Saúde retoma repescagem da vacinação de adolescentes com 12 anos completos ou mais

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) retoma a repescagem da primeira dose da vacina anticovid para os adolescentes com 12 anos completos ou mais a partir desta terça-feira (23/11). Poderão receber a vacina todos os nascidos até o dia 23 novembro de 2009. O atendimento será feito das 8h às 17h em 31 locais de vacinação.

Curitiba concluiu a convocação de adolescentes com 12 anos completos no dia 8 de novembro, porém teve que suspender a repescagem de primeira dose para esse grupo por falta de imunizantes da Pfizer, únicos destinados a esse público.

Com a chegada de novo lotes, a SMS convoca os adolescentes faltosos e aqueles que completaram 12 anos neste intervalo para receber a vacina.

A repescagem de primeira dose para adolescentes continuará enquanto houver estoque de imunizantes. Conforme os adolescentes completem a idade poderão buscar um dos pontos de vacinação para receber a primeira dose.

Agilidade

Para agilizar o processo de vacinação, a SMS orienta que os pais e/ou responsáveis façam o cadastro antecipado do adolescente, como seu dependente, na plataforma Saúde Já pelo site www.saudeja.curitiba.pr.gov.br ou pelo aplicativo do celular. O cadastro agiliza o processo da vacinação.

Levar o termo de consentimento preenchido com os dados do adolescente e assinado pelo responsável é outro passo para dar maior agilidade à vacinação. O documento está disponível para impressão no site Imuniza Já. O responsável deve preenchê-lo com os dados do adolescente e assinar.

Outras orientações

No dia da vacinação o adolescente deverá comparecer a um dos pontos acompanhado dos pais e/ou responsáveis pela assinatura do termo de consentimento.

Também é preciso apresentar um documento de identificação com foto e CPF. Quem não possui documento com foto pode levar a certidão de nascimento, que deve ser apresentada com um documento com foto do responsável.

Além disso, é preciso apresentar comprovante de residência com endereço de Curitiba, que pode estar no nome do pai ou da mãe, anexado a um documento que comprove a filiação.

Para os casos de locações não formalizadas por imobiliárias, deverá ser apresentado o comprovante do endereço da residência com uma declaração do proprietário do imóvel, com responsabilização legal pela locação e pela informação.

Repescagem contínua

Quem não puder comparecer no dia da convocação ou quem está com a primeira ou segunda dose e até mesmo o reforço em atraso pode buscar os pontos de vacinação. A Saúde tem mantido a repescagem contínua para a segunda dose e dose de reforço. Confira quem pode receber a vacina:

Primeira dose

– Primeira dose para pessoas com 18 anos completos ou mais;
– Primeira dose para adolescentes com até 12 anos completos com ou sem comorbidades;
– Primeira dose para gestantes e puérperas (mães que tiveram bebê até 45 dias) com 12 anos completos ou mais.

Segunda dose

– Segunda dose agendada;
– Repescagem de segunda dose de pessoas anteriormente convocadas;

Dose de reforço

– Dose de reforço agendada;
– Repescagem de dose de reforço de pessoas anteriormente convocadas.

