três ou quatro privatizações de grandes empresas. Ele participou de evento transmitido pela internet organizado pela Fundación Internacional para la Libertad (Fundação Internacional pela Liberdade), presidida pelo escritor peruano Mario Vargas Llosa, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura.

“Vamos anunciar três ou quatro privatizações de grandes companhias”, disse o ministro, que não anunciará os nomes das empresas neste momento. Ele disse acreditar no apoio do Congresso Nacional.

Guedes afirmou que o presidente Jair Bolsonaro dá suporte para que o governo siga com as privatizações e com as reformas.

O ministro disse ainda que, após os gastos extraordinários necessários para o enfrentamento da crise gerada pela pandemia de covid-19, o governo retomará em 2021 a trajetória fiscal, com redução de despesas. Ele citou que, se não fosse a crise gerada pela pandemia, o déficit primário (receitas menos despesas, sem considerar gastos com juros) ficaria em 1% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB). Com as despesas extraordinárias necessárias para o enfrentamento da crise, esse percentual deve ficar em 11%. “No próximo ano, vamos reduzir dramaticamente os gastos”, afirmou.

Para o ministro, as medidas adotadas pelo governo para o enfrentamento da crise surtiram efeito, uma vez que as previsões de analistas econômicos para a queda da economia neste ano, que inicialmente superavam 10%, agora estão um pouco abaixo de 4%. “Perdemos um ano em termos de espaço fiscal, mas nós ganhamos milhões de vidas, a economia continuou com os sinais vitais preservados. Então, estou dizendo que o Brasil vai surpreender o mundo de novo. Surpreendeu no ano passado, quando nós fizemos uma reforma difícil [da Previdência], e vamos surpreender de novo deste ano, porque estamos votando propostas”, disse.