Técnicas ajudam a alcançar bons resultados em testes de inglês

Com a globalização e o estreitamento das fronteiras econômicas e simbólicas, a língua inglesa continua sendo requisito para diversas oportunidades profissionais, como estágios, programas de trainee e vagas de emprego. O conhecimento do idioma também contribui para facilitar intercâmbios, viagens e trocas culturais. 

De acordo com levantamento feito pela plataforma de recrutamento e seleção Gupy, o inglês passou a ser requisitado nos anúncios de vagas com mais frequência em 2021. O número de oportunidades que pedem o segundo idioma foi 36% maior do que em 2020.

Ter dificuldades em aprender uma língua não pode ser um critério que impeça o aluno de estudar. Para auxiliá-lo, surgem as técnicas de estudos, que ajudam a conseguir resultados otimistas em teste de inglês

Essas boas notas aparecem tanto em provas de nivelamento — para descobrir em qual nível o estudante se encaixa num determinado curso ou escola — quanto de proficiência, que avalia o grau de domínio sobre a língua com o intuito, geralmente, de alcançar oportunidades acadêmicas e profissionais. 

O teste de nivelamento, por exemplo, funciona como uma porta de entrada para aqueles que desejam começar ou continuar os estudos de inglês. Ele ajuda a identificar o grau de compreensão no idioma ao direcionar o participante para o nível mais adequado ao seu perfil, otimizando o tempo de aprendizagem. 

Para alcançar uma pontuação satisfatória e fidedigna ao real nível de proficiência do aluno, vale apostar em técnicas e estratégias de estudo. 

Dinâmica dos testes de nivelamento

O teste verifica o grau de conhecimento do aluno na língua estrangeira, analisando qual proficiência ele apresenta sobre as habilidades de escuta, fala, escrita e leitura. 

Geralmente, aplica-se uma série de questões escritas ou orais. O estilo de prova e os níveis de parâmetro podem variar de acordo com cada escola ou curso de idiomas. Isso acontece porque cada instituição, especializada ou não em inglês, pode operar a partir de uma escala própria. 

Existem, ainda, instituições de ensino que se guiam por padrões internacionais, como o Quadro Comum Europeu de Referência para Línguas (CEFR). De modo geral, o teste classifica o aluno conforme três grandes grupos, que englobam os níveis básico, intermediário e avançado. Dentro dessas categorias, podem aparecer também algumas subdivisões. 

Além do teste de nivelamento, escolas podem adotar formas customizadas para complementar a avaliação. Cada instituição considera diferentes metodologias disponíveis para o ensino com o intuito de garantir a aprendizagem de seus alunos. 

Como estudar para os testes

Entre os portais especializados em dicas e orientações para estudos de inglês, é consenso que uma das maneiras mais eficazes de aprender ou melhorar a compreensão sobre a língua é por meio de atividades imersivas e agradáveis. Além disso, é necessário dar atenção também ao vocabulário e à gramática. 

Pesquisa e organização

Antes de qualquer prova, a orientação geral dos canais de preparação é pesquisar qual o estilo e como o conteúdo costuma ser cobrado em determinado teste. Mesmo quando o teste tem o objetivo de apontar qual a turma ideal para o potencial aluno, preparar-se é uma forma de refrescar o conteúdo já adquirido, aprender novas lições e explorar o próprio potencial. Assim, o resultado de seu nivelamento será compatível com a realidade.  

A partir daí, é o momento de selecionar quais assuntos devem ser priorizados nas leituras e exercícios e estabelecer uma rotina de estudos. 

Recorrer a materiais diversos e estipular maneiras dinâmicas de estudo são formas de tornar a rotina de estudos mais agradável. Procure por provas anteriores, faça simulados para testar os conhecimentos, familiarize-se com o estilo de perguntas e entenda como o conteúdo é cobrado dentro do tempo estipulado.

Ao longo do processo de estudo e pesquisa é possível também que o aluno aprenda sobre os seus próprios pontos fortes e de dificuldade. Essa autoavaliação é útil para ajustar a agenda de estudos. 