Locais de vacinação

Das 8h às 17h

1 – US Ouvidor Pardinho
Rua 24 de Maio, 807 – Praça Ouvidor Pardinho

2 – US Parigot de Souza
Rua João Eloy de Souza, 111 – Sítio Cercado

3 – US Bairro Novo
Rua Paulo Rio Branco de Macedo, 791 – Sítio Cercado

4 – US Bairro Alto
Rua Jornalista Alceu Chichorro, 314 – Bairro Alto

5 – US Vila Diana
Rua René Descartes, 537 – Abranches

6 – US Tingui
Rua Nicolau Salomão, 671 – Tingui

7 – Fernando Noronha
Rua João Mequetti, 389 – Santa Cândida

8 – US Visitação
Rua Dr. Bley Zornig, 3136 – Boqueirão

9 – US Jardim Paranaense
Rua Pedro Nabosne 57 – Alto Boqueirão

10- US Vila Hauer
Rua Waldemar Kost, 650 – Hauer

11 – US Camargo
Rua Pedro Violani, 364 – Cajuru

12 – US Uberaba
Rua Cap. Leônidas Marques, 1392 – Uberaba

13 – US Cândido Portinari
Rua Durval Leopolpo Landal, 1529 –  Cidade Industrial

14 – US Oswaldo Cruz
Rua Pedro Gusso, 3749 – Cidade Industrial

15 – US Atenas
Rua Emilia Erichsen, 45 – Cidade Industrial

16 – US Caiua
Rua Arnaud Ferreira Vellozo, 200 – Cidade Industrial

17 – US Campo Alegre
Avenida das Industrias, 1749 – Cidade Industrial

18 – US Vila Feliz
Rua Pedro Gusso, 866 – Novo Mundo

19 – US Fanny/Lindoia
Rua Conde dos Arcos, 295 – Lindoia

20 – US Sagrado Coração
Rua Antônio Claudino, 375 – Pinheirinho

21 – US Vila Guaíra
Rua São Paulo, 1.495 – Guaíra

22 – US Santa Quitéria 2
Rua Bocaíuva, 310 – Santa Quitéria

23 – US Parolin
Rua Sergipe, 59 – Vila Guaíra

24 – US Santa Amélia
Rua Berta Klemtz, 215 – Fazendinha

25 – US Pinheiros
Rua Joanna Emma Dalpozzo Zardo, 370 – Santa Felicidade

26 – US Orleans
Avenida Vereador Toaldo Tulio, 4.577 – Orleans

27 – US Campina do Siqueira
Rua General Mário Tourinho, 1684 – Campina do Siqueira

28 – US Vista Alegre
Rua Miguel de Lazari, 85 Pilarzinho

29 – Rua da Cidadania do Tatuquara
Rua Olivardo Konoroski Bueno, s/n

30 – US Palmeiras
Rua João Batista Burbello, 12 – Tatuquara

31 – US Caximba
Estr. Delegado Bruno de Almeida, 7881 – Caximba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estrada da Graciosa vai sediar Campeonato Paranaense de Skate Downhill 2021

Nos dias 4 e 5 de dezembro são esperados mais de 50 atletas do Paraná e outros estados para disputas três modalidades do downhill, no Campeonato Paranaense, na Estrada da Graciosa. Além do Skate, Luge e Sled integram a competição, que também conta com treino livre para patinadores de Inline, no dia 04.

Organizado pela DSAP (Downhill Speed Associados do Paraná), o Downhill na Graciosa já é tradição. A estrada já sediou várias etapas do campeonato estadual e nacional. O último evento oficial aconteceu em fevereiro de 2020. Desde então, devido à pandemia, as competições foram suspensas. Agora, com um pouco mais de segurança e boa parte da população vacinada, os skatistas voltam a se encontrar para disputar o título paranaense.

“Será ótimo poder proporcionar uma competição segura e responsável aos atletas
após tanto tempo sem competições. Todo mundo está muito animado com o evento e temos certeza que será um final de semana de muita adrenalina e diversão”, estima o skatista profissional e campeão brasileiro, Daniel Lara, que também faz parte da organização do evento.

A Estrada da Graciosa

A ladeira escolhida para o desafio integra a famosa e histórica Estrada da Graciosa, antiga rota dos tropeiros ao litoral do estado, com um cenário repleto de paisagens que atraem muitos turistas para a região serrana. Entre as montanhas, muitas curvas e uma inclinação perfeita para os praticantes do downhill.

O trecho escolhido pelos skatistas tem aproximadamente 1.5 km de extensão, localizado na Comunidade Rio do Meio em Quatro Barras, bem próximo da fronteira com Curitiba. Os skatistas atingem até 70 km/h na ladeira. Na avaliação do skatista Daniel Lara, “a pista é muito boa e o maior desafio se encontra na última curva, que acaba exigindo mais habilidade dos atletas para pilotar os carrinhos ladeira abaixo”, comenta.

Igualdade de gênero

O Downhill Graciosa também é conhecido como primeiro evento a estabelecer critérios de igualdade de gênero na premiação. Em 2019, o evento foi o primeiro no Downhill a estabelecer a regra que se disseminou em outras ações da DSAP (Downhill Associados do Paraná). Nos treinos organizados pela associação, as vagas também são distribuídas igualmente para homens e mulheres.

Categorias e informações do evento


Longboard: Open masculino; Open feminino; Master e Grand master
Street Sled Open.
Street Luge Open
.
Data: 04 e 05 de dezembro de 2021.
Instagram: @dsap_dh.

