Rede Sirène Fish & Chips lança drive thru em Curitiba

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a maior preocupação da rede Sirène Fish & Chips foi preservar o bem estar social e a integridade de seus clientes e colaboradores. Dessa forma, o estabelecimento rapidamente se adaptou à nova realidade do mundo, apostando primeiramente no delivery. Agora, a marca acaba de lançar o primeiro drive thru de fish & chips de Curitiba.

Além de receber as delícias do Sirène na sua casa, os clientes podem passar na unidade da rede na Rua Pagu e pegar um lanche rápido e saboroso. O cardápio pode ser consultado pelo Instagram (@sirene_pagu) e os pedidos do drive thru podem ser feitos por meio do WhatsApp (41 99699-2393), de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 14h e das 18h às 21h, e aos sábados, apenas no turno da noite.

Após a solicitação, o pedido é levado até o carro em segurança por um dos funcionários do Sirène e o pagamento pode ser realizado por PicPay ou diretamente na maquininha de cartão. No Siréne, o público tem a oportunidade de saborear o incrível fish & chips que ganhou o país, servido em uma embalagem própria com peixe frito empanado e batatas fritas deliciosas. Além disso, o preparo pode ser acompanhado por várias opções de molhos autorais, entre eles tártaro, picante, mostarda e maionese. Existe a possibilidade, também, de pedir um cone só com peixe frito empanado (Só Fish) ou só com batatas rústicas fritas (Só Chips).

A unidade do Sirène Fish & Chips – Rua Pagu fica na Rua Alberto Bolliger (nº 120). Os pedidos do drive thru podem ser feitos através do Whatsapp (99699-2393), de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 14h e das 18h às 22h, e aos sábados, apenas no turno da noite. Para conhecer todos os detalhes sobre a rede Sirène, acesse o site www.sirene.com.br.

Leão do Zoológico de Curitiba morreu na manhã desta segunda-feira

O Zoológico de Curitiba amanheceu triste nesta segunda-feira (3/8). O leão Simba, que chegou ainda filhote ao zoo há 18 anos e já havia ultrapassado a expectativa de vida da espécie fora da natureza, morreu nesta manhã com sinais de senilidade.

De acordo com as informações da equipe técnica, recentemente o animal vinha apresentando problemas nas articulações, tinha dificuldade para se locomover e estava sob medicação para dor. 

“Leões vivem 13 anos na natureza e dificilmente ultrapassam os 18 quando estão fora dela, como aconteceu com o Simba”, lembrou o diretor de Pesquisa e Conservação da Fauna da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Edson Evaristo. 

Simba marcou presença no Zoo de Curitiba por bastante tempo e, como um dos moradores prediletos do local, ajudou a equipe de Educação para a Conservação da Fauna a ensinar diversos curitibinhas como ninguém.

Em março deste ano, foram comemorados os 18 anos da chegada dele ao zoo, ainda filhote. Ele foi resgatado de uma residência, onde era tratado como animal de estimação, em condições nada adequadas para a espécie. 

“Ele foi entregue para os cuidados da nossa equipe bastante debilitado, com problemas metabólicos e dermatológicos severos e se recuperou de modo admirável”, observou Evaristo.    

Simba deixa as filhas Leona e Nala, leoas que já nasceram fora da natureza e completam 14 anos em outubro deste ano.

“Não dava para ver nada na pista”, disse motorista que passou minutos antes pelo local do acidente

O grave acidente que aconteceu nesta noite de domingo, em frente ao Motel Lenoage – na BR-277, causou 30 vitimas ao total, 7 mortos e o restante feridos. INFORMAÇÃO ATUALIZADA LOGO ABAIXO

Entramos em contato com Henrick Loyola, colaborador aqui do Portal, e nos disse que passou pelo local minutos antes da primeira batida da tragédia. Às 22h09 sua esposa entrou em contato, via telefone, com a concessionária da BR-277 e alertou sobre a situação da fumaça. “Não dava para ver nada na pista. A fumaça era muito densa. Carro com luz acesa normalmente e não conseguíamos ver nada antes de meio metro à nossa frente” – disse Henrick.

Segundo relatos, o acidente aconteceu por volta das 22h30.

Ao todo o acidente fez 30 vítimas. Dessas 30 vítimas, 7 morreram no local. Duas vítimas foram socorridas em estado grave. Cinco vítimas foram socorridas com lesões sem risco de morte e 16 pessoas sofreram ferimentos leves.

Plantão 190

FOTO: BANDA B