Sanepar divulga rodízio na Grande Curitiba até dia 7

A Sanepar informa como será o rodízio de abastecimento de água em Curitiba e alguns municípios da Região Metropolitana até dia 07. Foram feitas adequações em algumas regiões por motivos operacionais.

O rodízio tem duração de 24 horas, com prazo de até 12 horas para a normalização.

Implantado em 14 de março na Grande Curitiba devido à estiagem severa que afeta o Estado, o rodízio teve sua área de abrangência ampliada com o passar os meses devido à redução progressiva dos níveis de rios, poços e das barragens.

Sem previsão de chuvas volumosas até setembro/outubro, que garantam a reposição dos mananciais, o rodízio deve ser mantido até setembro.

Diante desse cenário, a Sanepar alerta a população para o uso racional e econômico da água, com a adoção de novos hábitos que priorizem a alimentação e higiene pessoal e que sejam postergadas atividades como lavagem de carros, calçadas e quintais.

Confira a tabela.

Após incêndio criminoso, Prefeitura de Campo Magro cancela festividades de Natal

A Prefeitura de Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), decidiu cancelar as festividades de Natal na cidade. A decisão foi tomada após o incêndio criminoso que atingiu o pátio da Secretaria de Obras na madrugada da última quinta-feira (2) e que provocou, segundo o Executivo, um prejuízo de R$ 7 milhões.

O comunicado da Prefeitura lamentou o ocorrido:

“É com muita tristeza que comunicamos que o evento de Natal foi cancelado, devido ao incêndio criminoso ocorrido na madrugada do dia 02/12 na Secretaria de Obras da Prefeitura”, publicou o Executivo nas redes sociais.

No incêndio, 13 veículos foram atingidos, além de outras máquinas da Prefeitura. A Polícia Civil segue investigando o caso. Um vigia chegou a ser rendido e foi utilizado um coquetel molotov para causar a combustão. A ação dos criminosos seria uma retaliação a uma operação policial que aconteceu no município. Os autores do incêndio também picharam a parede da prefeitura com a frase: “a Rona executa e o estado finge que não vê”.

Obras da Sanepar no Litoral reforçam sistema de abastecimento para temporada

A Sanepar finaliza nos próximos dias obras no Litoral que vão melhorar o abastecimento de água durante o verão 2021/2022. Nesta semana, será concluída a interligação da nova adutora ao sistema de abastecimento de Morretes. Com extensão de 6,2 quilômetros, a nova tubulação irá levar água tratada da Estação Iporanga até a região central da cidade, substituindo a antiga adutora. A estação de tratamento também teve a implantação de um desarenador, que contribui para manter a produção de água e evitar interrupções no sistema nos dias de turbidez elevada do rio. 

Em Guaratuba, a Sanepar concluirá no dia 15 obras que reforçam o abastecimento de água na Região do Mirim, que em períodos de maior consumo, como ocorre na temporada, pode ficar desabastecido por baixa pressão. Para reverter essa situação, a Sanepar está instalando um equipamento chamado booster, que tem uma bomba que aumenta a pressão da água, e também está assentando 900 metros de tubulação de grande diâmetro (DN 250) que vai levar água exclusivamente para o Mirim.

Outra medida em Guaratuba foi a substituição de 600 metros de rede na saída da estação de tratamento por uma tubulação de ferro dúctil, mais resistente, a fim de evitar rompimentos na temporada.

MAIOR RESERVAÇÃO – A Sanepar reforçou a capacidade de reservação de água nos últimos anos e fez melhoria em reservatórios do Litoral. A atual capacidade de reservação em Matinhos, Morretes, Pontal do Paraná, Guaratuba e Guaraqueçaba é em torno de 39 bilhões de litros de água. Durante a temporada, entrarão em operação cinco reservatórios modulares, do tipo contêiner, com capacidade de 70 mil litros cada um. Essas unidades atenderão as áreas mais distantes dos centros de distribuição de água. Os equipamentos são móveis e possuem conjunto motobomba, que pressuriza melhor a rede, e podem ser reabastecidos por caminhão-pipa.

Além disso, a Companhia contratou 15 caminhões-pipa que ficarão disponíveis para reforços emergenciais no Litoral. Também serão instalados 29 geradores de energia que podem manter a operação do abastecimento mesmo que haja queda no fornecimento de energia.

AÇÕES SOCIAIS E DE MEIO AMBIENTE – A Sanepar voltará a disponibilizar serviços de cadeiras anfíbias e passarelas de acessibilidade nas praias, beneficiando pessoas com restrições motoras. Outras ações socioambientais desenvolvidas pela Sanepar serão as duchas ecológicas, atividades lúdicas para crianças e a limpeza das praias. Essas atividades são desenvolvidas em parceria com o Governo do Estado.