Teatro Guaíra recebe neste sábado o cantor uruguaio Jorge Drexler 

Um dos grandes nomes da música latino-americana, o cantor e compositor uruguaio Jorge Drexler desembarca em Curitiba com o show do novo disco “Tinta y Tempo”, que será apresentado neste sábado, 17 de setembro, no Teatro Guaíra, às 21 horas. O álbum que foi criado no confinamento da pandemia traz dez novas músicas sobre formas de rearmar, em todos os âmbitos: dos relacionamentos ao amor próprio. Drexler comemora a receptividade que está recebendo com este novo trabalho, que está sendo bastante aguardado pelo público. Com realização local da Orth Produções, os ingressos para a apresentação em Curitiba estão à venda pelo Disk Ingressos.

Na apresentação os fãs da capital paranaense poderão conferir canções inéditas como Tinta y tiempo, ¡Oh, algoritmo! (parceria com a israelense Noga Erez) e “Amor al arte”, que são muito esperadas depois de 5 anos, além dos sucessos dos álbuns anteriores.

 “Tinta y Tempo”, lançado em abril, é seu décimo quarto álbum de estúdio e chega no 30º aniversário do lançamento de seu primeiro disco. O anterior foi “Salvavidas de Hielo”, que estreou em 2017. Três décadas de canções que continuam a somar ao imaginário do uruguaio, que se destaca especialmente pela conexão com o público em seus shows pelo mundo.

Sobre Drexler

Drexler, que é um dos grandes nomes da música latino-americana, teve seu reconhecimento internacional depois de ganhar o Oscar pela trilha sonora do filme Diários de Motocicleta, do diretor brasileiro Walter Salles, em 2005. A canção “Al Otro Lado del Río”, do álbum “Eco²”, foi a primeira música em espanhol a vencer o Oscar de Melhor Canção Original. Em 2014, contou com a parceria do consagrado cantor brasileiro, Caetano Veloso, no seu disco, “Bailar en la Cueva”, gravado na Bolívia. Com este trabalho ganhou dois Grammy Latinos (nas categorias Gravação do Ano e Melhor Álbum de Cantor-Compositor), e foi indicado ao Grammy Awards (categoria do Melhor Disco de Rock Latino, Urbano ou Alternativo), sendo um álbum mais festivo e dançante. Com 14 discos lançados durante sua carreira, além de músico, ele é médico especializado em otorrinolaringologia.

Serviço: Jorge Drexler apresenta “Tinta y Tempo” no Guairão

Data: 17 de setembro de 2022

Horário: Abertura do Teatro às 20h e Início do Show às 21h.

Local: Teatro Guaíra (R. Amintas de Barros, S/N – Centro, Curitiba – PR).

Classificação etária: Livre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Supercores estreia com Outros Outubros 

Lançada nas plataformas digitais na última sexta-feira (16), Outros Outubros é a canção de estreia do quarteto curitibano Supercores. Produzida pela banda de maneira independente, a canção vem embalar um momento histórico do país. 

Inspirada no clássico do cinema novo ˜Terra em Transe˜, do diretor Glauber Rocha, a canção se lambuza na poesia marginal para contextualizar e traçar um paralelo entre presente e passado.

A própria banda é quem assina a produção do trabalho, que foi registrado no mês de julho no estúdio Casa do Fundo, em Curitiba, com mixagem e masterização de Matheus Bittencourt.


Fundada em maio de 2022 por Eduardo Souza (bateria), Felix Dee (guitarra e voz), Gustavo X (guitarra) e Renato Rigon (baixo, teclas e voz) a Supercores traz em suas raízes a sede pela música brasileira produzida no fim dos anos 60 e toda a década de 70. Artistas como Os Mutantes, Milton Nascimento, Clube da Esquina e Arnaldo Baptista são a base para as composições do grupo que também mergulha de cabeça na influência dos clássicos do rock’n roll dos anos 60 e toda a onda psicodélica que eles geraram e reverberaram.

A banda planeja mais um lançamento para este ano: a música Verticalidade que, segundo o compositor Felix Dee, fala da vida nas grandes cidades verticalizadas pelos edifícios. A previsão de lançamento é o mês de novembro. Além disso, o grupo comenta que tem se dedicado a novas composições e tem se reunido para fazer a pré-produção de mais um trabalho a ser lançado no ano que vem. 

Para saber mais sobre a Supercores acesse: www.instagram.com/supercoresoficial

Ficha Técnica

Felix Dee: Voz, guitarra e composição.

Gustavo X : Guitarra.

Renato Rigon: Baixo, teclas e voz.

Eduardo Souza: Bateria.

Matheus Bittencourt: Gravação, mixagem e masterização.

Produzida por Supercores.

Aberta seleção de músicas para o 16º Fejacan

Estão abertas até o dia 12 de outubro as inscrições para a 16ª edição do Fejacan – Festival Jacarezinhense da Canção. O evento promovido pelo Sesc PR será realizado em Jacarezinho (PR), nos dias 24 e 25 de novembro, no Sesc Jacarezinho.

Cantores, intérpretes, instrumentistas e compositores de todo o Brasil, maiores de 18 anos, podem submeter para análise até três músicas, de caráter popular ou erudito, em língua portuguesa ou em idiomas indígenas, e que não tenham sido apresentadas no Fejacan em edições anteriores.

Os trabalhos inscritos serão avaliados em conceito, qualidade e execução das obras, formato, linguagem, relevância artística, singularidade e inovação por uma comissão que selecionará até 26 músicas inéditas para apresentação no palco do evento.

Os trabalhos selecionados receberão remuneração de acordo com o número de músicas que foram selecionadas e com a distância da cidade de residência do artista até Jacarezinho. Os valores das remunerações variam de R$ 2.400 a R$ 5.950.

De acordo com os organizadores do evento, o Fejacan é uma oportunidade de apresentação e divulgação de artistas, de intercâmbio entre artistas e produtores, de apreciação musical pelo público.

As inscrições deverão ser realizadas exclusivamente pelo site do Sesc PR, por meio de formulário on-line, até o dia 12 de outubro.

Clique aqui para acessar.  <https://www.sescpr.com.br/edital/edital-de-selecao-fejacan-2022/>