Estudo direcionado

Além da cobrança de vocabulário, ortografia e interpretação de textos, os assuntos mais frequentes cobrados nos testes incluem phrasal verbs (verbos frasais); quantifiers, como much, many, a lot of (quantificadores); adverbs, como too, also, both, either, neither (advérbios); infinitive (infinitivo); o uso de anything, nothing e something; prepositions, como in, on, at (preposições) e o uso de do or make. 

O inglês pode, portanto, ser usado para expandir o vocabulário do interessado. Vale apostar na imersão por meio de atividades tanto que mantenham o foco no conteúdo pragmático quanto naquelas que proporcionam uma experiência lúdica e imersiva. 

Técnica da imersão

Para treinar as quatro habilidades da língua, o ideal, segundo os canais especializados, é explorá-las ao longo do dia. 

Anotar as tarefas do cotidiano pode ajudar a incrementar o vocabulário. Por exemplo: “I need to go to the grocery store” ou outras ações simples do dia a dia auxilia na fixação do vocabulário e aperfeiçoa o writing.

Assistir a filmes e séries sem dublagem também é uma recomendação para ampliar o contato com o idioma.  A dica é começar por histórias já conhecidas para tornar o entendimento mais fácil. Para quem tiver mais familiaridade, colocar as legendas em inglês ajuda a treinar tanto o listening quanto o reading. Anotar as palavras novas que surgem é outra dica para aumentar o conhecimento. 

A leitura de livros ou sites de notícias em inglês ajuda na busca por novas perspectivas e vocabulários. A dica para compreender o texto é encontrar materiais adequados ao nível de conhecimento. Dessa maneira, é possível conhecer palavras novas e perceber como as frases são formadas.

Ler e cantar em voz alta e treinar apresentações de pequenos textos são alternativas para praticar o speaking. Além disso, se essa for uma possibilidade, encontrar amigos e colegas para praticar a conversation ajuda a melhorar a desenvoltura com as palavras ditas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Universidade Positivo anuncia data de vestibular de Medicina

As inscrições para o vestibular de Medicina da Universidade Positivo (UP) estão abertas. A prova tradicional acontece no domingo, 16 de outubro. Ao todo, são oferecidas 169 vagas para o curso, que é ministrado no campus sede – Ecoville, em Curitiba, com início das aulas no primeiro semestre de 2023. As inscrições podem ser feitas até o dia 3 de outubro pelo site, com taxa de inscrição de R$ 300.

O vestibular é composto por uma prova objetiva, com 55 questões, além da redação. A prova é aplicada presencialmente, no campus sede Ecoville, e tem início às 13h, com fechamento dos portões às 12h50. Para ter acesso ao local de prova, o candidato deve apresentar um documento de identificação original com foto, além do cartão de ensalamento impresso ou digital. O resultado do processo seletivo será divulgado a partir de 27 de outubro.

Sobre o curso

Desde 2018, o curso de Medicina da Universidade Positivo tem parceria exclusiva com o M.A.R.C. Institute Brazil – ambiente especializado para o treinamento e estudo da anatomia humana que, por meio do Centro de Treinamento Cirúrgico da Universidade Positivo (CTC), permite que os estudantes participem de treinamentos realísticos com peças anatômicas humanas (fresh frozen specimens). Além disso, os acadêmicos também podem vivenciar situações da prática médica no Centro de Simulação Realística (Cesup), onde fazem treinamento por meio de simulações. O curso conta ainda com dois anos de internato, parceria com cinco hospitais públicos ou filantrópicos de Curitiba, além de convênio para Atenção Primária à Saúde com três municípios da Grande Curitiba, onde os alunos podem ser inseridos desde o primeiro ano no sistema de saúde.