Bosque Alemão e Bosque do Papa têm programação do Natal das Etnias

O Oratório de Bach, sala de apresentações no Bosque Alemão, e o Memorial da Imigração Polonesa, no Bosque do Papa, serão palco das festividades natalinas programadas pelas comunidades étnicas de Curitiba. A programação gratuita inclui espetáculo teatral, grupo de valsas vienenses e as tradicionais Festa de São Nicolau, Jaselka e Laternenfest.

Em todas as atrações serão seguidos os protocolos de enfrentamento à pandemia da covid-19. São obrigatórios o uso de máscara corretamente, distanciamento e higienização das mãos com álcool em gel.

Nesta sexta-feira (3/12), às 16h, será encenada no Oratório de Bach a peça Lugar de ser Inútil, do grupo Olho Rasteiro. A história é inspirada na obra do poeta Manoel de Barros. Dois personagens andarilhos viajam pelo mundo rupestre e nesse caminho descobrem a palavra bocó. Não sabem seu significado, mas com a ajuda do público irão atrás dessa descoberta.

No sábado (4/12), a partir das 14h30, no Memorial Polonês, será realizada a festa de São Nicolau, celebrada por eslavos, germânicos e luxemburgueses. Este ano, o Consulado de Luxemburgo promove as atrações, reunindo crianças dessas três etnias.

O programa tem também apresentação de músicas tradicionais luxemburguesas e de grupos folclóricos de Curitiba com destaque para o Grupo Folclórico Polonês Wawel, da Colônia Muricy. O ponto alto será entrega de presentes por São Nicolau às crianças. Todas receberão bolachas de mel e o livro infantil A Rainha Ester, de Júlia Malucelli, com ilustrações do cartunista Ziraldo.

A tradicional Jaselka, da comunidade polonesa, acontece no domingo (5/12), a partir das 14h. Estão confirmadas as participações de grupos folclóricos poloneses, ucraniano, italiano, alemão, árabe, grego, boliviano e espanhol. A programação finaliza com uma encenação de Natal pelo grupo Wisla de Curitiba.

No domingo seguinte (12/12), às 15h, o Memorial Polonês receberá o Grupo de Valsas do Original Einigkeit Tanzgruppe da Sociedade Thalia, que apresentará três coreografias de valsas vienenses. Depois será apresentada uma Cantata de Natal – A História do Natal – com 95 vozes da Igreja Adventista do 7º Dia, seguida de um concerto de canto lírico do Núcleo de Ópera Comunitária de Curitiba.

Festa das lanternas

Tradição germânica, a Laternenfest (Noite das Lanternas), que celebra o Dia de São Martinho, será realizada no dia 12 de dezembro, a partir das 18h30, no Bosque Alemão. Pais e filhos levam suas lanternas, cuja luz simboliza o bom caminho e o exemplo de vida do santo que se dedicou a ajudar o próximo e a ensinar o bem.

As famílias se confraternizam numa caminhada entre o Oratório de Bach e a fachada da Casa Mila, seguindo São Martinho em seu cavalo. Ao final do percurso haverá uma apresentação da Banda da Cachimba e a distribuição de bolachas natalinas.

Para participar da caminhada da Laternenfest é necessário se inscrever pelo e-mail da Coordenação de Etnias da Fundação Cultural de Curitiba: caalmeida@curitiba.pr.gov.br. As lanternas devem ser confeccionadas pelos participantes em suas casas.
 

Serviço: Natal das Etnias

Sexta-feira (3/12)
16h – Peça teatral Lugar de ser Inútil, do grupo Olho Rasteiro
Oratório de Bach – Bosque Alemão (R. Schubert, 175, Vista Alegre)

Sábado (4/12)
14h30 – Festa de São Nicolau
Memorial da Imigração Polonesa – Bosque do Papa (R. Mateus Leme, Centro Cívico)

Domingo (5/12)
14h – Jaselka
Memorial da Imigração Polonesa – Bosque do Papa (R. Mateus Leme, Centro Cívico)

Domingo (12/12)
15h – Cantata de Natal, Canto Lírico e Valsa
Memorial da Imigração Polonesa – Bosque do Papa (R. Mateus Leme, Centro Cívico)

18h30 – Laternenfest – Dia de São Martinho
Oratório de Bach – Bosque Alemão (R. Schubert, 175, Vista Alegre)
Inscrições devem ser realizadas no e-mail da Coordenação de Etnias da FCC (caalmeida@curitiba.pr.gov.br). As lanternas devem ser confeccionadas com os pais em suas casas