Serviço

Vestibular Medicina Universidade Positivo

Inscrições prova tradicional: até 3 de outubro 

Vestibular: domingo, 16 de outubro de 2023

Local: Campus sede (Ecoville) – Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Curitiba – PR

Resultado: a partir de 27 de outubro

Mais informações e inscrições: www.up.edu.br/processo-seletivo/graduacao-presencial/medicina

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo é referência em Ensino Superior entre as IES do Estado do Paraná e é uma marca de reconhecimento nacional. Com salas de aula modernas, laboratórios com tecnologia de ponta e mais de 400 mil metros quadrados de área verde no campus sede, a Universidade Positivo é reconhecida pela experiência educacional de mais de três décadas. A Instituição conta com três unidades em Curitiba (PR), uma em Londrina (PR), uma em Ponta Grossa (PR) e mais de 70 polos de EAD no Brasil. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de graduação, centenas de programas de especialização e MBA, cinco programas de mestrado e doutorado, além de cursos de educação continuada, programas de extensão e parcerias internacionais para intercâmbios, cursos e visitas. Além disso, tem sete clínicas de atendimento gratuito à comunidade, que totalizam cerca de 3.500 metros quadrados. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric. Desde março de 2020 integra o Grupo Cruzeiro do Sul Educacional. Mais informações em up.edu.br/

SAS Plataforma de Educação lança plataforma de conteúdos e simulados gratuitos do Enem

A plataforma de educação líder nacional em aprovações no Enem, SAS Plataforma de Educação, acaba de lançar seu site oficial dedicado ao exame. Com conteúdos gratuitos, simulados e dicas para o roteiro de estudos e de outras práticas essenciais para a preparação dos alunos, o objetivo do portal é ser a principal fonte para a organização dos próximos 62 dias até o dia da prova. Confira: https://enem.saseducacao.com.br/

Os especialistas do SAS acompanham anualmente o Exame Nacional do Ensino Médio e, com base em análises aprofundadas e uma consultoria estratégica, desenvolveram um Raio-x, que indica as principais matérias cobradas e a representação delas na prova. Levando em consideração esse levantamento, os simulados disponíveis no portal do SAS estão divididos por áreas de conhecimento e auxiliarão os alunos a focar e testar seu entendimento sobre os temas mais importantes. A página reúne ainda videoaulas de professores especializados em cada disciplina, além de uma série de lives com temas de dicas de preparo físico, cuidados com a saúde mental, orientações para ir bem na redação, dentre outros conteúdos.

O professor e Coordenador de Ensino e Inovações da plataforma, Vinícius Beltrão, comenta sobre a importância destes conteúdos: “O treinamento constante por meio de simulados é muito importante e considerado a chave para a conquista de uma boa nota, não somente no Enem, mas em todos os vestibulares. O nosso objetivo é nos mantermos próximos aos alunos neste momento decisivo em relação ao que projetaram para o futuro, além de contribuirmos com a organização dos planos de ensino das escolas”.

Ao longo das próximas semanas, o SAS produzirá uma série de conteúdos em suas redes sociais e site voltados ao Enem. Para acompanhar o cronograma de ações, acesse as páginas oficiais da empresa : Portal SAS no Enem, Facebook – @SASEducacao, Instagram -@saseducacao e LinkedIn @saseducacao.

Sobre o SAS Plataforma de Educação

SAS é uma Plataforma de Educação que, há 18 anos, oferece soluções educacionais de forma completa e integrada, para diversas escolas parceiras em todo o Brasil. Seu portfólio de serviços conta com materiais didáticos atualizados anualmente, tecnologia educacional propositiva e engajadora, avaliações digitais e presenciais que geram relatórios diagnósticos para direcionar a aprendizagem, formação de equipe e acompanhamento personalizado com consultores pedagógicos. Ao longo do tempo, as escolas parceiras do SAS vêm formando alunos por todo o Brasil, além de acumular excelentes resultados nos principais exames do país, como o Enem, e estão há 9 anos entre as oito primeiras em aprovação no SISU. 

Contato para imprensa: sas@edelman.com  

Site: https://saseducacao.com.br/ 

Facebook: facebook.com/SASEducacao/ 

Instagram: instagram.com/saseducacao/ 

Linkedin: linkedin.com/company/saseducacao